Data Loading...

Meditaçoes no livro de Mateus Flipbook PDF

Meditaçoes no livro de Mateus


151 Views
104 Downloads
FLIP PDF NAN

DOWNLOAD FLIP

REPORT DMCA

CAPITULO 1 Mateus 1:1-17 A MARAVILHA DAS MARAVILHAS, O ETERNO ENTROU NO TEMPO

Exposição Mateus escreve este livro para os judeus, provando a eles que Jesus é o Messias, o Cristo esperado por eles. Por isso, ele começa com uma genealogia, mostrando os descendentes de Jesus, que são a linhagem real, vendo-se então que Jesus é da semente real, Ele tem o direito legal de rei. Mateus começa de Abraão até Jesus, pois Abraão é quem recebeu primeiro a promessa. Não era costume dos judeus colocar nomes de mulheres nas genealogias, mas aqui são colocadas, e não são mulheres reputadas com grande e boa fama, exemplo, Tamar adulterou com seu sogro (Gn 38:24), Raab fora uma prostituta (Josué 2:1), Rute moabita e não hebreia (Rute 1:4), Bate Seba adulterou com Davi (2 Sm 11), nomes não bem afamados, mas Deus quis assim colocá-los, para demonstrar a Sua graça e que Cristo veio resgatar os pecadores, Cristo é para os pecadores. Nesta genealogia há nomes que foram omitidos de propósito, mas nenhum erro há, pois na Bíblia os filhos dos filhos são meus filhos. O objetivo não é apresentar todos os descendentes de Jesus, mas sim mostrar que Jesus é da descendência real. Nomes como, Joaquim, Amazias, Joás,... foram omitidos Mateus optou por 3×14, para facilitar na memorização e como também um arranjo estilístico, como ocorre em muitos salmos.

Aplicação 1. Cristo se inseriu na família humana para poder salvá-la. Quando Cristo entra

na história, Ele entra para salvar Ele já entrou na história da tua vida? da tua casa? 2. Cristo é descendente da família real, Ele é Rei Tenho de prestá-Lo submissão, pois Ele é Rei dos Reis. À Sua Lei justa tenho que cumprir! 3. A nação de Israel estava num período crítico de sua história, estavam sendo oprimidos pelos romanos, não tinham um rei no trono, e Jesus vem como o Refrigério, dando descanso aos oprimidos. Ele vem reinar no mais sublime trono, o Trono do nosso coração. A grande necessidade do povo não era um rei no trono, não era libertação física e paz externa, mas sim Rei no coração, libertação espiritual, pois eram escravos do pecado e paz de Deus no coração A tua grande necessidade, a coisa principal na tua vida não é o bem-estar material, mas sim espiritual 4. Deus nos deu um Rei, um Legislador, o Guia, Ele não nos deixou só. Nosso Rei, Cristo, é a nossa proteção, Ele nos protege de nossos inimigos, Ele guerreia por nós, por isso temos a vitória do nosso lado. Potestades e Principados se curvam diante de nosso Rei, Ele é cheio de Majestade, Glória e Poder!

Da aplicação à oração 1. Acção de graças a Deus por ter enviado Cristo ao mundo, pois Ele pode já entrar em meu coração, em minha casa e na história da vida de outros eleitos. 2 Exaltação e louvor do Rei dos reis, proteção, guia e garantia de vitória, paz e alegria 3. Força para se submeter ao Rei, de coração

Mateus 1:18-25 O Nascimento Incomum do Rei Incomum

"antes de se ajuntarem.... Concebido do Espírito Santo"

Jesus, na carne, foi gerado pelo Espírito Santo, Filho de Deus, tomando portanto uma natureza divina. Ele nasceu sem pecado, pois o Espírito Santo o gerou no ventre de Maria, sem a intervenção dum homem

Do princípio até o fim, a vida de Cristo tem sido marcada pela presença e acção do Espírito Santo!

Deus não permitiu que Maria ficasse só ela a cuidar da criança, mas colocou José para cuidar da Maria e da criança. Deus nunca projectou uma família em que a mulher não necessitasse do homem, uma família em que a mulher só, cuida dos filhos, Deus quer que homem e mulher estejam juntos e cuidem dos filhos.

José ao descobrir que Maria estava grávida queria deixá-la secretamente, pois não queria envergonhá-la. Que carácter interessante podemos ver aqui, não nos agrademos em expor outros à vergonha, a falar mal dos outros, a publicar os erros e pecados dos outros. Mas Maria não havia traído José, seria um erro e engano da parte de José deixar Maria, por isso, Deus impediu tal facto. Deus sabe livrar os justos do erro.

O nascimento de Jesus não é acidente, não é um plano projectado no tempo, o nascimento de Jesus fora profetizado a muito tempo, a vinda de Deus em carne foi projetado na eternidade, antes da fundação do mundo. Profecia de Isaías 7:14 EMANUEL, significa Deus connosco, isto é, a presença de Jesus é a presença de Deus no meio de nós em forma humana.

Por isso, quem recebe Jesus no coração, tem o EMANUEL, tem Deus em seu coração, a presença de Deus está nele! Isaías 9 6. Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o governo estará sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai Eterno, Príncipe da Paz. Jesus, o Deus Eterno, a segunda Pessoa da trindade Em Cristo vemos como Deus é, e como o homem devia ser (Barclay)

"José ao despertar fez o que o anjo disse ..." Seja diligente em obedecer a Voz clara de Deus. Abandone a preguiça, o medo, a resistência à Voz de Deus. Jesus foi o primogénito de Maria, em concepção virginal. Depois de ter nascido Jesus, ela se ajuntou a José e teve filhos e filhas (Mateus 13:55)

Para oração 1. Dê-nos a visão da verdadeira natureza de Cristo 2. Libertação da maledicência e injúria 3. Acção de graças a Deus pelo grande Salvador 4. Diligência em obedecer a voz de Deus

Capitulo 2 Mateus 2:1-12 Exposição "Magos" aqui não tem o mesmo sentido que em Actos 8:9,11. Aqui tem sentido positivo, não significa "mágico", "encantador", "feiticeiro" Os escribas eram aqueles que tinham o cuidado das escrituras.

As autoridades judias não foram capazes de caminhar cinco milhas (8 km) para ver o Messias e os magos fizeram mais do que isso!

As três atitudes face ao conhecimento de Cristo 1. A atitude dos magos: adoradores 2. A atitude de Herodes e Jerusalém: perturbação. Cristo não é alegria para eles 3. A atitude dos escribas: conhecedores da verdade e não praticantes. Conhecem o Caminho, mas não O seguem

1. Os de longe souberam adorar o Rei, mas aqueles que estavam perto dEle não o adoraram (Herodes, escribas,...) O verdadeiro adorador é um grande buscador. Não cessa até encontrar o objeto da sua adoração. Os que buscam a Cristo para adorá-Lo, mesmo sem saber onde encontrá-Lo, eles serão guiados até Cristo. TODO QUE BUSCA ENCONTRA. Quando os magos acharam o lugar onde Jesus estava se alegraram de tê-Lo achado. Aquele que encontra Cristo se regozija! Há alegria é encontrar Cristo. Os magos deram dádivas a Jesus: Ouro, incenso e mirra. OURO: a maior dádiva para os reis Ao rei dá-se dádivas, quanto mais ao Rei dos reis, Cristo! Os magos em sua demonstração de honra e adoração a Cristo, o Rei, ofertaramLhe suas dádivas. Será que oferecemos nossas dádivas a Cristo? Quem O reconhece como o Rei Eterno, Aquele que vivo está, irá lhe dar tudo que tem, e lhe dará também a maior das ofertas, ele mesmo. INCENSO: para os sacerdotes. MIRRA: para os mortos. Jesus, o Rei, Sacerdote e Aquele que iria morrer para nos redimir. Os presentes

dos magos já indicavam o futuro do menino. 2. Herodes ao ouvir sobre o nascimento do Rei, fica irado, pois não quer perder seu trono. Natureza humana, tenta "lutar" contra a existência de Deus, querendo ele próprio ser o seu senhor e rei. "Ainda há os que estariam muito contentes se pudessem destruir a Jesus Cristo, porque nEle vêem Aquele que interfere em suas vidas. Querem fazer sua própria vontade, e Jesus não o permite; por isso gostariam de matá-lo" (Barclay). Há alguns que pensam e sentem que o Evangelho, veio estragar a vida deles, acham que a Palavra de Deus é uma barreira, e põe limitações para o que eles gostariam de fazer, se possível eles cortariam algumas partes da Bíblia e colocariam outras, eles estão agindo como Herodes. O verdadeiro adorador está morto para a vontade carnal e abraçou a vontade de Jesus! Herodes mostra aos magos um falso desejo de adorar a Jesus, só de boca! Não faço o mesmo? dizendo às pessoas que quero o mesmo Cristo descoberto por eles? Quero adorá-Lo? Por que não O procuro antes, demonstrando meu interesse? Herodes mentiu para os magos, mas não conseguiu mentir nem enganar a Deus, pois Deus é Deus, Ele vê os pensamentos, o coração, Ele conhece tudo, sem ser dito! Deus impede seus servos de caírem no engano de Herodes, pois muito mal haveria. Deus sabe e se agrada em guiar o servo fiel e temente a Deus. 3. Conhecimento sem prática é inútil. Os escribas tinham conhecimento sobre o Messias, quem era e onde nasceria, mas demonstraram indiferença para com o assunto da busca e adoração do Messias. Eles não tinham interesse em Jesus, mas sim em outras coisas, apegavam-se à letra da Lei.

Ter Conhecimento verbal de Cristo, mas sem sentir a necessidade de buscá-Lo, de adorá-Lo, é inútil. Não adianta eu amontoar conhecimento sobre Jesus, sobre a Bíblia, se esse conhecimento não me impulsiona a buscar a Deus é um conhecimento inútil. O propósito da Palavra de Deus não é saciar nossa curiosidade, não é nos encher de conhecimentos, mas sim levar-nos a buscar a Deus. Demonstremos interesse em Cristo, afastemo-nos de tudo que nos desfoca de Cristo!

Qual é a atitude que te identifica? Indiferença (escribas), Verdadeira Busca (magos) ou Incómodo (Herodes)?

Para oração 1. Conceição da verdadeira visão de Jesus em nossas vidas, que Ele não veio estragar as coisas, mas colocá-las em ordem 1.1 Crucificação da vontade carnal e que reine a vontade divina em nossos corações 1.2 Libertação da falsa adoração, de palavras e aparências 2. Quebra da indiferença, da falta de interesse pela busca, adoração, de Cristo Que sejamos livres do espírito de apenas conhecedores do Caminho mas não seguidores 2.1 Faz de nós verdadeiros buscadores, que buscam ao Senhor noite e dia, em oração, Bíblia,.. Faz de nós verdadeiros adoradores, que te adoremos em espírito e em verdade, entregando a ti as nossas dádivas e sobretudo o nosso espírito, alma e corpo, para o Seu serviço.

Nota: Há muitos que conhecem o caminho para um avivamento, para um grande

derramamento do Espírito Santo, que é oração, jejum, lágrimas, mas não estão interessados em seguir este caminho. Muitos sabem o que se deve fazer para que almas, pessoas, sejam salvas, oração, choro, evangelização, mas não estão interessados em fazer estas coisas Que grandes coisas veríamos da parte de Deus se abandonássemos o espírito de indiferença!

Mateus 2:13-18 A Fuga para o Egito

"Até que eu te fale", José sempre dependeu da orientação de Deus Do princípio ao fim dependa da direcção de Deus. Deixe que a voz de Deus te guie sempre e em tudo! Quando José teve o sonho a ser dito para ir ao Egito, levantou-se na mesma noite que fora revelado por Deus, de novo vemos diligência em obedecer. Encarou a Palavra de Deus seriamente, assim como Ela é, não uma teoria. Oséias 11:1 Os acontecimentos de Jesus não eram acidentais, o mesmo acontece na vida de cada um, nada é acidente, na vida do crente não há acidente, mas sim propósitos de Deus. Jesus quando menino foi perseguido, teve de ser escondido, fugir, e mesmo assim Deus estava no controle de cada circunstância. Deus é Deus da eternidade, é Deus do tempo, é Deus da História. A tua vida pode estar em baixos, mas Deus está no controle de tudo. As perseguições, sofrimentos na tua vida não são necessariamente castigos de Deus, Jesus foi perseguido, seus pais sofreram, mas mesmo nesses sofrimentos havia um propósito de Deus, o mesmo connosco, filhos de Deus! Confiemos no Deus do tempo, das circunstâncias, cada evento está no controle dEle! Louvado

seja Deus! Deus disse a José em que lugar devia se refugiar, foi no Egito, pois Deus sabia que Herodes iria matar os meninos de Belém e arredores. Deus é presciente. A proteção está no obedecer a Deus! Aquele que está sob a proteção de Deus não é atingido pelo Inimigo

Para oração 1. Ajuda-nos a estar em condições de receber as revelações divinas 2. Mais diligência no obedecer 3. Ajuda-nos a vermos a tua mão sobre cada circunstância de nossa vida 4. Louvor ao Deus que sempre nos guie e protege

Mateus 2:19-23 O Retorno a Israel

O Tempo de Deus José, Maria e Jesus, permaneceram longe da pátria deles por um tempo, para voltarem esperaram no tempo de Deus. O tempo chegara, agora era hora de retornar a Israel. Sempre siga a orientação divina, espere tudo no tempo de Deus

A divina revelação Voltado a Israel, José foi revelado que não devia ir à Judéia, pois um rei mau lá morava, e lhes faria mal. Protege o crente das mãos do Inimigo, guia o crente

Esteja atento à divina revelação e seja obediente à visão celestial.

José se fixou no lugar onde a providência divina indicara. Esteja no lugar onde a providência divina te dirige a estar.

Para oração Acção de graças e louvor ao Deus que guia, que protege e tudo providencia a nós para a Sua glória

Capitulo 3 Mateus 3:1-17 João Batista João Batista, o precursor de Jesus. Aquele que veio em virtude e espírito de Elias, há umas semelhanças notáveis entre suas roupas, o que comia e o que Elias era.(2 Reis 1:8) A missão de João Batista era preparar o caminho do Senhor, Cristo, isto é, preparar os corações para receberem Cristo

Carácter de João Batista 1. Era um homem simples na aparência, não usava vestidos luxuosos João não era preso ao mundanismo, ao materialismo, ele era modesto. 2. Homem formado no deserto: sua escola Lucas 1 80. "Ora, o menino crescia, e se robustecia em espírito; e habitava nos desertos até o dia da sua manifestação a Israel." 3. Atraía multidões famintas por Deus com a sua mensagem 4. Não tolerava o pecado, nem massageava as pessoas em seus pecados, denunciava o pecado 5. Humilde: João sabia se colocar em seu lugar. Exaltou a Cristo e se rebaixou.

Um mestre dizer que vem outro maior que ele é raro e quase impossível, mas João fez, e ampliou descrevendo a sua indignidade diante do grande mestre

"João veio com uma mensagem de parte de Deus e não com uma opinião pessoal dela. Antes de falar com os homens tinha passado muito tempo em companhia de Deus. O pregador, o docente que fala com voz profética, sempre é aquele que vem à presença dos homens, vindo da presença de Deus" (Alexander Maclaren)

A mensagem de João 1. Arrependimento Urgente Arrependimento em grego é "Metanóia", que significa mudança de mente. Arrependimento não é remorso, pois remorso é só um sentimento de culpa pelo pecado cometido, mas o arrependimento vai além, consistindo numa mudança total, pesar e ódio pelo pecado cometido, levando a deixar o pecado! Esta é a condição para ser um cidadão do Reino, Arrependimento. "Arrependimento envolve uma completa mudança de atitude em relação ao pecado e Deus, acompanhado de um sentimento de tristeza e uma correspondente mudança de conduta" (Moody) 2. Juízo Vindouro João cria e pregava o juízo vindouro, que será com a vinda de Cristo, Ele que separará o trigo da palha, os crentes dos incrédulos, e lançará os incrédulos no lago de fogo, no inferno eterno, fora da presença de Deus eternamente. João Batista batizava, simbolizando o que acontecera no coração de cada pessoa. Os batizados confessavam seus pecados, sinal de reconhecimento do pecado e resolução de deixá-lo . Para ser batizado deve produzir primeiro frutos dignos de arrependimento, marcas do arrependimento. Há arrependimentos falsos, sem frutos de arrependimento, a contrição de coração, mudança.

Os fariseus e saduceus eram muito confiantes diante de Deus pois se julgavam filhos de Abraão, o justo que andou com Deus. Tinham a fraca e inútil confiança nos méritos de outro que andou com Deus. Diante de Deus tenho de parar com os meus próprios pés. A justiça de outro não me serve (exceto no caso de Cristo)

A promessa Jesus é aquele que batiza com o Espírito Santo e com fogo. Aqui se trata do mesmo batismo, enfatizando-se as características e funções do Espírito. Nota: As mesmas pessoas que receberiam o batismo com Espírito Santo receberiam e com fogo, o que implica no mesmo batismo. Espírito, Ruach, alento, vento ( poder ) O Espírito Santo dá vida espiritual, ressuscita aquele que está morto espiritualmente, fazendo-o viver para Deus. O Espírito Santo é Espírito de Poder, faz maravilhas na vida das pessoas, quebranta corações endurecidos, cura, liberta Fogo ilumina, queima, transmite calor e purifica. O Espírito ilumina os corações, remove a escuridão, concede virtudes morais ao coração, remove o pecado. O grande mestre batiza com Espírito Santo e fogo. Quem segue ao grande mestre passa deste batismo e continua o vivenciando frequentemente.

Para oração 1. Conceição da modéstia, simplicidade e não apego às coisas materiais 2. Revelação pessoal de Deus, não opinião pessoal. Relação pessoal com Deus, Conhecimento pessoal de Deus, não de segunda mão

2.1 Voz profética. Mensagem Viva de Deus

3. Não tolerar o pecado tanto em mim como em outros. Ódio e tristeza pelo pecado. Ousadia para denunciar o câncer do pecado 4. Libertação do orgulho, auto-exaltação e conceição da humildade. Rebaixar a mim e exaltar a Cristo, (Não a nós, a Deus a glória) 5. Vida de arrependido, Recuar Jamais 6. Derramamento do Espírito Santo

Mateus 3:1-17 O batismo de Jesus Vejo a humildade de Cristo e a sua submissão à vontade do Pai. Jesus não tinha pecado, não necessitava portanto de perdão, mas mesmo assim ele se batizou. Porquê que Cristo se batizou? Para se identificar connosco. Ele veio salvar os pecadores, por isso tomou o nosso lugar e se identificou connosco. Ele tinha que passar por tudo que passamos, mas não tinha pecado e nem pecou.

Os Céus se abriram e desceu o Espírito Santo em forma corpórea de uma pomba. Céus abertos Espírito como pomba, exprime a ideia de pureza. Foi um sinal de aprovação do gesto de Jesus de cumprir toda a justiça. Cristo é o Amado do Pai

Para oração 1. Acção de graças a Deus, o Pai, por Cristo meu substituto.

2. Humildade verdadeira e libertação da falsa humildade

3. Céus abertos para mim, e descida do Espírito 4. Ouvidos para ouvir a voz celestial.

Capitulo 4 Mateus 4:1-11

A Tentação de Jesus Jesus não se levou a si mesmo ao deserto, não foi levado pelo Diabo, mas sim pelo Espírito Santo. O Espírito Santo é quem nos forma em homens de Deus, homens aptos, capazes para trabalhar para Deus pois estiveram com Ele e Ele está neles. Jesus foi levado ao deserto para ser tentado, para também nos dar exemplo e garantia de vitória sobre a tentação. Ele também foi preparado por Deus no deserto. O deserto serve de preparação para a obra. O deserto é o lugar de formação dos homens de Deus. Exemplos: João Batista, Moisés, Elias, Jesus,... O deserto, a sós com Deus, você não é visto pelo homem, mas por Deus. Aquele que se encontra com Deus tem poder para fazer a obra.

Jesus jejuou 40 dias e 40 noites O jejum é uma prática espiritual essencial, que através dela somos fortalecidos pelo Senhor. Jejum revela a nossa sede e fome por Deus, a nossa seriedade para com o que pedimos. Jejum é uma posição de humildade diante Deus.

O Diabo é o tentador, ele tentou Jesus, mas sem sucesso

Estratégias do Diabo 1. Implantação das dúvidas na nossa mente ("Se tu és..., Se tu és) O Diabo tenta implantar dúvida em nós sobre: nossa filiação divina, promessas de Deus, amor de Deus por nós, Palavra de Deus. Satanás sabe que se formos assombrados pelas dúvidas perderemos a fé, e a fé é que nos põe em pé e o canal para o relacionamento e bênçãos divinas. 2. O Diabo tenta-nos pelas nossas fraquezas carnais (corporais), nossas necessidades O Diabo se aproveita das nossas necessidades do momento para nos fazer cair. Jesus com a sua resposta "nem só de pão viverá p homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus" nos ensina a lição de que Deus é maior que as nossas necessidades materiais. 3. Persistência O Diabo não desiste, nunca aceita a derrota, sempre procurará mudar e/ou ampliar as suas ofertas 4. Distorce a Palavra de Deus e nos tenta 5. Tenta-nos a tentar a Deus, para provar se Ele é poderoso para nos ajudar, criando situações ou problemas ou nos enfiamos em problemas só para ver se Deus "age" 6. O Diabo nos fornece atalhos, conquanto que o adoremos Promete "muito" mas em troca da nossa alma. Se Jesus tivesse todo o mundo ao seu dispor, como seria fácil evangelizá-los! Nem precisaria de sofrer, de passar pela cruz. ESTE ERA O ATALHO DE SATANÁS A JESUS. Mas era tudo mentira! O Diabo é mentiroso, não nos enganemos com suas "belas" ofertas.

A Espada, a Proteção contra as artimanhas de Satanás é a Palavra de Deus. Jesus disse "está escrito", use a Palavra e o Diabo fugirá de ti. Jesus citou Deuteronómio 8:3; 6:13 Jesus depois da vitória contra o Diabo, vieram os anjos e o alimentaram. A benção de Deus chega no tempo de Deus, não segundo o tempo do Diabo, os atalhos.

Para oração 1. Deus forme-me na escola do deserto 2. Aviva a prática de jejum. Desapego à comida e às coisas materiais 3. Dê-me entendimento, fixação e conhecimento da palavra para que o Diabo não prevaleça contra mim

Mateus 4:12-25

O Início do ministério de Jesus

Jesus quando soube que João era preso, retirou-se para outro lugar. Jesus era protegido por Deus, mas ele nunca se expunha ao perigo. Aprendamos o mesmo, não se exponha ao perigo só porque Deus é contigo. Jesus Cristo é luz, Ele ilumina o coração cheio de escuridão. Ele dá nova vida, livre do domínio do pecado. Onde Jesus chega, transmite luz, dissipando as trevas do coração. Se Jesus Cristo está em mim, eu também me torno luz, pois a luz em mim está, e onde eu for a escuridão desaparece. Onde reinava morte passa a reinar a vida.

Cristo pregou a mensagem de Arrependimento, a mensagem da necessidade

urgente de mudança. Jesus é quem vai em busca dos discípulos, Jesus é quem chama as almas à conversão. Ele também te chama para você seguí-lo, aceita? Você se dispõe como os dois irmãos a deixar suas redes, a deixar o mundo e seguir Jesus? Mateus 4 19. Disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens. Será que este chamado e promessa era somente para os 12 discípulos? Se fomos chamados, se já somos discípulos de Jesus, porquê que a promessa de pescar homens, de ganhar para o reino dos céus não se manifesta em nós? O que falta? PODER Jesus ensinava, curava e libertava. Presencio essas coisas em minha vida? Curava TODAS as doenças Libertava os endemoninhados, lunáticos (doentes mentais?), paralíticos,... E Hb 13:8, Jesus é mesmo de ontem, hoje e para sempre. As pessoas recorriam a Jesus em busca de socorro, nós agora representamos Cristo no mundo, as pessoas devem recorrer a nós. Podemos socorrer as pessoas? Temos palavra de cura para a alma? Temos remédios para o coração aflito? Temos unção para a cura dos doentes? João 14:12.Digo-lhes a verdade: Aquele que crê em mim fará também as obras que tenho realizado. Fará coisas ainda maiores do que estas, porque eu estou indo para o Pai

Para oração 1. Ajuda-me a brilhar e dissipar as trevas em todo lugar que for 2. Largar tudo, o mundo, o pecado e seguir Jesus. Deixar minhas ocupações e me ocupar em Cristo

3. Faz de mim pescador de homens, poder para tal. Rede e orientação necessária

adequada à Voz do Mestre (Lucas 5:5 Ao que disse Simão: Mestre, trabalhamos a noite toda, e nada apanhamos; mas, SOBRE TUA PALAVRA, LANÇAREI AS REDES) 4. Representante de Cristo no mundo. Esperança para o mundo. As mesmas obras de Cristo operando em nós

Capitulo 5 Mateus 5:1-12 As marcas dos cidadãos do Reino

Jesus neste sermão do monte, primeiro dá a descrição dos cidadãos do Reino e depois mostra as leis do Reino. Bem-aventurado = Feliz é! Quão feliz é!... As bem-aventuranças ou beatudes não são concretamente promessas, não são mandamentos (apesar de que podemos deduzir certas promessas e mandamentos), mas sim são a descrição dos cidadãos do Reino, são a marca daqueles que estão em Cristo. Falam da "felicidade" dos cristãos. Ao lê-las, a pessoa deve se analisar se elas o descrevem ou não. E que procuremos a manifestação de cada virtude em nós.

Como é o cidadão do Reino? 1. Humilde ou pobre de espírito Humildade de espírito, marca do cidadão que vai morar nos Céus. O humilde se humilha diante de Deus, reconhece a sua pobreza espiritual. Busca a Deus de coração. O crente reconhece e sente a sua pobreza espiritual, ele sente a necessidade de mais de Deus em sua vida.

A palavra aqui para pobre é Ptojós, absoluta pobreza. "Ptojós descreve ao destituído total, ao homem que não possui nada; 'ani e ebion' descrevem ao pobre, ao humilde, ao impotente, que colocou sua esperança em Deus. portanto, "Bem-aventurados os pobres" significa: 'Bendito e feliz é o homem que tomou consciência de sua total necessidade, e que colocou sua confiança em Deus.' " (Barclay) 2. Aquele que chora Choro revela sofrimento extremo, compunção de coração. O cristão chora: A. pelo pecado, seu e dos outros. B. chora buscando o mover de Deus C. se comove pelo sofrimento dos outros A consolação brotará, a consolação de Deus Esta bem-aventurança pode ser assim colocada: "Quão feliz é o homem cujo coração sofre pelo sofrimento do mundo e por seu próprio pecado, porque é a partir deste sofrimento que encontrará a alegria de Deus" (Barclay) 3. Aquele que é manso Mansidão, poder sobre controle Controle de si mesmo, de seus impulsos e humildade. 4. Os que tem fome e sede de fazer a vontade de Deus. Eles serão fartos. Deus derramará o Seu Espírito aos famintos e sedentos. Aquele que deseja fazer a vontade de Deus, como o que anela saciar a fome ou a sua sede. 5. Misericordiosos Misericórdia é a virtude que consiste em sentir pesar pelos que sofrem; piedade por eles e sobretudo é colocar-se no lugar da pessoa, sentir com o coração dele, sentir os sofrimentos dela em seu coração, ver com os seus olhos. E vê-se isso perfeitamente em Cristo.

"A palavra hebraica que quer dizer misericórdia é chesedh; é uma dessas palavras que não se podem traduzir. Não significa somente simpatizar com alguém no sentido corrente do termo; não significa somente sentir-se triste pela desgraça de outros. Chesedh é a capacidade de entrar em outra pessoa até que virtualmente podemos ver com seus olhos, pensar com sua mente e sentir com seu coração." (Barclay) 6. Limpos de coração Sem santificação ninguém verá a Deus. Os limpos de coração, aqueles que seus corações foram lavados do pecado, aqueles que amam a Deus e se afastam do pecado. 7. Pacificadores Pacificadores, promotores da paz. Eles tem a paz de Deus em seus corações, por isso eles podem transmití-la aos outros. Um pacificador é aquele que onde há guerra ele a faz cessar. Extermina conflitos 8. Inimigo do mundo O cristão é estranho ao mundo, por isso padece perseguições. Nas perseguições, injúrias, mentiras contra nós, por causa do nome de Jesus em vez de tristeza devemos nos alegrar, porque grande é o nosso galardão nos céus. Se falam mal de nós por causa de Cristo, este é um sinal que estamos servindo a Cristo, portanto exultemos.

Para oração 1. Reconhecimento da minha pobreza espiritual, minha necessidade de mais de Deus 2. Dê-me lágrimas, por mim e pelo mundo. Angústia, dor de Deus em mim. Compartilhamento da dor de Cristo pelos perdidos em meu coração

3. Mansidão de coração

4. Misericordioso 5. Limpeza de coração

Mateus 5:13-16 O cristão é um agente diferente e transformador

O crente aqui é comparado a certas coisas: 1. Ao SAL, que modifica, que dá sabor à comida: O mundo sem Cristo é como comida sem sal, e o cristão é o modificador dessa situação, ele é quem dá ao mundo a conhecer a Cristo Jesus. Portanto, não perca o sabor, você cristão, sal do mundo, intensifique a sua salinidade, pelo contacto vivo com a fonte do sal, Cristo. 2. É comparado à luz, que é diferente da escuridão e onde está muda o ambiente dissipando a escuridão: todo aquele que não é salvo está na escuridão, está nas trevas, e o cristão é a esperança para essa pessoa, ele é que pode transmitir essa luz, é que pode dissipar as trevas, é que pode converter os não salvos. 3. O cristão não pode esconder sua fé, por isso é comparado a uma cidade edificada sobre um monte, todo o mundo vê essa cidade, não há como ela se esconder, o que implica na não existência do cristão secreto. Também é comparado a uma lâmpada que se coloca na mesa para dar luz a todos que ESTÃO EM CASA. O cristão é chamado para dar luz aos da sua casa. É chamado a ser um agente transformador do ambiente onde ele está inserido, casa, residência,.. Ele só tem que ser o que é, luz, luz. Tem a missão de resplandecer. À medida que brilhamos, que somos o que somos, não negando nossa fé em Jesus, mas confessando Jesus diante dos homens, mudanças irão acontecer no ambiente onde estamos, conversões acontecerão. Devemos transbordar de boas obras diante dos homens, obras que são frutos da luz que há em nós, frutos da nossa fé em Jesus. As boas obras possibilitam o mundo a glorificar a Deus, a crer em Deus através de nós, as obras confirmam

veracidade da nossa fé, fazendo com que as pessoas dêem crédito à nossa fé.

Portanto, resplandeçamos.

Para oração 1. Acção de graças pelo nosso chamado de ser sal e luz do mundo 2. Aumento da nossa salinidade e luz. Vivacidade da nossa fé 3. Enchimento com boas obras diante dos homens

Mateus 5:17-26

Jesus e a Lei Jesus não veio invalidar o Antigo Testamento como outros pensam, mas veio cumprir. Por isso ele vai citar alguns mandamentos e dar o sentido espiritual deles, ele não ensina apenas a letra do mandamento, mas o espírito, pois os mandamentos de Deus são espirituais. "Jota ou i e Til" são as menores letras do alfabeto hebraico. É como se Jesus dissesse que: "Até que o céu e a terra passem, de modo nenhum passará da lei um só i ou uma vírgula, até que tudo seja cumprido". Somos exortados a não cortar ou negligenciar certos mandamentos, tudo que Deus disse para que façamos devemos fazer, nós não temos direito ou poder de excluir ou escolher obedecer certos mandamentos e negar outros, o mesmo que mandou "isto" é o mesmo que mandou "aquilo", importa então cumprir "isto" e "aquilo". Aquele que pode entrar no Reino dos céus é aquele que a sua justiça excede a dos escribas e fariseus, aquele que não obedece só à letra do mandamento, mas o espírito do mandamento. Aquele que obedece de intimo os mandamentos, de

forma espiritual. Jesus expõe o sentido verdadeiro da lei, o sentido espiritual, mais que a letra da lei. 1. Não matarás Não envolve apenas matar fisicamente a pessoa, envolve também o odiar alguém, o irar-se contra alguém, o falar mal da pessoa, o insultar. Não somos culpados deste pecado? A falta de entendimento para com o nosso próximo, a falta de perdão pode barrar nossa vida devocional, pode servir de barreira entre nós e Deus. O ódio, guardar mágoa, não perdoar, faz com que a nossa adoração a Deus seja nula, por isso Cristo nos ordena a nos reconciliar com quem estamos brigados ou desentendidos, só assim podemos oferecer nossa adoração a Deus, só assim podemos orar a Deus. A MÁ FORMA DE VIVER, DE TRATAR OS OUTROS BARRA NOSSAS ORAÇÕES, NOSSA RELAÇÃO COM DEUS. A nossa relação com o próximo influencia em nossa relação com Deus.

Para oração 1. Ajuda-nos a seguir todos os mandamentos e não apenas alguns 2. Ensina-nos a perdoar, a nos relacionar bem com os outros, a amá-los

Mateus 5:27-30

Jesus expõe o sentido verdadeiro da lei, o sentido espiritual, mais que a letra da lei (cont.)

2. Não adulterarás

Adulterar não é apenas o que a palavra significa só por fora, não é apenas traição

numa relação conjugal, não é apenas ter relações sexuais ilícitas, mas também envolve os pensamentos. Só de você olhar para alguém e ter pensamentos impuros, fantasias sexuais com esta pessoa, já adulterou. Não é só a acção externa que é pecado, mas também a acção interna, o pensamento, os maus desejos. Tenhamos cuidado com o que olhamos, vemos, assistimos, lemos ou ouvimos, permaneçamos longe de toda a imoralidade sexual ou fontes de imoralidade sexual, como filmes com conteúdo impuro, conversas indecentes, não fixemos nosso olhar e/ou pensamento em alguém mal vestido. Não abriguemos em nós pensamentos lascivos, desejos impuros. Seja rigoroso para com o pecado, não o tolere. Corte ou deixe, na sua vida tudo o que te faz pecar, mesmo que seja difícil, mesmo que seja duro, lembre-se que é melhor perder certas coisas do que entrar no inferno com essas coisas. Telefone te faz pecar? deixe-o. Redes sociais te fazem pecar? deixe-as. Outro diz: "Deixar isto é como arrancar um olho, é duro". Melhor então entrar com um olho no Reino dos céus do que entrar no inferno com os dois olhos. Certas companhias te fazem pecar? Mesmo que deixá-las seja como remover um braço, deixe-as! Corte os instrumentos de pecado em tua vida. Custe o que custar, doa o que doer, como dói o arrancar um olho! Seja rigoroso para com o pecado!

Para oração 1. Confissão e eliminação de toda a espécie de adultério 2. Localização e derrube dos instrumentos do pecado

Mateus 5:31-32 O casamento é sagrado

Malaquias 2:16 "Eu odeio o divórcio", diz o Senhor, o Deus de Israel, e "o homem que se cobre de violência como se cobre de roupas", diz o Senhor dos Exércitos. Por isso tenham bom senso; não sejam infiéis. Mateus 19:8. "Disse-lhes ele: Pela dureza de vossos corações Moisés vos permitiu repudiar vossas mulheres (Dt 24:1); mas não foi assim desde o princípio".

O divórcio era, entretanto, uma concessão ao pecado humano (Moody) Mas Deus não se alegra em divórcio. Que casamentos sejam sólidos, desde o princípio até o fim. Hebreus 13:4 "O casamento deve ser honrado por todos; o leito conjugal, conservado puro; pois Deus julgará os imorais e os adúlteros".

Para oração 1. Restauração de casamentos que estão se desintegrando (pois a queda não é a vontade de Deus). Orar também especificamente por alguns casais, lares 2. Amor e entendimento e fidelidade entre os casais e nos lares

Mateus 5:38-42

O cristão e a vingança

O cristão é convocado a não se vingar, a não guardar ressecamento contra aqueles que o injuriarem ou insultarem ou lhe fazerem qualquer mal. Bater a face direita e oferecer a outra significa você quando alguém te fazer mal, te insultar, não se ressentir, não se irar, mas permanecer em espírito de mansidão, considerando aquilo que ele te fez como se não tivesse te feito, não

sentir a dor. Estes outros exemplos como, te tirarem a túnica, te obrigarem a caminhar uma milha, e você fazer acções "estranhas" ao mundo, não resistindo, não nutrir sentimentos de vingança, mostram ainda o princípio da não vingança e de não ressentimento contra o mau. Um cristão age de forma diferente ao mundo, age de forma estranha ao mundo, pois ele é estranho ao mundo, ele não é deste mundo, é cidadão do Reino dos céus. Quando lhe batem, não retribui com insultos, não guarda sentimentos de vingança, em vez disso considera como se ele não tivesse sofrido injustiça ou injúria. Ele ama até os seus ofensores. Um cristão é aquele que neutraliza o mal que lhe fazem, o que está nele, o amor de Cristo, faz com que quando lhe dirigirem o mal este mal fique neutralizado em seu coração, como se não fora feito mal. Um cristão é alguém generoso, generoso até para com aqueles que já lhe fizeram mal. Ele dá o que pede, não retém a sua mão ao necessitado. Não tem mão curta.

Um cristão empresta àqueles que lhe pedem emprestado. Ele não se sente a perder, não nutre sentimentos de recusa ao empréstimo.

Para oração 1. Coração longânimo, que não guarda mágoas, nem se vinga. Mansidão e humildade de coração diante de ofensores 2. Coração generoso, ajuda aos necessitados

Mateus 5:43-48

O cristão e os inimigos

O cristão é uma raça diferente, ele é chamado a viver em total amor, para com os

que o amam e para com os seus inimigos, aqueles que querem o seu mal, aqueles que o odeiam. Ele é chamado a fazer o bem aos seus inimigos, a demonstrar amor aos seus inimigos. O cristão deve ser como o seu Pai é, Deus faz com que o sol nasça sobre bons e maus, que chuva caia sobre bons e maus, (bondade de Deus). O cristão deve ser bondoso até com os maus, até com os seus inimigos. Os cristãos devem ser superiores aos incrédulos em moralidade, devem ir mais além do que a natureza carnal pode fazer. Para o mundo pode ser normal fazer o bem aos que lhes fazem bem, e aos que lhes fazem mal? O cristão deve amar a todos, independentemente do que a pessoa é ou merece, aliás, Deus nos amou porque merecíamos? Deus nos ama incondicionalmente, assim sejamos também! O cristão pode dizer: "Eu faço bem a eles não porque me fazem bem, mas porque Deus quer que assim eu faça e eu gosto. Amo-os não porque me amam, me importo com eles não porque se importam comigo, saúdo-os não porque me saúdam, quer me amem ou não, eu vou transbordar de amor por eles". O mundo não pode compreender a razão do amor do cristão pelos seus inimigos, por aqueles que nem estão aí para ele, assim como não se pode compreender a razão do amor de Cristo por nós.

Em suma, a marca do cidadão do Reino dos céus é a diferença e "estranheza". E encerra-se com: "Portanto, sejam perfeitos em amor, assim como é perfeito o Pai de vocês, que está no céu." - Mateus 5:48 - NTLH Aquele que é perfeito em amor é aquele que ama a todos inclusive os seus inimigos. Amor que só é para aqueles que te amam e menos para os seus inimigos não é perfeito.

Para oração

1. Acção de graças a Deus pelo Seu amor incondicional por mim. Acção de graças pela bondade de Deus 2. Ajuda-me a amar a todos, a amar os que me odeiam e querem mal, os que não se importam comigo. Ajuda-me a demonstrar amor para com todos até para com os meus inimigos

Capitulo 6 Mateus 6:1-5 Não procure aplausos

1. No dar esmolas Ao dar alguém algo de que necessite, não faça com que o mundo te veja para que te exalte. Não faça o bem só para ser visto e aplaudido pelos homens, não ajude os outros só para que te vejam e digam que você é "bom". Seja discreto em suas ajudas, não se entregue ao anúncio do que você fez, Deus é quem te recompensará. Aquele que faz o bem à vista dos outros só para ser aplaudido por eles, já achou a sua recompensa, que é o "aplauso" momentâneo. 2. Na oração Há aqueles que só oram para demonstrar aos outros que oram e que são espirituais. Nossa oração tenha como objetivo a glória de Deus. Que devoção nossa, não seja forma de ganhar aplausos. Os "super espirituais" são de facto nada! Nenhuma oração oferecem, tudo só fazem para o público ver. Não sejamos assim, oremos para sermos recompensados por Deus e não pelos aplausos do homem.

Em resumo, a sua vida prática, suas boas obras para com os homens e sua devoção não devem ser feitos por ti com o intuito de obter reconhecimento ou aplausos dos homens.

Para oração 1. Livre da ambição por fama, pelas boas obras e pela devoção

Mateus 6:6

O cidadão do Reino dos céus tem momento a sós com Deus

1. "Quando orares" Aqui está subentendido que um cristão tem ou deve ter uma vida de oração, pois não está escrito "Se orares". Você tem vida de oração? Você ora diariamente? 2. "Entra no teu quarto" O cristão tem um lugar secreto onde se encontra com seu Deus (este lugar pode variar, mas sempre ele procura estar em secreto com Deus) "teu quarto", refere-se ao secreto, livre de distrações, onde o crente se encontra com seu Deus. O lugar onde ele fica só ele e Deus e mais ninguém. Pode ser seu quarto, monte, mato, deserto,... onde há 'solidão' e calma. Você tem esse lugar? Deus quer falar contigo tão pessoalmente, só Ele e você. Tenha o seu "quarto", seu lugar de oração. 3. "e fechando a porta" No encontro, na conversa com Deus, livre-se de todas as distrações do mundo, feche a porta para o mundo, e concentre-se só em Deus. Esvazie a sua mente de outras coisas e fixe-a em Deus. 4. "ora a teu Pai" Se você nasceu de novo, se você foi adotado na família celestial, ao se

aproximar de Deus reconheça que Ele é seu Pai e você seu filho. Reconheça que o teu Pai está em secreto, isto é, se oculta ao olho carnal, apenas quem tem olhos de fé O verá. 5. "teu Pai... te recompensará" Aqui vemos a eficácia ou o poder da oração. A oração tem poder por causa de quem a ouve e a responde. A oração é necessária e útil, ela não é uma tentativa de se ter algo, mas uma garantia, pois está escrito "te recompensará", quem ora verdadeiramente sempre terá resposta, sempre terá a benção que busca Nota: Jesus depois dará o modelo de oração, o espírito de oração, que nos ajudará a orar verdadeiramente e consequentemente obter respostas.

Para oração 1. Conceda-nos vidas de oração 2. Ajuda-nos a ter o nosso lugar secreto 3. No nosso encontro com o seu quarto desfoque-nos do mundo 4. Faz-nos ver e sentir a paternidade do Senhor 5. Dê-nos eficácia na oração

Mateus 6:7-15

Atitudes na oração

1. Não usar vãs repetições como os pagãos Os pagãos pensavam que os deuses para lhes ouvir precisavam repetir as palavras e falar muito, apresentar um longo discurso. Achavam que quanto mais repetições e mais palavras maior seria a probabilidade dos deuses ouvirem, mas para Deus não é assim, Ele não é surdo, Ele está disposto a nos atender, não precisa de ser convencido por discursos bonitos, longos e repetitivos, apenas

quer o coração. Aqui está a se condenar as vãs repetições, repetições desnecessárias, superficiais e feitas com o intuito de Deus ser "convencido" a nos ajudar, por isso não são necessárias, pois Deus é diferente dos deuses pagãos. "Vãs repetições (tagarelice) são características das orações pagãs (ou gentias), como a ostentação é dos hipócritas.Tal atitude é como se a oração fosse um esforço para vencer a má vontade de Deus em responder, cansando-o com palavras. Entretanto não é a mera extensão ou repetição que Cristo condena (Jesus orou a noite inteira, Lc. 6:12, e repetiu seus pedidos, Mt. 26:44), mas a motivação indigna que induz tais atos religiosos". (Moody) Deus sabe do que precisamos e está apto para nos ouvir. 2. Jesus apresenta o modelo, a atitude correta de orar I. Pai nosso Devemos saber e conhecer a quem nos dirigimos. Nossa fé deve repousar em quem Deus é. Ele é o Pai de todo cristão, aproximemo-nos dEle com o coração vibrando do conhecimento da paternidade de Deus. II. Que está nos céus Ele reina; Ele é o Altíssimo; o que tem todo o poder III. Santificado seja o teu nome A atitude do crente deve ser de reverência ao nome de Deus, deve desejar que Deus seja reverenciado. IV. Venha o teu Reino O nosso intuito deve ser a vinda do Reino dos céus nos corações, deve ser que a vontade de Deus seja feita aqui na terra. O eixo da nossa oração deve residir no se fazer a vontade de Deus aqui na terra, que o nome dEle seja conhecido V. Pão nosso de cada dia

A Deus podemos e devemos apresentar as nossas necessidades diárias, Ele é

poderoso para suprí-las. Deus se importa com as nossas necessidades, assim como um pai se importa com o bem-estar de seus filhos. Não temamos apresentar a Deus os nossos pedidos. VI. Perdão É através da oração que podemos confessar os nossos pecados a Deus e suplicar por perdão. Nunca devemos nos esquecer de nos humilhar diante de Deus. Que saibamos perdoar os outros, pois isso condiciona o nosso perdão diante de Deus. Exponha seu pecado diante de Deus, não oremos como aquele fariseu no templo. VII. Protecção Supliquemos por força para permanecer firme em Deus. Diante de Deus devemos reconhecer as nossas fraquezas e pedir o seu fortalecimento. VIII. Exaltação Devemos ter uma atitude de exaltação a Deus, de elevá-Lo e de gratidão. IX. Amém Fé e desejo verdadeiro de que o que pedimos seja nos concedido.

Por último termina-se estabelecendo a lei de que o perdão ao outro me possibilita a ter o perdão de Deus, e o não perdoar o próximo barra-nos do perdão de Deus.

Para oração 1. Livre-nos da atitude errada na oração 2. Ajuda-nos a orar corretamente, com o espírito correto

Mateus 6:16-18

A atitude correta no jejum

"Quando jejuares" Todo o cristão é chamado a jejuar, e é subentendido que jejua. Ao jejuar não vamos nos expor aos outros em busca de aplausos. Jesus condena o jejum feito não para buscar a Deus, mas para ser visto e exaltado pelos homens. Jesus condena a espiritualidade falsa, voltada para a notariedade, para aplausos e reconhecimento dos homens. Meu jejum é autêntico ou é só uma forma de eu me promover perante os homens? Não queira que os homens saibam que você está jejuando, pois quem tem a recompensa querida é Deus, e está em secreto, que Ele só veja que você está jejuando. "A verdadeira função do jejum era indicar contrição profunda e a devoção temporária de todas as energias à oração e à comunhão espiritual. Mas o jejum que exige expectadores é mera exibição" (Moody)

Para oração Senhor, aviva em mim a prática do verdadeiro jejum

Mateus 6:19-21 Para onde você está investindo? Qual é a sua maior preocupação nesta vida? As coisas materiais, dinheiro, sucesso, fama? Ou as coisas espirituais, entrega e devoção a Deus?

1. Ajuntar tesouros na terra significa se focar só na riqueza material, gastar seu tempo e energia apenas para ter riqueza material. Jesus nos chama a não nos focar nas riquezas materiais. O homem que se fixa nalgo, vive para esse algo, assim também com aquele que se foca nas riquezas materiais, dinheiro, sucesso, estudos, emprego, carros, luxo... vive preso nessas coisas, seu coração está

mergulhado no materialismo. Eis a razão para não amar as riquezas materiais: as riquezas materiais, sofrem corrupção, apodrecem, deterioram-se, são sujeitos a roubos, muitos trabalham e ganham tanta riqueza material, e da noite para o dia foram roubados. As riquezas materiais são inseguras e temporais. 2. Ajuntar tesouros no céu significa encher-se das riquezas de Deus, isto é, riquezas espirituais, implica em se focar em buscar e conhecer mais a Deus. Implica em santificar-se mais, purificar-se mais, permanecer mais na presença de Deus, amar mais. Não há maior riqueza que o próprio Deus em nossos corações. As riquezas espirituais não se corrompem, não podem ser tiradas de ti por um ladrão, ninguém pode roubar a tua santidade, sua vida devocional, sua adoração a Deus, seu amor ao próximo, suas boas obras, essas coisas estão longe do alcance do homem (ladrão). E essas coisas não são temporais, são eternas. Ao morrer deixam-se as riquezas materiais aqui no mundo, mas as riquezas espirituais, as boas obras, a vida com Deus, isso te acompanha para todo o sempre.

Aquele que se foca nas coisas espirituais, tem o seu coração focado nas coisas espirituais .

Para oração 1. Confissão 2. Desapegue-me do mundo, do amor às coisas materiais, do foco por aquilo que apodrece, que é temporal 3. Mostra-me a grandeza das riquezas no céu

Mateus 6:22-24 A compreensão espiritual

Ter olhos bons significa ter boa visão, boa compreensão espiritual, sobre as coisas. Ter maus olhos significa ter má visão, má compreensão espiritual das coisas. A vida do homem é dirigida pela sua visão espiritual. Se a pessoa tem uma visão distorcida por exemplo, sobre as bênçãos materiais, irá usufruí-las de forma errada e idolátrica.

Ninguém pode servir a Deus e as riquezas, quem se foca nas riquezas viverá para elas, e quem se foca em Deus, para Deus viverá. O coração humano só consegue se focar numa só coisa. Não há como servir a dois senhores. Para o quê que você vive?

Para oração 1. Purifique minha visão, compreensão espiritual das coisas 2. Ajuda-me a viver só para Deus

Mateus 6:25-34

Não viva em ansiedade, descanse em Deus Um cristão não deve se apegar à extrema preocupação com as necessidades físicas, materiais. A ansiedade pela posse de bens materiais, mesmo das necessidades básicas não deve tomar lugar na vida do cristão. A ansiedade não deve fazer parte da vida do cristão . "O que Jesus proíbe não é a prudência que prevê o futuro a fim de tomar medidas necessárias para responder, oportunamente, a suas demandas. Proíbe o afã, o angustiar-se pelo manhã antes de saber o que nos trará o manhã. Jesus não recomenda uma atitude displicente, que não faz provisão para o futuro

nem reflete sobre o que o futuro pode significar concretamente em termos de exigências e possibilidades. Proíbe, sim, o temor ansioso, doentio, que é capaz de eliminar toda possibilidade de alegria da vida". (Barclay)

As aves do céu não semeiam, mas Deus lhes providencia mantimento. Deus é quem alimenta as aves, não permitindo que sucumbam de fome. Se Deus cuida das aves, não cuidará também de nós? Valemos mais que as aves, pois à imagem e semelhança dEle fomos criados. Notemos, as aves não sofrem ansiedade pelo que comer, e nós? A ansiedade, a extrema preocupação interior por algo não pode nos conceder o que ansiamos, por isso inútil é se apegar a ansiedade. O foco, a maior preocupação do crente não deve ser sobre o que comerá ou vestirá, isto é, não deve ser a posse de coisas materiais.

Nota: Não é pecado orar, buscar, as coisas materiais, como comida para nosso sustento, pois a Bíblia nos ordena a orar também pelas nossas necessidades materiais, o que é errado e pecado é quando o nosso foco, a nossa maior preocupação são as coisas materiais. Jesus nos ordena a nos desfazermos dessa doentia preocupação, confiando em Deus pois Ele sabe do que precisamos. "Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas". O nosso foco deve ser o reino dos céus em nossos corações, deve ser ter Cristo no coração, viver e buscar a Cristo, não nos focarmos nas coisas temporais. Aqui vemos um princípio de que antes de pedir, Deus quer que eu me relacione com Ele, Ele quer que eu me foque nEle, só assim posso prosseguir para Mateus 7:7. Aquele que se relaciona com Deus, que busca a Deus, que tem intimidade com Ele é que capacitado para pedir as bênçãos de Deus sobre ele e sobre outros. Eu não me dirijo ao meu pai com o alvo final de pedir, mas de me relacionar, ter intimidade com ele, e o pedir só flui como consequência da minha

relação com ele, assim também com Deus. Portanto, busque primeiro a Deus e outras coisas fluirão dessa relação de comunhão com Ele. Busca de Deus - Foco Pedidos - acréscimos de Deus para mim Eu busco a Deus e mantenho comunhão com Ele, e por eu me ligar a Ele em coração, Ele me diz agora "Peça e lhe será dado", Ele me ensina que as suas bênçãos são acréscimos para mim, são "bacelas". Portanto, a minha maior preocupação, o meu alvo, deve ser Deus e não as coisas materiais. "Jesus chama os seus discípulos para colocar Deus em primeiro lugar, dando muita prioridade a questões eternas, bem como de confiar em nosso Pai celestial para atender às nossas necessidades materiais aqui na terra" (D.A Carson) Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã; porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal. "Não pensem no manhã com ansiedade", é o mandamento de Jesus, e este é o caminho que há que nos levar não somente à paz, mas também ao poder. (Barclay) "Não andeis ansiosos por coisa alguma; antes em tudo sejam os vossos pedidos conhecidos diante de Deus pela oração e súplica com ações de graças;" (Filipenses 4:6)

Para oração 1. Libertação da ansiedade 2. Busca de Deus em primeiro lugar 3. Confiança plena na providência divina

Capitulo 7

Mateus 7:1-6

A hipocrisia e cegueira no juízo

Aqui se condena o julgar uma coisa que a pessoa também pratica, e em grau maior se possível. Julgar, repreender coisas erradas não é errado, como vemos em 1 Coríntios 5:3,12 O Jesus condena é o julgamento hipócrita. Temos uma exortação: Antes de julgar examine-se a si mesmo e veja se não faz a mesma coisa que o outro faz. Você diz que outros oram pouco, veja se você não faz o mesmo, pois pode ser que você seja o pior. Você diz que muitos da sua igreja são falsos e outros vivem pouco a santidade, será que você não está na mesma linha? Antes de apontar o dedo para o outro veja como você é e está. Aquele que se vê e trata de tirar primeiro a trave de seu olho é quem está capacitado para tirar o argueiro do olho do seu irmão. Isto é, aquele que faz o bem é quem está capacitado para ajudar os outros a abandonar o mal e fazer o bem. Aquele que consegue primeiro se afastar dos seus pecados é quem está capacitado para ajudar os outros que estão presos no pecado a saírem. Aquele que ora é que é ideal para orientar aquele que não ora. Aquele que busca a Deus verdadeiramente é quem é apto para conduzir aqueles que são hipócritas, que não sabem buscar verdadeiramente a Deus a buscá-Lo de coração. Quem se limpa pode limpar os outros. Quem ganha a vista é que pode guiar os outros.

Nota: Argueiro é um pedacinho de madeira, raspa de madeira. Trave é uma estaca de madeira.

A grande coisa é a trave, que simboliza maiores pecados e argueiro menores.

Mateus 7:6. "Não deis aos cães o que é santo, nem lanceis aos porcos as vossas pérolas, para não acontecer que as calquem aos pés e, voltando-se, vos despedacem". Filipenses 3:2A "Acautelai-vos dos cães; acautelai-vos dos maus obreiros". Cães são os líderes religiosos falsos, que só se importam com a satisfação de seus prazeres, com a glória deles e não de Deus. Porcos, também se refere ao mesmo tipo de pessoas. Logo, segundo o contexto esta passagem significa: "Não dê o cargo de juiz às pessoas falsas, que vivem para seus prazeres e glória própria, como muito dos fariseus".

Eu faço parte desses cães? Encubro meus pecados e pondo dedo nos dos outros? Que as faltas, os pecados, dos outros sirvam para a nossa examinação.

Para oração 1. Sondagem do coração 2. Libertação da hipocrisia e cegueira espiritual 3. Ensina-me a julgar corretamente, em condições ideais para a Sua glória

Mateus 7:7-12

Nota sobre Jesus: "Ele está falando coisas que prova a cada instante! Dando firmeza na proclamação!"

Promessas a oração

O cidadão do céu pede na oração e é concedido o que pede. Desfruto da benção do pedir e receber? Alcanço respostas às minhas orações? O que falha para a promessa ser cumprida plenamente em mim? Buscar e bater implica em persistência na oração. O persistente alcança a resposta. Tenhamos fé, Deus ouve as nossas orações.

Ilustração do ponto de vista da lógica "popular" Assim como na área física quem pede é dado, quem busca encontra, também na área espiritual, a oração do cidadão do céu não fica sem resposta. Deus não nos dá o contrário do que pedimos, assim como um pai humano, Deus é infinitamente maior.

Para oração 1. Acção de graças pela oração 2. Mais benção e eficácia no pedir, buscar e bater 3. Visão profunda da promessa de resposta à oração e dos seus argumentos (leis espirituais)

Mateus 7:13-14

As duas portas e os dois caminhos

No mundo espiritual existem duas portas e dois caminhos, cada porta com um caminho. Não existe meio-termo ou neutralidade, ou a pessoa está no caminho estreito ou no espaçoso.

A porta larga representa a não crença em Deus; representa o Diabo, pois quem não crê em Deus não é de Deus, e quem não é de Deus é do Maligno, admita ele isso ou não. E o caminho espaçoso é o caminho onde se vive de qualquer maneira, vive-se para os prazeres carnais, tudo que a carne quer é admissível que se faça; caminho de desregramento; caminho dos que não invocam nem seguem a Deus.

Nota: Esta porta e este caminho é seguido por muitos, pois se vive do jeito que cada pessoa bem entender, e o ser humano não salvo gosta de fazer tudo que a carne deseja. Mas este caminho leva ao inferno, à perdição eterna. É um caminho aparentemente "bom", mas no fim sinuoso.

A tua vida não revela que você está no caminho espaçoso? Você não está seguindo o que todo o mundo é e faz?

A porta estreita (João 10:7), Cristo, representa a fé em Cristo, e o caminho estreito (João 14:6), Cristo, representa a vida em Cristo, o seguir a Jesus, seus mandamentos santos e desejáveis. Quem tem fé em Jesus entra pela porta estreita e anda no caminho estreito. Quem crê em Jesus vive uma nova vida, ele é diferente da maioria, pois segue por um caminho que a maioria odeia. Ele abandonou os prazeres carnais, pela graça se esforça e luta contra o pecado e vive em santidade. No caminho estreito não há nada que agrada um mundano; neste caminho só há pureza, foco em Deus e mortificação da carne e suas concupiscências. Este é o Melhor caminho, que conduz à vida eterna, que nos dá um fim glorioso, o começo duma longa e eterna vida.

Para oração

Intercessão pelos perdidos

Mateus 7:15-23

Exposição da verdade, sem rodeios

Expor a realidade

O crente é exortado a se proteger dos falsos profetas, isto é, de ser enganado por eles. Esses falsos profetas vem disfarçados, têm aparência de santos, mas na realidade são impuros e mundanos. E como lobos, só querem devorar as ovelhas, só querem afastar os crentes, enganá-los.

Pelos frutos conhecer-se-ão esses profetas, suas vidas, seus desejos e metas.

Sou enganado? Como são os meus frutos? Bons ou maus? Revelam quem na essência sou.

O fim de toda a árvore má é no fogo, o fim dos falsos é no inferno.

Cristo está abolindo a falsa segurança! Expondo a verdade sem rodeios. Nem todos que pensam que invocam a Deus serão salvos. Nem toda a pessoa que ora, lê a Bíblia, conhece e é conhecido por Deus. Orar, ir a igreja, ler a Bíblia, não implica que eu estou salvo! Muitos se enganam pensando que invocam ao Senhor, pensando que buscam ao Senhor enquanto nem um pouco o buscam. Aquele que diz que busca a Deus e não mudou de vida, é um mentiroso e a si mesmo se engana. Não adianta profetizar, curar, orar em línguas, ter muitos

dons, mas se eu não mudei de vida não sou conhecido por Deus, e a minha obra tem sido nula.

Para oração 1. Discernimento espiritual para identificar o falso 2. Livre da falsidade 3. Queda da falsa segurança e concessão da verdadeira 4. Verdadeira busca a Deus em espírito e em verdade

Mateus 7:24-27

Cristo, o fundamento da nossa fé

A rocha é Cristo e seus ensinamentos. Quem edifica a sua casa sobre a rocha é quem põe sua fé em Cristo e seus ensinamentos, isto é, vive segundo os ensinamentos de Cristo. Cristo é o único verdadeiro fundamento da nossa fé, não as emoções, sentimentos, que desmoronam quando problemas aparecem na vida.

Onde repousa tua fé? nas emoções? nos dons? na igreja?

Para oração Firmeza e total confiança em Cristo

Mateus 7:28-29

Jesus, o incomparável em seus ensinos

O que tornava as mensagens de Jesus diferentes das de outros mestres é que as dele eram vindas directas do alto, vivia o que ensinava, ensinava com poder, com ousadia, com firmeza. Ensinava a doutrina celestial, não ensinada pelo homem, mas por Deus. O ensino de Cristo não era sem poder, sem ousadia ou firmeza, mas era ungido pelo Espírito.

Você vive o que ensina? Você recebeu o que ensina de Deus? Que doutrina prega, humana ou celestial? Quem inspira os teus ensinamentos?

Para oração Senhor, dê-me a autoridade de Cristo no anunciar a Sua Mensagem. Ensino com convicção

Capitulo 8 Mateus 8:1-4

Ensino + Demonstração do poder de Deus

Postura diante de Cristo: Adoração Reverência Submissão

O toque de cura 1. O leproso

Lepra era uma doença grave e até considerada "morte centímetros", quem a tinha começava a perder por pouco os seus membros, primeiramente parava de sentir esses membros e por fim podiam cair dele. O leproso era alguém que vivia isolado, não devia se aproximar de outras pessoas sãs, pois podia contaminá-las, as pessoas andavam longe dele. O leproso do nosso texto ele: l. Veio até Jesus Ele reconheceu a gravidade de sua situação e que Jesus era a solução. Ele veio até Jesus, aproximou-se dele, não temeu ser rejeitado por Cristo, pois cria que Cristo não ia rejeitá-lo. O pecado é a lepra do mundo, você que está preso nesta lepra o primeiro passo para ser liberto é reconhecer que você está preso no pecado, e reconheça a Solução, Cristo, e não fique de braços cruzados, dirija-se a Cristo, aproxime-se dele, não importa a gravidade de seus pecados ele não te rejeitará. Há algo, uma situação, um problema em sua vida que te deixa mal? Reconheça e saiba que existe Alguém que é maior que seu problema, Alguém que pode te ajudar, Cristo, aproxime-se de Cristo, ele é a Solução. II. Adorou a Jesus Antes do leproso expor o seu caso a Jesus ele o adorou. Ele reconheceu a divindade de Cristo, quem era Cristo, o digno de reverência e exaltação. Dirija-se a Cristo e seja reverente, adore-o, reconheça a grandeza dele, deixe que sua mente e coração sejam incendiados com a natureza de Cristo, com quem ele é. Prostre-se diante de Cristo! O verdadeiro adorador é quem não sai da presença do Mestre com mãos vazias. III. Expôs o seu caso Diga o seu caso a Jesus e sem rodeios, não tenha medo ó verdadeiro adorador, Cristo está bem disposto a te ajudar, ele só quer que você o diga o seu caso para ele operar em ti.

"Se quiseres, podes tornar-me limpo", com esta petição o leproso nos dá a lição de submissão diante de Cristo, dependendo não da nossa vontade mas dele. Submetamo-nos a Cristo e tenhamos fé que ele nos ouvirá.

2. A resposta de Jesus Jesus tocou no leproso, Jesus tocou naquele que era chamado de imundo, daquele que era excluído da sociedade, daquele que era considerado indigno de estar com pessoas sãs. Muitos podem te excluir, te rejeitar, mas Cristo nunca! Outros podem te ver como "lixo", impuro, podem te desprezar, não se preocuparem contigo, mas Cristo é diferente do mundo, ele não se envrgonha de estender a sua mão em ti, não se envergonha de se aproximar de ti! Jesus disse que queria que aquele leproso fosse curado. Nunca vi na Bíblia alguém se aproximar de Jesus e não fosse ajudado, e não fosse curado. Jesus ajuda a todos que se aproximam dele, ele quer ajudar. Não há pecador que se aproxima de Jesus e não seja ajudado, ele tem poder suficiente, total, amor incondicional e graça sem igual, para nos ajudar.

3. Confirmação da cura para testemunho É importante que você avalie e deixe que avaliem a sua cura, o agir de Deus em sua vida, para que você dê testemunho do que Cristo fez em ti e por ti. "Então Jesus lhe disse: – Escute! Não conte isso para ninguém, mas vá pedir ao sacerdote que examine você. Depois, a fim de provar para todos que você está curado, vá oferecer o sacrifício que Moisés ordenou." - Mateus 8:4 NTLH A nossa cura deve ser provável, algo verdadeiro, pois quem se achega de verdade a Jesus presencia de facto a verdadeira operação em sua vida. Que esta operação de Cristo em nossas vidas seja algo que se pode provar a sua veracidade, pois Cristo é verdadeiro, e a prova de operação de Cristo em nossa vida é o testemunho necessário.

Estou de facto salvo? Liberto do pecado? Será outros que antes de eu me encontrar com Cristo podem provar, admitir, de facto que eu fui liberto, que fui salvo do pecado? A prova de que fui salvo será um testemunho de que Cristo agiu em mim!

Para oração 1. Mais conhecimento e aproximação de Cristo 2. Adoração a Cristo, reverência 3. Exposição de casos específicos a Cristo, pois ele está apto para operar

Mateus 8:5-13

Jesus, o Senhor sobre todas as enfermidades

Um senhor tem autoridade sobre os seus súditos, ele diz algo e eles obedecem. O centurião cria que assim era com Jesus, que ele era Senhor sobre todas as enfermidades, que ele mandava em todas as enfermidades, cria que as enfermidades reconheciam e ouviam a voz dele. A fé verídica descansa em quem Cristo é, ele é Senhor, Senhor de tudo, de tudo, das coisas visíveis bem como invisíveis, das coisas animadas bem como inanimadas. Tudo ouve a sua voz, mesmo o nada ouve-o, ele é Senhor. Que esta verdade penetre em nossos corações. O poder de Jesus não é barrado pela distância, ele opera mesmo a milhões de quilómetros. Ele é Senhor! O centurião creu e Jesus declarou que seja feito segundo a fé dele. "Vai, e como creste te seja feito"

Aquele que tem fé sempre voltará da presença de Jesus com a certeza de que fora atendido e sempre verá o que pediu e creu ser realizado.

Aquele que crê lhe é concedido o que pede! Marcos 11:24 "Portanto, eu lhes digo: tudo o que vocês pedirem em oração, creiam que já o receberam, e assim lhes sucederá".

Para intercessão Podemos assim como este centurião, dirigirmo-nos a Cristo por uma pessoa, pedir algo para outra pessoa. Podemos orar pela conversão de nossos familiares, amigos, mesmo que estejam à distância, Jesus não é impedido pelas distâncias, seu poder é sem medida e sem limites. Ele salva, cura, liberta, enche com o Espírito. O poder de Cristo não tem fronteiras Sirva isso para o progresso na fé

Mateus 8 11. Também vos digo que muitos virão do oriente e do ocidente, e reclinar-se-ão à mesa de Abraão, Isaque e Jacó, no reino dos céus; 12. mas os filhos do reino serão lançados nas trevas exteriores; ali haverá choro e ranger de dentes. Este centurião era um romano, não um judeu, mas a fé dele impressionou tanto a Cristo e disse que mesmo em Israel não encontrou alguém com igual fé. Jesus disse que muitas pessoas não judeias alcançariam a salvação e aqueles que tiveram o privilégio de receberem Cristo em sua terra, os judeus, muitos não seriam salvos. Os de longe desfrutarão daquilo que eles deveriam desfrutar. Muitos igrejados, religiosos, mestres em conhecimento de Deus, ficarão de fora no Reino dos céus, e pessoas simples e que crêem e buscam a Deus de coração e não de aparências entrarão no Reino.

Para oração 1. Senhor aumente a minha fé, dê-me a fé do centurião

2. Espírito de intercessão em mim 3. Intercessões pelos outros, pela salvação, cura e libertação.

Mateus 8:14-17

Milagres em casa

Jesus não só se preocupava com Pedro, mas também com a família de Pedro, por isso ele fez maravilhas em sua casa. Ao se converter um membro devia convidar Jesus para entrar na sua casa, na sua família, para realizar maravilhas. (Note a maravilha: convide Jesus e verá que milagres acontecerão, só de ele entrar) Jesus viu a sogra de Pedro jazendo na cama de febre, e ele tocou-a e a febre deixou-a. Jesus se importa com nossos familiares que não estão bem, de saúde, que ainda não se converteram, que ainda não o conhecem. Ele quer operar em tua casa, convide-o a entrar nela. Jesus tem poder sobre a doença, quer física quer espiritual. Ele é quem pode restaurar a saúde da nossa família, a saúde espiritual e/ou física. Jesus tomou as nossas enfermidades, ele traz-nos a cura e toma para longe de nós a doença (em todos os sentidos, espiritual bem como físico,) Quando a febre deixou a sogra de Pedro, ela se levantou e começou a serví-los. Esta é que é a verdadeira gratidão, que se manifesta em serviço a Cristo. Sejamos gratos a Cristo e que a nossa gratidão a Cristo se expresse não só de boca, mas também de acções de gratidão, de serviço a Cristo.

Agradeço a Cristo por ter sofrido e morrido por mim. Como se expressa esta gratidão? Apenas em palavras ou também em acções? Ao receber o toque de Jesus, seja diligente em serví-lo!

A casa de Pedro depois se transformou num centro de bênçãos para todos os

vizinhos, e pessoas ao redor. É isso que Cristo também quer fazer em nossas casas, primeiro nos salva, depois entra em nossa casa e salva, e usa esta casa para a salvação de muitos ao redor! Que benção!

Para oração 1. Convido-te ó Cristo, a entrar na minha casa, na minha família Salvação de familiares 2. Faça da minha casa uma benção para os vizinhos e os arredores 3. Mais gratidão que se expresse em serviço a Cristo por cada obra dele em minha vida e na de outros.

Mateus 8:18-22

O custo do discipulado

"As raposas têm covis, e as aves do céu têm ninhos; mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça". Jesus garante que com ele não é que tudo seja fácil. Seguir a Cristo, ser discípulo dele, implica renegar o mundo e a carne, e viver uma vida de auto-negação. Seguir a Cristo implica carregar a sua cruz e seguir os passos dele. Não há discipulado sem cruz, não há discipulado sem negação de si mesmo, sem separação com os prazeres deste mundo. Discipulado é sacrifício! Sacrifique o mundo, seus desejos, a carne! 'Segue-me, e deixa os mortos sepultar os seus próprios mortos". Livre-se de todas as distrações do mundo e siga a Cristo. Há coisas que se você quer satisfazê-las para depois seguir a Cristo você pode não mais seguí-lo. Não disperdice seu tempo com coisas secundárias, foque-se

em buscar, em seguir a Cristo.

Para oração 1. Visão do custo do discipulado 2. Carregamento da cruz e seguindo a Cristo 3. Livre de distrações e focar-me em Cristo.

Mateus 8:23-27

"Confiem para sempre no Senhor, pois o Senhor, somente o Senhor, é a Rocha eterna" (Isaías 26:4)

Jesus, o acalmador das tormentas da vida

O mar simboliza o mundo, sim, o cristão está no mundo enquanto vive. A tempestade representa os problemas da vida, certos casos ou circunstâncias assoladoras. Quando a tormenta começou e os discípulos já não viam o que deveriam fazer, eles acordaram o Mestre, expuseram o caso a Jesus, e ele lidou com o caso. É muito bom e apaziguante saber que existe Alguém que tem poder sobre as tempestades desta vida, Alguém que pode ordenar a essas tempestades para cessarem e obedecerem. Creiamos em Cristo, que ele está connosco no barco, no mar, creiamos que Cristo está connosco neste mundo, em nossa vida, ele de tudo sabe, tenhamos fé nele. Clamemos, recorramos a ele com confiança e ele operará!

Para oração 1. Acção de graças pela presença viva de Cristo comigo neste mundo

2. Confiança plena nele, descansando nele, expondo meus casos a ele. 3. Exposição de certas tempestades

Mateus 8:28-34

Jesus domina sobre as forças do mal

1. Os dois endemoninhados Eles viviam nos sepulcros; eram ferozes e por isso temidos, pois faziam mal às pessoas. Que desgraça o inimigo pode causar na vida das pessoas! O inimigo vem para destruir lares - aqueles endemoninhados já não viviam em suas casas, já não reconheciam suas famílias e nem estavam focadas nelas. O inimigo destrói amizades, posição social - os amigos daqueles endemoninhados se apartaram deles e eles também. Da sociedade os endemoninhados já tinham se excluído. O inimigo tirou a paz e a alegria desses homens. Quantas pessoas há em nosso círculo familiar, em nossa zona de residência, que estão sendo oprimidas pelo Inimigo! Pessoas que o inimigo destruiu e está cada vez mais destruindo as suas vidas, pessoas possuídas por diversos espíritos malignos, de feitiçaria, curandeirismo, bebedeiras, prostituição, loucura,... pessoas que tem suas vidas barradas, tiradas a paz, a alegria. Mas há uma Solução, Cristo, o superior ao Inimigo. 2. Os inimigos (demônios) diante de Jesus "E eis que gritaram, dizendo: Que temos nós contigo, Filho de Deus? Vieste aqui atormentar-nos antes do tempo?"

Os demônios bem como o próprio Diabo, temem a Jesus. Eles o conhecem, sabem quem ele é, sabem que não tem parte com ele, nada que há em Cristo que se coadune com os demônios, ele é santo e eles impuros. Eles

não esperam algo "bom" de Cristo para eles. Os demônios sabem de onde Cristo vem e a sua missão, sabem que ele é quem os "atormenta", quem lhes estraga o seu prazer, quem dissipa os seus planos contra os homens. Cristo é temido pelos demônios por causa de quem ele é, da sua natureza e poder, e sabem que tem tempo determinado. Eu sou temido pelos demônios? Eles me vêem como um atormentador deles ou apenas um fracote? A minha vida, minha forma de ser, levaria os demônios a admitirem que nada há em mim que coadune com eles, nada, nem um grau de semelhança entre eu e eles?

Eis alguns atributos dos demônios: ira, ódio, engano, ... Não tenho parte nesses atributos? Os demônios estão sob o domínio de Cristo, nada podem fazer sem a permissão dele. Eles dobram-se diante do Filho de Deus.

"E eis que toda a cidade saiu ao encontro de Jesus; e vendo-o, rogaram-lhe que se retirasse dos seus termos." Os homens daquela cidade não se focaram no bem que Cristo fez àqueles homens endemoninhados, mas na perda de porcos. E pensaram mal de Cristo e pediram que ele saísse da cidade deles.

Desejo que Cristo se retire? Para que tudo esteja do jeito carnal? Não desejo que ele opere mudanças? Há muitos que preferem seus porcos ao Salvador, e assim não alcançam a Cristo e a salvação por meio dEle. Eles desejam que Cristo se vá de seus corações, e não suportam que a sua Palavra tenha lugar neles, porque Ele e a sua Palavra destruíram as suas concupiscências brutais, que são entregues aos porcos como alimento. (Mathew Henry)

Para oração 1. Intercessão pelos cativos 2. Mais desejo por Cristo e pela obra dele em meu coração 3. Separação total com o pecado, pois me identificaria com os inimigos do Reino

Capitulo 9 Mateus 9:1-8

Trazendo o paralítico a Cristo

Se nós queremos trazer alguém a Cristo para ser salvo, a nossa fé também conta, creiamos que Cristo operará na vida dessa pessoa que lhe trazemos. Que isto nos comova a nos preocupar mais com as pessoas, que sofrem, que não conhecem a Jesus, doentes (tanto no espírito como no físico), que possamos levar essas pessoas a Jesus em oração, crendo que se cremos ele operará! Jesus quer primeiro nos reconciliar com o Pai, por isso ele primeiro ao nos aproximarmos dele ou ao aproximar alguém dele, a primeira coisa que ele se agrada em fazer é conceder perdão a essa pessoa. O perdão dos pecados quebra a barreira entre nós e Deus. Busquemos portanto antes de tudo a reconciliação com Deus. Jesus tem autoridade para perdoar os pecados. Ele é o Caminho para o Pai! Derruba o pecado, a culpa, concedendo perdão e nos levando ao Pai

"Levanta-te, toma o teu leito, e vai para tua casa".

Seja uma testemunha viva na tua casa do agir, do poder de Jesus para salvar.

O paralítico ao chegar em sua casa todos notaram que algo nele havia mudado, a forma dele de ser, o que ele era antes agora já não é, novo é, um milagre aconteceu nele. Testemunha seja no teu lar, que teus pais, teus irmãos e familiares ao te verem digam: "algo mudou em ti, você foi transformado, você é uma nova pessoa, teu carácter, forma de ser, tudo mudou". O paralítico ao ser admirado pelo que lhe aconteceu, podem tê-lo perguntado o como ele teve aquela transformação, e a partir daí ele falou da Pessoa que lhe curou, quem é, como é e como o curou. A nossa vida mudada e admirada é um meio de nós anunciarmos o Benfeitor, Aquele que nos salvou, aquele que nos transformou. É um meio de evangelizarmos em nossa casa!

"E as multidões, vendo isso, temeram, e glorificaram a Deus, que dera tal autoridade aos homens". Que o agir de Deus em nossas vidas e/ou o agir de Deus através de nós leve as pessoas a reverenciarem mais a Deus e a glorificá-lo. Que toda a glória a dirijamos s Deus e não a nós.

Para oração 1. Intercessão, trazer certas pessoas a Cristo 2. Aproximação mais íntima a Deus 3. Faz de nós testemunhas vivas em nossas casas 4. Glória e honra só a Deus e não a nós. Esta verdade em nós

Mateus 9:9-13

O chamado de Jesus ao homem

"Partindo Jesus dali, VIU sentado na coletoria um homem chamado Mateus, e

disse-lhe: SEGUE-ME. E ele, levantando-se, o SEGUIU".

Ele é o primeiro Jesus foi até Mateus, ele foi quem o buscou e não o contrário. Jesus foi quem primeiro viu Mateus e não Mateus a Jesus, Cristo é quem nos procura, pois ele veio buscar as ovelhas perdidas do Pai. 1 João 4:19 "Nós amamos, porque ele nos amou primeiro". Nós escolhemos a Cristo porque ele nos escolheu primeiro. Nós buscamos a Cristo pois ele nos buscou primeiro.

Ele diz: "segue-me" Seguir a Cristo implica em: I. Deixar o que você faz para fazer o que ele quer com todo o coração; sair de onde você está e começar a andar com ele. Mateus levantou-se ao ouvir o "segue-me" do Mestre e seguiu-o, deixando o seu cargo e a sua vida antiga, ele disse "coletaria para trás de mim". Quando Jesus nos chama ele quer que deixemos todo o pecado, toda nossa vida antiga e seguir a ele, e ele dá também capacitação para tal, pois o seu chamado é eficaz. II. Seguir a Cristo implica em ser discípulo dele Aquele que segue a Cristo é um aprendiz dele, ouve-o, faz o que o Mestre diz e faz. Ele está sempre com seu Mestre, conversando, sendo instruído e formado. Quem segue a Cristo bebe constantemente seus ensinamentos e sua vida e carácter.

Continuará onde está ou largará tudo e seguir a Cristo?

Jesus nos chama para que através de nós muitos que não o conheciam também o possam conhecer.

Jesus veio para os pecadores Jesus não rejeita o pecador, pois ele veio para eles, não há quem possa dizer que é pecador demais para ser salvo por Cristo. Jesus é o Médico Eterno, ele veio curar os doentes espirituais, veio dar vida, reconciliar almas com Deus. Jesus veio para todo aquele que reconhece que é pecador e necessita de ajuda. Ele resiste aos orgulhosos e dá graça aos humildes, a aqueles que reconhecem a sua pecaminosidade. Não nos isolemos dos que ainda não conhecem a Jesus! Ganhemo-os para Cristo, pelo Espírito de Cristo que busca as ovelhas perdidas.

"Ide, pois, e APRENDEI O QUE SIGNIFICA: Misericórdia quero, e não sacrifícios. Porque eu não vim chamar justos, mas pecadores". Os fariseus liam sobre isso, mas eles não entendiam o significado em seus corações, ele gabavam-se de conhecerem a letra da Palavra mas não a conheciam espiritualmente, não tinham o espírito da Palavra.

Será que há verdades que destilam em meus olhos sem que eu tenha as aprendido? Será há coisas que li tanto até, mas ainda nada aprendi?

Para oração 1. Acção de graças ao Pastor das ovelhas, Ele nos buscou primeiro. 2. Seguir a Cristo com mais empenho, deixando todos os embaraços. 3. Ajuda-nos a ganhar almas 4. Conhecimento verdadeiro da Palavra, mais que letra. Espírito da Palavra em mim

Mateus 9:14-17

O jejum cristão

Pelo contexto entende-se que jejum significa tristeza da alma. O esposo é Cristo, agora ele não está connosco fisicamente, este é o tempo que Jesus se referia, este é o tempo que somos chamados a jejuar. Jejuo? Jejuo verdadeiramente? Notando que jejum não é sacrifício, é fome e tristeza da alma pelo agir de Deus. Jejum capacita-me a buscar a Deus, jejum revela se o que busco eu quero de verdade ou não, se quero com toda a minha força ou não. Jejum nos capacita a estar na posição correta diante de Deus, posição de humilhação de nós mesmos e contemplação e exaltação a Deus. "As regras formais da antiga religião tiveram que desistir da alegria do novo. O remendo e vinho novo são figuras de um poderoso relacionamento novo e vibrante com Deus rebentando limites secos de uma religião formal". (D. A. Carson) Mais que formas, mas espiritualidade autêntica. Mais que jejuns cerimoniais ou rituais, mas espirituais, sob a direção do Espírito Santo.

Para oração Ajude-nos a jejuar em espírito e em verdade não em forma ou ritos

Mateus 9:18,19, 23-26

A ressurreição da filha do chefe da sinagoga

Eis no que o chefe da sinagoga cria: 1. Ele cria no poder de Jesus Ele sabia que Jesus tinha poder para ajudá-lo, tinha fé.

Creiamos que Cristo é aquilo que ele é, todo-poderoso, que nenhuma situação há em nossa vida que ele não possa nos ajudar. 2. Ele buscou a Jesus Não basta eu saber que Jesus tem poder para me ajudar e eu cruzar meus braços. Tenho de buscar por sua ajuda, ele está pronto para ajudar, está disposto a se mover em favor de ti, assim como se moveu de onde estava em favor desse homem que o chamou. Busque-o e ele se moverá para te auxiliar. 3. Ele cria que Jesus iria aceitar ajudá-lo Ao aproximarmo-nos dele, tenhamos fé que ele irá aceitar ajudar-nos. Ele é gracioso e misericordioso!

Jesus antes de operar o milagre retirou a todos os incrédulos e zombadores. Ele não queria que aqueles que criam fossem debilitados a sua fé. Afaste de sua vida todos aqueles que não crêem que Deus vai operar em sua vida, en sua situação. Afaste todos os zombadores, aqueles que se riem da sua confiança no agir de Deus! Foram os incrédulos que debilitaram a fé dos israelitas no tempo de Moisés. (Números 13)

A mão de Jesus dá vida

Quando Jesus toca a pessoa, ela ressuscita, ela vive. Que chamemos, invoquemos a Jesus para tocar em nossos amigos, entequeridos, vizinhos,... que estão mortos espiritualmente para que pelo poder do seu toque passem a reviver, que passar a respirar, a ver, a andar, que passem a buscar, a se interessar por Deus e a obedecê-lo.

Para oração

1. Confiança plena em quem Cristo é 2. Afaste de nós os que nos debilitariam a fé 3. Intercessão pelos não salvos, mão de Jesus sobre cada um deles

Mateus 9:20-22

Se apenas em sua veste eu tocar

Através da fé grandes coisas e espantosas veremos Deus fazendo-as em nossas vidas.

A mulher citada sofrera durante 12 anos de hemorragia, mas ela ao ver Jesus creu que o caso dela seria solucionado por ele, só de ela tocar não em Jesus propriamente, mas basta tocar em sua veste, que fé! Jesus é aquele que resolve os problemas impossíveis, aquilo que os homens não podem conseguir te ajudar ele consegue. O que o dinheiro não pode resolver ele pode. O homem tem limites, a medicina tem limites, mas Jesus não tem limites! Ele é ilimitado em poder! Mesmo que tenha passado muitos anos de sofrimento, ainda há esperança, essa tua "hemorragia", teu problema que o homem não pode solucionar, apenas crendo em Jesus e pela fé tocar na orla do seu manto, você será curado, tua "hemorragia" espiritual sairá de ti. Aproxime-se de Jesus crendo que algo acontecerá em sua vida, na sua história.

A fé salva, é a raíz de toda benção e da maior de todas, a Salvação. Jesus estimula a nossa fé com a sua Palavra.

"E desde aquela hora a mulher ficou sã".

No momento que cremos coisas acontecem!

Para oração 1. Entrega de situações, problemas, que: I. Vem atormentando a anos II. Que são humanamente impossíveis 2. Confirmação e fortificação da minha fé

Mateus 9:27-31

Jesus tem poder para dar visão aos cegos

Os cegos ao ouvirem que Jesus passava clamaram a ele, "Filho de Davi, tem misericórdia de nós". Eles tinham um conhecimento de Cristo, sabiam que era Filho de Davi, o Messias, o Cristo, e sabiam que ele era misericordioso e por isso clamaram por misericórdia. Você está cego espiritualmente? Você ainda não é salvo? A escuridão ainda paira em teus olhos? Eis uma notícia boa para ti: Jesus está presente, clame a ele por misericórdia, não fique sentado, não permaneça na indiferença e padecendo nos seus pecados, clame e ele te ouvirá. Ou você não tem noção de que é cego espiritualmente? Você não tem noção de que ainda não foi salvo? O requisito para ter visão espiritual, ser restaurado a vista, ter a salvação, é reconhecer que você está cego e precisa de ajuda, analise a você mesmo e veja se você é salvo ou não.

Como dizem os versos: "Oh, graça excelsa do Senhor! Perdido, me achou; Estando cego, me fez ver; Da morte me salvou!" (Hino 159, Hinário Nazareno)

"Ó cego, que vives na senda do mal, Jesus é a luz do mundo! À vida Jesus dá luz celestial, Pois Ele é a luz do mundo!" (Hino 308, Hinário Nazareno)

Os cegos aproximaram-se de Jesus e ele perguntou-lhes se eles criam que ele poderia fazer o que pediam, isto é, serem curados da cegueira. A fé em Cristo, em que ele é capaz de fazer o que lhe pedimos é o meio de receber a benção de Deus.

Você busca salvação em Cristo, crê que ele é poderoso para te salvar? Crê que ele pode de salvar completamente? Concedendo-te perdão, reconciliação com Deus, paz de espírito, amor a Deus, santificação e perseverança em Deus.

Eles creram e receberam a cura. Se você crer em Jesus, ainda agora pode receber o perdão, a salvação, o ser liberto do pecado e da boca do Inferno. Creia e viverá! Creia e teus olhos abrir-se-ão! Que o nosso coração possa dizer a Cristo, SIM, SENHOR, nós cremos!

Há um tipo de cegueira espiritual que paira em ti? Você não consegue enxergar a Deus nas Escrituras? Há um problema nos seus olhos espirituais? Você já não vê claramente a Jesus, a Deus? Você já não vê claramente a vontade de Deus, tudo parece empoeirado, tudo confuso? Dirija-se a Jesus, creia que ele pode te ajudar e restaurar a vista, e ele tocar-te-á em seus olhos e será restaurado!

Para oração 1. Pedido de restauração de vista aos cegos, salvação 2. Acção de graças pela vista restaurada por Cristo 3. Liberto de toda poeira espiritual nos olhos

4. Mais fé em Cristo e em seu poder

Mateus 9:32-35

Jesus expulsa o demónio e abre a boca ao mudo

Jesus expulsou o demónio que cerrava a boca daquele homem. Jesus dá libertação, abre boca aos mudos. Nenhuma hoste maligna resiste ao poder de Jesus! Glória a Deus!

"Nunca tal se viu em Israel"

"Nunca tal se viu em Fidel-Castro, em 2000, Gaza, Moçambique! Que os velhos possam dizer: 'Desde anos, desde que chegamos a este mundo, nunca vimos coisa igual' " Que haja grande demonstração de Deus através de nós, que residências, muitas pessoas sejam ganhas a Cristo, que o Evangelho chegue com um poder nunca visto antes, pois Ele é poderoso, corações serem quebrantados, feiticeiros aceitarem a Cristo, curandeiros renderem-se a Cristo, jovens sendo salvos em massa, zonas sendo transformadas, velhos aceitarem a Jesus, conversões diárias,... muito poder do Evangelho transbordando. Curas físicas estupendas, milagres, sinais e maravilhas do Espírito, operando através de nós, de maneira profunda e em grande quantidade. Muita operação do Espírito Santo, muita conversão, muitos milagres, curas, sinais e maravilhas.

"Os fariseus, porém, diziam: É pelo príncipe dos demônios que ele expulsa os demônios". Se disseram isto a Jesus será que será diferente para comigo?

Há pessoas que quando você começar a ser poderosamente usado por Deus, em sinais, curas, maravilhas, quebrantamento de corações e conversões em massas, dir-te-ão que você está usando um poder maligno. Você sofrerá acusações, com intuito de você se afastar da obra de Deus, duvidando do mover de Deus através de ti, mas seja firme e cumpra o teu chamado!

Nota: Quem busca e vive para Deus de corpo e alma não pode ser usado pelo maligno. Aquele que ora pela unção, poder do Espírito, não pode ser concedido um poder maligno, está escrito:

"Lucas 11 10. pois todo o que pede, recebe; e quem busca acha; e ao que bate, abrir-se-lheá. 11. E qual o pai dentre vós que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, se lhe pedir peixe, lhe dará por peixe uma serpente? 12. Ou, se pedir um ovo, lhe dará um escorpião? 13. Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?"

Deus nunca dá coisa contrária ao que pede, se é o Espírito Santo Ele dá o Espírito Santo. E Deus só concede dádivas ao verdadeiro buscador! Vá enfrente, busca a manifestação do Espírito Santo, para o conhecimento e exaltação de Deus.

Nota final: O nosso Evangelho deve ser completo, não devemos negligenciar uma parte e aceitando outra, não devemos negligenciar conversão, salvação, ou a parte da manifestação do poder de Deus em sinais e maravilhas, que sejamos completos e equilibrados assim como Jesus era. Não enfatizando uma parte e rebaixando outra.

"E percorria Jesus todas as cidades e aldeias, ENSINANDO nas sinagogas, PREGANDO o evangelho do reino, e CURANDO toda sorte de doenças e enfermidades". Esta é a vontade de Deus para a Sua Igreja em todos os tempos, desde o tempo dos apóstolos até agora!

Para oração 1. Orando por unção, poder de Deus para a obra através de nós e de outros 2. Conversões em massa, operações sobrenaturais (milagres, sinais, curas). Bíblia em nosso tempo sendo vivenciada! 3. Firmeza perante as acusações e sabedoria para agir perante elas

Mateus 9:36-38

A necessidade de trabalhadores, anunciadores do Evangelho

Há muitas almas que ainda não aceitaram a Cristo, que ainda não ouviram a Palavra, por isso há uma grande necessidade de mais trabalhadores para a seara do Senhor, pregadores, pastores para a obra, homens que fazem a obra, não homens com apenas títulos. Oremos para que Deus levante homens para a obra e estejamos dispostos a sermos levantados para a obra se ainda não fomos. "Aqueles que rogam também são os enviados". (Moody)

Nem todos que parecem ser trabalhadores são trabalhadores! Roguemos por mais trabalhadores, pois o trabalhador enviado por Deus é qualificado e ama o serviço, e em condições para dar frutos, fazer a obra com sucesso.

Oremos pelos centros não evangelizados. Oremos para que Deus expulse todos os maus obreiros, todos os falsos trabalhadores, que não foram chamados para a seara mas se chamaram. Oremos para que Deus cesse com toda a mentira dos falsos pastores, falsos profetas e falsos mestres que enganam o povo, que Ele expulse todos eles, que Ele faça com que suas máscaras caiam por terra. Que obreiros qualificados sejam enviados por Deus em todo o canto do mundo, para que a Palavra de Deus seja conhecida e se tenha conhecimento vivo de Deus e sirva-se a Ele.

Como dizem os versos: Meu irmão, Jesus pergunta: “Quem por Mim vai trabalhar?” Campos brancos hoje aguardam Servos para os segar. Cristo chama, carinhoso, E constrange Seu amor; Quem responde ao Seu convite: “Eis-me aqui, irei, Senhor”. Não te sentes preparado Nesta arte de pregar? Testifica do teu Mestre Que, aos homens, soube amar. Se não logras que seus erros Reconheça o pecador, Podes conduzir crianças Ao benigno Salvador.

Se por terras ou por mares Tu não podes transitar, Acharás famintas almas Ao redor, por ajudar. Se careces de riquezas E custoso te é dar, Lembra: a Jesus tu podes Tua vida ofertar. (Hino 301, Hinário Nazareno)

Capitulo 10 Mateus 10

Jesus quando dá uma missão dá também o poder para realizar esta missão eficazmente

Deu aos discípulos autoridade espiritual, sobre o Inimigo e sobre TODO tipo de doenças, não apenas alguns tipos.

João 14:12 "Em verdade, em verdade vos digo: Aquele que crê em mim, esse também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas; porque eu vou para o Pai;" Jesus pelo derramamento do Seu Espírito concede-nos autoridade espiritual, apliquemos a fé. O que o Mestre fazia ele quer que nós também façamos. Nunca faça a obra, a missão, sem a capacitação de Cristo, e a capacitação dele vem por Sua Palavra, Ela que nos permite ter sucesso na obra.

Nota: Possessão demoníaca é diferente de doença. A pessoa pode estar doente sem estar possuida ou aflingida por um demónio, mas também há esses casos de demônios serem responsáveis por certas doenças. Que haja sabedoria e discernimento nessa matéria!

"mas ide antes às ovelhas perdidas da casa de Israel;" Obre primeiro na tua residência. Porquê que almeja sair e anunciar o Evangelho longe se onde reside ainda nem se ouviu o som do Evangelho. "Coloque sua própria casa, sua residência primeiro em ordem" Através da morte e ressurreição de Cristo é quando o Evangelho teve uma dimensão mundial, o propósito era começar de Israel até os confins do mundo. Este é o propósito de Deus, que o fogo comece a queimar onde estamos e depois se alastre.

Nota: Não que não devo anunciar o Evangelho em outro lugar se a minha residência ainda não se converteu, o que é condenado é o se empenhar e esforçar, orando, jejuando e pregando em outros lugares sem se preocupar com onde você está.

A Mensagem a ser pregada

O Reino dos céus está perto A nossa missão é falar não de um reino terreno, mas do Celestial, e este Reino tem um Rei, Cristo. Nossa missão é falar do céu aqui na terra. Quando Jesus chama dá também a Mensagem para anunciar, a Mensagem que ele anuncia e é conhecida por seus servos.

"Curai os enfermos, ressuscitai os mortos, limpai os leprosos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai." A autoridade espiritual de Jesus em nós fora nos concedida de graça, portanto necessário é que também a ministremos aos outros de graça. O poder de Deus não vem para encher nossos bolsos, mas para que Deus seja exaltado e glorificado.

O servo do Senhor deve livrar seu coração de ansiedade pelas coisas materiais. Deve entregar todos os cuidados a Deus.

"se a casa for digna, desça sobre ela a vossa paz; mas, se não for digna, torne para vós a vossa paz." O mensageiro de Cristo é um homem que tem paz, a paz de Cristo em seu coração. E esta paz pode ser comunicada aos outros que se fazerem dignos dela, recebendo o mensageiro.

"Quem vos recebe, a mim me recebe; e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou."

Tenho a paz de Cristo em meu coração? Posso eu comunicar a paz aos outros que não a tem mas me recebem?

Como servos de Jesus nem sempre seremos recebidos. Mas ai daquele que rejeita o mensageiro de Jesus e a sua mensagem. Fazes o mesmo? Mais condenação há para os que resistem à Palavra!

Jesus informa sobre perseguições O cristão é odiado pelo mundo e a sua Mensagem também, pois não agrada a carne. Sejamos prudentes, cautelosos e simples! Jesus informa sobre açoites, prisões, maltratos,... Até a própria família do cristão pode estar contra ele por causa da sua fé em Cristo, ("Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim."), mas não deve temer, pois Cristo está com ele, o Espírito Santo capacitará o crente nessas perseguições e será boca para ele.

"E até mesmo os cabelos da vossa cabeça estão todos contados". Cristo está connosco, ele nos protege.

" E sereis odiados de todos por causa do meu nome, mas aquele que perseverar até o fim, esse será salvo." Sejamos perseverantes, firmes em nossa fé, quer todo mundo nos odeie ou não, quer todo mundo esteja contra nós. Não neguemos o nosso Senhor por causa das perseguições. "Portanto, todo aquele que me confessar diante dos homens, também eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus. Mas qualquer que me negar diante dos homens, também eu o negarei diante de meu Pai, que está nos céus."

"Basta ao discípulo ser como seu mestre, e ao servo como seu senhor. Se chamaram Belzebu ao dono da casa, quanto mais aos seus domésticos?"

Tudo o que fizeram e disseram a Jesus também nós podemos ser a isso sujeitos.

Ele é nosso mestre. Não temamos, se nos fazem a minha coisa que fizeram e disseram a Cristo e por uma mesma causa, isso implica que estamos a seguir as pegadas do nosso Mestre e Senhor.

Para oração 1. Ajuda-nos a crer na autoridade que temos em Cristo sobre o Inimigo. Amplie a nossa autoridade espiritual 2. Faz de nós chamas acesas que incendeiam, onde estão e se alastram 3. Livre-nos de buscar a glória para nós, de usar o teu poder e graça para o nosso benefício egocêntrico 4. Coloque em nós a viva Mensagem do Reino e não permita que A diluemos 5. Paz de Cristo em nós a transbordar e possível de comunicarmo-la aos outros 6. Firmeza diante da rejeição 7. Ensina-nos a honrar os mensageiros de Cristo

Capitulo 11 Mateus 11:1-15

Versículo 1 revela que Jesus era diligente na obra, não perdia tempo.

Nota: Ensinar é diferente de pregar, Jesus ensinava e pregava Façamos o mesmo

Jesus falava e fazia. Ele ensinava e obrava

Feliz é aquele que não se envergonhar de Jesus! Envergonho-me de Jesus? Temo ser ouvido a falar dele? Temo ser visto a cultuar a Cristo?

Confessemos a Jesus abertamente diante dos homens.

O que Cristo diz de João? João é mais que profeta. Ele é o preparador do caminho para Cristo. João é o último profeta da antiga aliança. João é o Elias profetizado. O que Cristo diz de mim?

" Em verdade vos digo que, entre os nascidos de mulher, não surgiu outro maior do que João, o Batista; mas aquele que é o menor no reino dos céus é maior do que ele." João não desfrutaria das bênçãos da Nova Aliança, de presenciar a morte, ressurreição, ascensão de Cristo e principalmente ele não desfrutaria da plenitude do Espírito como em Pentecostes. A forma de derramamento de Espírito como em Pentecostes ele não tivera.

O Reino é tomado a força Aquele que se esforça é aquele que se interessa e tem um grande desejo de entrar no Reino, pela graça "luta" para entrar no Reino e vencendo toda a resistência.

Para oração 1. Diligência na obra de anunciar a Mensagem. Quebra da indiferença e preguiça 2. Não me envergonhar de Cristo, confessá-Lo abertamente, boca e acção 3. Buscar, não ter um bom nome diante dos homens homens mas diante de Jesus. O que Ele diz de mim? 4. Acção de graças pelo Reino e suas bênçãos

Mateus 11:16-19

A infantilidade espiritual

Os judeus já não sabiam o que queriam. Estavam agindo como crianças. "Sobre esse aspecto, podemos refletir em nossas próprias vidas qual o tipo de conduta que estamos tendo. Será que estamos agindo de maneira infantil, imatura e volátil com as questões do reino de Deus?" (Estilo adoração)

Para oração 1. Ajuda a não rejeitarmos a Cristo e seus ensinamentos. 2. Maturidade espiritual

Mateus 11:20-24

Ai de ti que dorme debaixo da Palavra

1. Você que ouve a Palavra sempre O ouvir a Palavra, o conhecê-La é um privilégio e uma responsabilidade. Deus te tem providenciado a Palavra através da própria Bíblia, você tem Bíblia; você ouve a Palavra na igreja, nas redes sociais. Mas qual é a sua reacção diante dessa Palavra? Mais rigorosidade haverá para os ouvidores da Palavra e leitores dEla, do que para os bêbados, ladrões, assassinos, que não tem contacto com a Palavra e com a igreja. 2. Você que não muda de vida A Palavra sempre te ordena s mudar de vida mas você não quer mudar. A Palavra diz que tem que deixar a mentira, a falsidade, começar a viver a Verdade, deixar de negar de anunciar a Cristo, mas você se nega a mudar, a fazer o que a Palavra diz.

3. Você que tem visto o poder e o operar de Deus Você tem visto Deus a operar, realizando milagres na tua vida e na dos outros. Você que já viu pelos factos visíveis que Deus é Poderoso e Bom, você tem se arrependido pela revelação de Jesus.

Advertências Pecador, você tem lido que sem nosso nascimento não há céu para ti. Não seja indiferente para com o que Deus revela. Cristão, viva em conformidade com a revelação de Deus que tem a finalidade de te mostrar Deus

"Ai de ti, Corazin! ai de ti, Betsaida! porque, se em Tiro e em Sidom, se tivessem operado os milagres que em vós se operaram, há muito elas se teriam arrependido em cilício e em cinza". Que não se diga a mim: " Ai de ti Cláudio! porque, se outros cristãos tivessem tido os relatos de avivamentos que você teve, livros que falam de como ter uma relação mais íntima comigo, há muito se teriam arrependido da sua frieza espiritual e do seu contentamento com pouco ou nenhum poder de Deus, e buscariam a Deus com mais fervor" "Ai de ti Cláudio, porque se os teus antepassados que morrerem sem Cristo tivessem tido o conhecimento da Bíblia que você tem e visto o meu poder, há muito se teriam arrependido das suas idolatrias e de suas vidas errantes." Que isso nunca se diga a nós, portanto, vivamos segundo a Revelação de Deus!

Não dar importância à Palavra é pecado. Quanto mais privilégios tivermos, mais seremos exigidos. Conhecimento implica em mais responsabilidade

Para oração Senhor, ajude-nos a viver a Palavra, a viver segundo a Revelação do Senhor

Mateus 11:25-30

V.25-27

A revelação de Jesus é para os pequeninos, para aqueles que se encurvam para orar, é para os humildes de coração.

O Pai conhece plenamente o Filho e o Filho o Pai. Ninguém pode conhecer o Pai se o Filho pelo Espírito não o revelar.

Ninguém pode ser salvo se Cristo não operar em seu coração. Esforços para conhecer e/ou servir a Deus sem Cristo são inúteis, pois Cristo não os nossos esforços, é que nos faz conhecer, ter intimidade e comunhão com o Pai pelo Espírito da Verdade.

Senhor, revele-me faz o Pai, faça-me conhecê-Lo mais.

V.28-30 Cristo é para os cansados e oprimidos

Você está sentindo o peso da culpa, o peso do pecado? Você não tem paz em ti? Você que busca algo para preencher seu coração e não consegue, que já tentou tudo o possível e não deu certo, o vazio ainda permameça, você ainda é infeliz e sem paz, venha a Cristo, Ele te libertará dessa opressão, dessa falta de paz, dessa culpa, desses pecados seus tão "enormes". Você precisa de Jesus, não é de prosperidade material que você carece e necessita tanto, mas de Jesus. Não tente

se enganar pensando que há outra solução para ti, apenas só há uma, Cristo, largue tudo e vá até Ele. Sobre ti há um saco de pecados que nenhum homem consegue te descarregar? Vá a Cristo e Ele te aliviará. Alegria e verdadeira paz nEle terá!

Una-se a Cristo, viva com Ele e para Ele. Obedeça-O, seus mandamentos não são pesados, mas suaves, doce é cumprí-los. Viva com os olhos postos em Cristo, veja e faça o que Ele faz, imite-O em seus caminhos. Verdadeiro descanso e paz para a alma está em Cristo! Está cansado de teus pecados que te pesam? Sua consciência sempre te acusando? Culpa atormentando? Falta de paz? Eis a Solução: Dirija-se a Cristo! Neste mesmo momento Ele pode te aliviar, te salvar, venha a Ele pela fé. Não demore, vá enquanto é tempo.

Nota: Mesmo aos salvos, se há preocupações, algo que nos deprime, dirijamonos a Cristo, e Ele nos aliviará.

Para oração 1. Cristo, revele-nos mais o Pai pelo Teu Espírito. Mais intimidade com Deus 2. Entrega de casos que nos deprimem a Cristo para que nos alivie 3. Salvação dos oprimidos pelo pecado, que possam ver e se dirigirem a Cristo.

Capitulo 12 Mateus 12:1-8

Religiosidade de aparências

V.1-6

"não lestes... não lestes...?" Leituras superficiais implicam em nenhuma leitura. Os fariseus tinham lido as Escrituras muitas vezes e conheciam bem a letra, mas o Espírito não. Pode haver muita leitura, mas se não há entendimento espiritual nenhuma leitura houve. "Mas, se vós soubésseis o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifícios, não condenaríeis os inocentes". Espiritualidade e não meros ritos legalísticos. Prática e não apenas ritos Cristianismo e não apenas religião. Coração e não formas externas.

Para oração 1. Livre da falsa espiritualidade, da falsa fé 2. Mais além do que a letra da Palavra mas o Espírito, leitura bíblica verdadeira, com entendimento e não o passar dos olhos apenas nas páginas 3. Mais prática da Palavra do que apenas palavras

Mateus 12:9-13

A cura do homem com uma das mãos mirrada e a questão do sábado

Mirrada= atrofiada, seca

O homem da mão atrofiada, seca Então disse àquele homem: estende a tua mão. E ele a estendeu, e lhe foi restituída sã como a outra.

O homem em questão tinha uma das mãos mirrada, seca, há actividades que já não realizava, mas com a mão restaurada pôde voltar a fazer. Há algo em sua vida que tenha sido barrado por alguma impotência momentânea sua? (Evangelizações, trabalhos espirituais bem como físicos). Clame e Jesus te restaurará!

Tem mão seca para ajudar os necessitados? Peça a Jesus, Ele dá cura, Ele nos dará disposição para dar ao necessitado.

A mão que estava atrofiada parece que já nem tinha utilidade, que mesmo cortada não daria tanta falta. Membro do corpo de Cristo que está seco, que se vê inútil, o pecado te imobilizou, o próprio Cristo é a sua saúde, Ele te restaurará e você conseguirá trabalhar para Ele. Cristo é o fim da sua sequidão espiritual!

Nota: Cristo "disse" para aquele homem estender a sua mão, Ele não tocou o homem. O homem ouviu a voz e as palavras de Cristo dirigidas para ele, acreditou que assim aconteceria e obedeceu, ganhando saúde. A Palavra de Cristo é que restaura, é que dá saúde, oiça o que Cristo te diz em sua Palavra, dirija-se à Palavra pois nEla é que achará saúde e restauração, creia que o que está escrito é verdadeiro e funcionará para a tua vida e obedeça!

A questão do sábado Os fariseus tinham uma visão distorcida sobre sábado, proíbiam até as ajudas necessárias e básicas, alegando que seriam trabalhos a serem realizados. Mas Cristo dá a visão correcta sobre o sábado, dizendo que é lícito fazer o bem, isto é, não são proíbidas as actividades que visam ajudar os necessitados em aspectos básicos, como o cuidar de doentes (caso também dos hospitais), dar mantimento aos famintos e necessitados (como actividades de compaixão), alimentar

espiritualmente as almas, ... Proíbidas são aquelas obras que não visam satisfazer as necessidades básicas ou espirituais, como trabalhos para ganhar dinheiros, diversões, jogos, viagens de lazer e turísticos, exercícios físicos, estudos seculares,... Assim também as mesmas leis se aplicam para nós os cristãos, pois temos que guardar o sábado cristão, domingo, não para sermos salvos, mas porque já somos salvos e nos deleitamos em consagrar um dia inteiro a Jesus nosso Senhor e Salvador.

O bem sempre é lícito Não se condenam as necessidades básicas e serviços de ajuda. "O princípio fundamental de Jesus era que não existe um tempo tão sagrado que não se possa usar para ajudar o próximo necessitado. Não seremos julgados pela quantidade de cultos a que tenhamos assistido, nem pelo número de capítulos da Bíblia que tenhamos lido, nem pela quantidade de horas que tenhamos passado orando, mas sim pela quantidade de gente a que tenhamos ajudado quando sua necessidade chamou à nossa porta." (Barclay)

Tiago diz: "A religião que Deus, o nosso Pai aceita como pura e imaculada é esta: cuidar dos órfãos e das viúvas em suas dificuldades e não se deixar corromper pelo mundo". O verdadeiro culto a Deus se demonstra não pelas minhas orações, ou leituras bíblicas, mas sim pelo amor demonstrado ao próximo.

Para oração 1. Orar por tudo que em minha vida está seco ou atrofiado, em todos os âmbitos, espiritual bem como material 2. Liberto e livre da mão seca para dar ao necessitado

3. Compreensão da essência da verdadeira religião: amor ao próximo Empenho em amar mais

Mateus 12:14-21

"Os fariseus, porém, saindo dali, tomaram conselho contra ele, para o matarem". V.14

Os teus inimigos sempre buscarão oportunidade para te condenar. Satanás e seus anjos, o pecado, o mundo e a carne são inimigos teus, seja cauteloso para com eles!

"Jesus, percebendo isso, retirou-se dali. Acompanharam-no muitos; e ele CUROU A TODOS" V.15 Jesus se importa com todos que O buscam, Ele lhes dá a cura, sim, a todos eles cura para as suas almas concede. Já buscou a Cristo pela cura espiritual? Ele te curará, te salvará!

O Servo Amado, Cristo

Características 1. Cristo não buscava fama e nem se exaltava. Sigamos o Seu exemplo de conduta, não aspirando fama, não nos exaltando, não buscando a glória para nós, mas para Deus. Não buscava reconhecimento externo. Você busca reconhecimento de homens, aplausos? 2. O Espírito de Deus estava nEle, capacitando-O para anunciar a Palavra. Tenho o Espírito de Deus? Quanto do Espírito de Deus eu tenho? 3. Cristo não era briguento, mas manso. Não brigava quer em palavras quer em acções.

4. Cristo não "esmaga a cana quebrada, e não apaga o pavio que fumega" Pavio ou morrão que fumega "simboliza aqueles estão fracos" (Moody) "No pavio que fumega há senão um pouco de luz, e essa, fraca, estando como que incapaz de brilhar suas chamas, e esse pouco misturado com fumaça" (Richard Sibbes) "Jesus não veio para desanimá-la e sim para infundir coragem. Não veio para tratar os fracos com orgulho, mas com compreensão. Não veio para apagar a chama débil, e sim para ajudá-la a tornar-se uma luz mais clara e potente. O mais precioso a respeito de Jesus é que não é o grande desalentador e sim o grande alentador". (Barclay) Cristo não zomba dos fracos no espírito, nem os rejeita, Ele não se distancia daqueles que ainda não tem poder sobre certos pecados, mas vivem lutando, Ele os encoraja, Ele não apaga a pequena chama que estava prestes a se apagar, mas Ele assopra para que aumente. Você é fraco, débil espiritualmente? Cristo está presente para te fortificar! Creia nEle!

"e no seu nome os gentios esperarão". Cristo é a Esperança para todo o mundo. Espere em Cristo, creia na salvação que nEle há.

Para oração 1. Olhos vigilantes sobre os nossos inimigos 2. Acção de graças e louvor a Cristo, Senhor que se importa com todo o que O busca 3. Livre do orgulho, ambição por fama e reconhecimento humano 4. Mais do Espírito Santo em mim 5. Mansidão de Cristo em mim 6. Sopre em mim e aumente-me o fogo

Mateus 12:22-37

V. 22-32 O Pecado Imperdoável

Os fariseus atribuíram uma obra do Espírito Santo aos demônios. Alegaram que Jesus expulsava demônios por Belzebu, o Diabo. O reino do Inimigo não está dividido, Satanás não expulsa Satanás, um demónio não expulsa outro demónio. Água suja e lamacenta não purifica os sujos. O mal não expulsa o mal, gerando bem. Jesus expulsava demônios pelo Espírito de Deus, o que implicava que já era chegado a eles o Reino de Deus. A presença do Espírito revela a chegada do Reino de Deus, pois o Espírito traz o Reino aos nossos corações. O Reino chegou ao teu coração? O Espírito em ti habita e reina?

Jesus amarrou o valente (Satanás), tirou a sua armadura, quem tem fé em Jesus terá o mesmo sucesso que Ele teve diante do Inimigo, pois agirá no nome de Jesus, como se fôssemos Ele, e saqueiaremos o Inimigo.

Não estar com Cristo implica em estar contra Ele. Não trabalhar com Ele e para Ele implica trabalhar contra Ele. Não existe neutralidade, ou é com Cristo ou contra. Você está em Cristo?

A blasfémia contra o Espírito Santo é o pecado imperdoável. Se alguém falar mal de Cristo pode ter perdão, mas se for contra o Espírito não.

O que é blasfémia contra o Espírito Santo? Blasfémia significa insultar algo sagrado, falar mal. Logo, é insultar ou falar mal do Espírito Santo, da Sua obra. A obra do Espírito Santo é levar homens até Deus, ninguém pode vir a Deus se o Espírito Santo não o levar. O Espírito convence do pecado e da justiça, isto é, dá o arrependimento que é necessário para a salvação, muda o coração. Portanto quem blasfema contra o Espírito Santo é aquele que rejeita a obra do Espírito, por isso não desfruta do arrependimento, da mudança de coração, das influências do Espírito para a salvação. E quem já blasfemou contra o Espírito Santo nem se importa com Deus, com o pecado, tem uma consciência cauterizada e é inimigo de Deus. Aquele que ainda sente necessidade por Cristo e quer se livrar do pecado vivendo para Deus esse não blasfemou contra o Espírito Santo, pois o Espírito operando nele está para restauração e/ou salvação.

A árvore e o seu fruto V.33-37 O fruto revela o que a árvore é. As nossas obras revelam quem nós somos! Mente? Você é mentiroso! Fala mal dos outros? Você é maledizente, sem amor! As tuas obras são um teste de quem você é. Quem você é? As tuas palavras, que procedem de teu coração, revelam a sua verdadeira identidade. Aquele que é mau fará o que tem, a maldade no coração. Aquele que é bom, fará a bondade e bem aos outros, pois é o que tem. Quem tem amor no coração não pode dar ódio, mas dá amor, pois é o que ele tem. Se o nosso coração é cheio de maldade, as nossas palavras estarão carregadas de maldade. "Através do idioma de um homem se descobre de que país ele procede, igualmente de que classe e de que espírito é. o coração é a fonte, as palavras são os ribeiros". (Mathew Henry)

Nós não seremos julgados apenas pelas nossas acções, mas como também pelas nossas palavras. Como são as tuas palavras? São sujas? Procure a purificação de teu coração e elas serão puras também.

Mateus 12 34. Raça de víboras! como podeis vós falar coisas boas, sendo maus? pois do que há em abundância no coração, disso fala a boca. 35. O homem bom, do seu bom tesouro tira coisas boas, e o homem mau do mau tesouro tira coisas más. 36. Digo-vos, pois, que de toda palavra fútil (inútil, sem valor) que os homens disserem, hão de dar conta no dia do juízo. 37. Porque pelas tuas palavras serás justificado, e pelas tuas palavras serás condenado.

Para oração 1. Estar com Cristo 2. Frutificação abundante 3. Livre de toda palavra fútil, inútil, sem valor 4. Ampliação e aumento do nosso bom tesouro

Mateus 12:38-45

O verdadeiro sinal

"Então alguns dos escribas e dos fariseus, tomando a palavra, disseram: Mestre, queremos ver da tua parte algum sinal. Mas ele lhes respondeu: Uma geração má e adúltera pede um sinal; e nenhum sinal se lhe dará, senão o do profeta Jonas;" V. 38-39

Sinal só para o testar, e não para nEle crer. Jesus Cristo não se empenha em satisfazer a nossa mentalidade caída! "Ele não é míope ao ponto de enxergar só a superfície e não o fundo". Ele vê a acção e as motivações de tal acção! Há muitos que oram e dizem, acreditarei em ti Senhor se fizer isso e aquilo. Se a Palavra não é suficiente, então um sinal não te fará crer em Cristo. Outros dizem que crerão se tiverem esse dom e aquele. Esse milagre e aquele outro. Em Cristo é a fé que funciona e sem fé é impossível agradar a Deus! Cristo dá o sinal da Palavra escrita! Algo ignorado pela mente caída, por isso que ela não vê nenhuma coisa! O sinal está diante dos seus olhos, mas a cegueira tomou conta deles ao ponto de nada enxergarem!

V.40-42 Desprezar a Palavra de Cristo é muito perigoso A Bíblia é a Boca de Cristo nos falando, ai de quem se fizer surdo ante a Voz de Cristo. Ai de quem não se importar com a Palavra de Cristo. Maior condenação haverá para todo aquele que se fizer surdo, indiferente, ao Evangelho, a Palavra de Cristo.

V.43-45 O mal deve ser substituído pelo bem

O vazio atrai o mal. Não basta parar de fazer o mal, deve começar a se encher do bem. Não basta parar de roubar, deve trabalhar (Efésios 4:28) O espírito imundo deve ser substituído pelo Espírito Santo. Satanás deve ser expulso do território e Outro reinar. "Devemos notar que o espírito imundo é expulso do homem, não destruído. Isso quer dizer que no momento atual se pode vencer o mal, pode-se rechaçá-lo,

expulsá-lo; mas não se pode destruí-lo. O mal sempre está à espreita da oportunidade para contra-atacar e para reconquistar o terreno que perdeu. O mal é uma força que foi afastada mas não eliminada."(Barclay) Você que abandonou a vida de impureza é momento de viver a pureza. Cristo não apenas diz "não faça isso" como também diz "faça isto". Jesus nos liberta do pecado, do seu poder, não para vivermos de braços cruzados, mas para viver a santidade. Você estava preso às músicas mundanas e Cristo te libertou? Agora preencha o espaço onde habitava essas músicas com louvores e adorações a Deus. Tinha pensamentos lascivos? Agora pense em Deus, nas coisas espirituais, "Portanto, já que vocês ressuscitaram com Cristo, procurem as coisas que são do alto, onde Cristo está assentado à direita de Deus. Mantenham o pensamento nas coisas do alto, e não nas coisas terrenas." (Colossenses 3:1-2) "Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas." (Filipenses 4:8) Deixe o mal e apegue-se ao bem!

Para oração 1. Ajuda-me a crer no que o Senhor diz na Palavra, sem buscar sinais para "crer". Abri-me os olhos da fé, fé que se firma na Palavra e não no visível 2. Livre-me de desprezar a Sua Palavra, de ser indiferente, não interessado pela Palavra 3. Senhor cada impureza removida em mim que eu preencha com a pureza de Cristo. Encha esse vazio para que o mal não se aproveite.

Mateus 12:46-50

A família de Jesus

As portas abertas estão a qualquer um para ser membro da família de Jesus, para ser Seu parente. Para fazer parte da família de Cristo não é necessário ter o mesmo sangue dele, basta fazer a vontade de Deus você é contado na família de Jesus, você passa a ser parente dEle. A família de Cristo= Todos que o seguem. Nós somos irmãos de Cristo, familiares dEle se obedecemos a Deus. Cristo te chamaria de Seu familiar? O que te identifica a Ele? O teu carácter é característico de um filho do Reino?

Nota: Não é que Jesus não respeitasse a sua mãe e seus irmãos, mas queria ensinar sobre o parentesco espiritual que é melhor do que o terreno.

Cristo não mostrou espírito de favoritismo para com a sua mãe e irmãos de sangue, Ele tratou-os de forma igual a dos outros e Cristo abre portas para que todo o que quiser fazer parte da família de Jesus possa fazer, a ninguém rejeita nem exclui.

Para oração 1. Acção de graças pelo privilégio de poder fazer parte da família de Jesus 2. Vivência de maneira digna de um familiar de Jesus 3. Livre do espírito de favoritismo

Capitulo 13 Mateus 13:1-9, 18-23

A Parábola do semeador O Teste da verdadeira fé

Esta parábola serve de teste, para você analisar como é a tua fé, a crença, confiança na Palavra, postura diante da Palavra.

1. A semente que caiu à beira do caminho Como o diabo rouba a Palavra na pessoa? I. O diabo rouba a Palavra na pessoa em que esta Palavra não estava no coração, mas na mente. Vemos aqui que a semente não estava no subsolo, dentro da terra, mas na superfície, por isso as aves que simbolizam Satanás comeram-na. II. Satanás derrama na pessoa o espírito de esquecimento; faz a pessoa se esquecer tão rapidamente do que ouviu ou leu. III. Enche de preguiça mental a pessoa, levando esta pessoa a não pensar no que ouviu ou leu, portanto esquecendo-se. A meditação permite entender a Palavra para nós e interiorizá-La. IV. Implanta falta de entendimento na pessoa; faz com que a pessoa não entenda a Palavra ou se aproveita da ocasião quando a pessoa não entende a Palavra, estimulando-a a não procurar entender a Palavra. V. Desconcentra a pessoa na hora de ouvir ou ler a Palavra, lançando distrações para que a pessoa não se foque na Palavra. Por exemplo, tlefone pode chamar; pode lançar pensamentos sobre preocupações da pessoa; até pode fazer a pessoa pensar noutros assuntos bíblicos. 2. Semente que caiu em terra rochosa, os emocionados Sem terra bastante, sem profundidade A pessoa ouve ou lê a Palavra e fica emocionada, pratica-a por emoção, não tem raíz. Pouco pensa na Palavra, mas cumpre-a porque as circunstâncias favorecem, a vida anda bem, tudo é um 'sucesso', mas vindo a tempestade a sua fé

emocional desmorona. O sol simboliza as dificuldades e angústias da vida. Aqui vemos alguém que só tem falsa fé, fé circunstancial, alguém que obedece a Deus porque bem está, mas quando vem as provações ela cai. A provação, as angústias e problemas da vida não são más, servem para testar-nos. O vento, a tempestade, prova se a casa é firme ou não. A tua fé é verídica e firme? Ou é só emocional? Serve a Deus quando profetiza, fala em línguas, quando tem certa manifestação sobrenatural, mas quando essas coisas não se manifestarem você fica frustrado e abandona a Palavra? A tua fé deve estar firmada em Cristo e não nas bênçãos de Cristo, quer materiais, quer espirituais! Tenha raíz, mergulhe seu coração em Cristo!

Quando vem a perseguição Serve a Deus quando todos estão com ele, mas quando por causa da Palavra família, amigos, se põem contra ele, ele abandona a fé. 3. Semente que caiu entre os espinhos Espinhos cresceram e sufocaram-na. Espinhos = cuidados deste mundo, sedução das riquezas, sufocando a Palavra e Ela ficando infrutífera. Espinhos já haviam nessa terra antes de ser lançada a semente (nota), e com o tempo cresceram. Amor às coisas deste mundo, apego, ambição pelas coisas materiais, amor ao dinheiro; luxo,... Representa aquele que tem o mundo no coração, aquele que colocou as coisas materiais (roupas, dinheiro, comida, vive buscando elas e focando-se nelas) A Palavra torna-se infrutífera no coração daquele que ama o mundo, daquele que é um materialista. A ganância e o amor pelas coisas materiais sufocam a Palavra.

4. Semente que caiu em boa terra, o coração receptível à Palavra I. Aquele que ouve e compreende Não basta só ouvir, ler, deve compreender, entender a Palavra. Compreensão gera conhecimento e este gera fé e fé a acção (frutificação) Representa quem obedece e vive a Palavra, produzindo fruto de santidade. Como é o teu coração? É como uma boa terra sem pedregulhos, sem espinhos? Teu coração é receptível à Palavra? Concentração; Meditação (pensar na Palavra e descobrindo a vontade de Deus para ti) e fé e acção. II. Níveis de frutificação Cristãos de cem, sessenta e trinta. Aqui há representação de fases de frutificação, graus de santidade, graus de crescimento espiritual. Fomos chamados para estar em níveis e níveis de frutificação, somos chamados para crescermos, para atingir grandes níveis de crescimento espiritual. No crescimento espiritual, na frutificação há níveis, como se vê no versículo "dá fruto, um produz cem, outro sessenta, e outro trinta". Esses números indicam graus de crescimento espiritual. Em que grau você está? Que a Palavra em nós possa habitar e gerar muito fruto em nós. Que a nossa meta seja o atingir níveis mais elevados de frutificação, como o apóstolo diz: "prossigo para o alvo, " (Filipenses 3:14A)

Para oração 1. Dê-me um coração aberto para receber a Palavra e Ela gerar vida em mim 2. Livre de distrações, pensamentos indecentes, de tudo que quer me desfocar da Palavra 3. Fé sólida e viva, não emocional nem circunstancial 4. Mais frutos pela Palavra

Mateus 13:10-17

O grande privilégio

O discípulo de Jesus, o cristão é que tem o privilégio de ser revelado os mistérios do Reino. O discípulo de Cristo sempre será revelado os mistérios do Reino, basta ir ao seu Mestre e pedir a Revelação e Ele de bom grado expor-lhes-á os mistérios. As coisas preciosas, mistérios mais profundos, os do Reino, são para os que andam com Cristo. Mas essas pérolas preciosas não se lançam aos cães. A Revelação não é para incrédulos. Não seria por isso que você nada entende da Bíblia? Se você é discípulo de Jesus e não entende os mistérios do Reino, vá até Ele e sente-se e Ele te revelará o que é oculto à mente carnal, pois a mente carnal lê e nenhuma novidade ou preciosidade ou benefício vê; olha e nada vê. As verdades espirituais, a compreensão espiritual, estão vedadas à mente carnal. Deus coloca um véu na Sua Palavra para que nenhum incrédulo passe além do véu e tenha compreensão das verdades espirituais.

"pois ao que tem, dar-se-lhe-á, e terá em abundância; mas ao que não tem, até aquilo que tem lhe será tirado." Um pouco conhecimento de Cristo posto em acção será multiplicado por Deus, sendo um conhecimento mais robusto e vasto. Uma pequena fé, posta em acção tornar-se-á numa montanha de fé. Uma pequena fé não posta em acção será removida da pessoa. As coisas espirituais são as que o seu investimento sempre traz um grande progresso. Aquele que tem uma pouca luz sobre Cristo, e medita em Seus ensinamentos, terá mais luz.

É um grande privilégio ouvir, ler, a Palavra de Cristo, Seus ensinos preciosos. Profetas quiseram ouvir e não puderam, mas nós temos tal privilégio. Será que vê a preciosidade e a doçura dos ensinamentos de Cristo? Teus olhos vêem a grandeza das revelações do Reino dos céus? "Desvenda os meus olhos, para que eu veja as maravilhas da tua lei." (Salmos 119:18)

Para oração 1. Acção de graças pelo grande privilégio 2. Mais luz, Senhor. Revelações do que é oculto à mente carnal 3. Ajuda na aplicação da revelação que tenho em acção para multiplicação 4. Visão da preciosidade dos mistérios do Reino, ensinamentos de Jesus

Mateus 13:24-30, 36-43

A Parábola do trigo e do joio - A Existência do mal no meio do bem

Notas explicativas de Jesus O homem que semeou boa semente é o Filho do homem O campo é o mundo A boa semente são os filhos do reino Quem semeou joio é o diabo O joio são os filhos do maligno A ceifa é o fim do mundo

O trigo e o joio Essas plantas são muito parecidas nos primeiros estágios, mas diferentes em essência uma da outra.

Os filhos do maligno podem se parecer com os filhos do reino em aspectos externos, como o orar, ir a igreja,... Ao olho comum elas são iguais, mas os servos do reino sabem discerní-los corretamente. De quem você é filho? Do maligno ou do reino? Seja rigoroso no seu autoexame, pois o joio muito se parece com o trigo, você pode achar que é filho do Reino enquanto não. Eis algumas características dos filhos do reino: 1. amam a Deus, o Pai e Rei: buscam-O, meditam nEle, adoram-,O, honrá-O, conhecem-O e reconhecem-O, esforçam-se para conhecê-Lo mais. 2. amam a todos: nutrem sentimento de amor de Deus a cada pessoa, amor incondicional e inesgotável; fazem o bem a todos, esforçam-se para ajudar a todos os necessitados; são compassivos, perdoadores, e procuram atingir a estatura do amor de Cristo, que O levou a verter Seu sangue por nós. Essas abundam em ti?

O joio foi semeado entre o trigo, no mesmo espaço. O mal está entre o bem. Os filhos do maligno estão misturados com os filhos do Reino. Onde há verdadeiros, Satanás sempre procura o possível para plantar os seus. O mundo é assim, há maus e bons, joio e trigo, mas o Dia chegará, para separação entre o joio e o trigo. Deus é paciente e designou como fará o Juízo Final. Sejamos pois, também pacientes quanto à existência do mal, crendo que já está designado o Dia para Juízo. Deus não permitirá que algum filho do Reino se perca, Ele sabe separar bem o trigo do joio, e nenhum filho do maligno escapará do castigo eterno. Deus não se engana!

Tudo está reservado para o Dia do Juízo Final

Os iníquos irão para o tormento eterno e os justos para a glória eterna. "Então os justos resplandecerão como o sol, no reino de seu Pai". A natureza da planta é que determina o fim dela, se é no fogo ou na glória com o Pai. De que natureza você é? Jesus tem poder para transformar o joio em trigo, Ele tem poder para mudar tua natureza, conheça e reconheça teus pecados e venha a Ele arrependido e rogue pelo Seu agir.

A semente do maligno - Joio A semente de Cristo - Trigo

Para oração 1. Mais do carácter do Reino em mim (Romanos 14:17 "porque o reino de Deus não consiste no comer e no beber, mas na justiça, na paz, e na alegria no Espírito Santo". 1 Coríntios 4:20 "Porque o reino de Deus não consiste em palavras, mas em poder". Marca do Reino : Pureza; amor a Deus e ao próximo) 2. Sonda-me o coração e vê se há em mim pedaços de joio 3. Paciência quanto aos maus 4. Orando pela transformação do joio em trigo (isso chama-se "Conversão")

Mateus 13:31-32

A Parábola do grão de mostarda

Não despreze as pequenas coisas e nem os primeiros começos A pequena semente do Evangelho pode parecer insignificante, mas lançada pode gerar uma grande árvore e frutífera, uma grande árvore tal maior que todas.

A simples pregação da Palavra pode parecer uma pequenina semente e insignificante, mas tem grande poder de crescer muitíssimo. Com a simples pregação, muitos podem ser ganhos a Cristo. Às vezes certas evangelizações podem parecer insignificantes, sem expectativa de resultado, mas depois produzirão grandes impactos. Anuncie a Palavra e não se baseie com o que a sua vista carnal vê, mas olhe pela fé que grande coisa vai surgir. Você tem certo conhecimento de Deus e tem exitado em partilhar aos outros achando-o insignificante e sem poder? Anuncie, lance esse grau, e um grande resultado terá. Você diz, "falar de Cristo com certas pessoas parece inútil", não deixe falar de Cristo para as pessoas.

Para oração Desperte em mim o evangelismo

Mateus 13:33-35

A Parábola do Fermento

O fermento leveda a massa de farinha, faz ela crescer. O fermento não é visto na massa, mas ele opera o crescimento mesmo sendo invisível. Aqui o fermento representa o reino dos céus e a massa de farinha o coração. Quando o Reino vem no coração, não é visto a olho carnal, mas os seus efeitos são vistos, homens são regenerados, vidas mudam, pecados são deixados. Também pode representar o progresso do Evangelho no mundo, "um pouco de fermento leveda a massa de farinha". O Reino dos céus tem grande poder de se

propagar, mesmo sendo invisível. Abala regiões, muda vida, concede transformação.

Aplicação: Anuncie o Reino dos Céus, pois transforma.

"Abrirei em parábolas a minha boca; publicarei coisas ocultas desde a fundação do mundo." Cristo, o expositor das coisas ocultas, dos mistérios do Reino, que nenhum homem podia esquadrinhar. Louvado seja Deus pela graça que nos dá de ouvirmos os mistérios do Reino dos Céus, coisas ocultas desde a fundação do mundo!

Para oração 1. Ousadia e poder para expandir o Evangelho do Reino 2. Visão e ouvidos para contemplar e me banquetear dos mistérios do Reino 3. Acção de graças pelo Reino nos corações

Mateus 13:44-46

O Reino dos Céus é como Tesouro

As coisas preciosas necessitam de sacrifício e investimento para termo-las. Muitos vêem os tesouros do conhecimento de Deus, mas não chegam de tê-las, pois não sacrificam. O reino dos céus para ser ganho, recebido, a pessoa precisa desejá-lo, pois é precioso e entregar tudo que tem para tê-lo e principalmente entrega-se a si

mesmo.

Eu vi o Reino, a Sua preciosidade Eu desejei essa preciosidade Perguntei, o que darei para tê-lo?

E uma Voz me respondeu: Você pode tê-lo, você tem o necessário para tal Dê o que tem

Eu disse, o pouco que tenho dou, Meus bens materiais, meu conhecimento e todo bem possível

Já é possível ter? Ouvi um 'não' e me espantei, Pois tudo que tinha havia dado a Deus, o dono do campo O que falta?

A Voz me disse: dê-se a si mesmo Dê-me o teu coração, todo o teu ser

Queria exitar, mas o Reino era mais precioso que tudo, Meus olhos viram, não me disseram

Resoluto eu disse em voz alta Eis aqui todo o meu ser, toda a minha pessoa Entrego-me a ti corpo, alma e espírito Para ter o Reino em mim

No momento que eu sem reservas me dei a Deus O Reino veio no meu coração Aleluia, eu tenho o maior Tesouro Mais precioso que o ouro

Amigo, abre os olhos e veja este tesouro E você fascinar-se-á e o desejará Entregue a sua pessoa toda, corpo, alms e espírito Busquemos o verdadeiro Tesouro

Buscas pérolas? Existe uma de grande valor, o Reino dos Céus. Buscas as pérolas da alegria, felicidade, bens, há uma que é maior que todas, o Reino dos Céus em teu coração. Cristo em ti é maior que outras coisas! Tudo entregue para ter a pérola de grande valor. Entregue tudo para ter o Reino em teu coração.

"Tudo, ó Cristo, a Ti entrego. Tudo, sim, por Ti darei! Resoluto, mas submisso, Sempre, sempre seguirei!" (Hino 241, Hinário Nazareno)

Para oração 1. Faz-me ver a preciosidade do Reino 2. Ajuda-me a tudo entregar a cada instante

Mateus 13:47-50

A Parábola da rede

A proclamação do Evangelho abrange a todos. Há muitos que são alcançados pela pregação do Evangelho do Reino, fazem parte da igreja visível, mas são como os peixes maus, eles não aceitaram de coração a Cristo Jesus, eles se juntam com verdadeiros crentes na rede do Evangelho, na igreja visível, mas sem qualificações para serem escolhidos pelo Mestre. Não devemos nos enganar, estar na rede não significa ser um bom peixe, ouvir o Evangelho, fazer parte da igreja visível, não significa ser salvo. Não significa ser nascido de novo! O peixe deve ser analisado pela sua natureza e qualidade. Analise-se pela sua natureza espiritual, você é como um bom peixe ou não? Você creu em Cristo para salvação?

Jesus sempre deixa claro e sem rodeios que haverá uma condenação para os não salvos, um tormento eterno, no Inferno! Cristo não deu palpites e nem acariciou o povo, poupando e massageando-os enquanto perecem, Ele falou da realidade das coisas espirituais, da realidade do Destino Eterno, do Juízo Final. Para os maus lhes sobrevirá choro e ranger e dentes. Permanecerá assim e com um destino tenebroso te esperando? Isso não te comove a mudar de vida e a buscar a Cristo? Pois todo que não adora a Cristo em espírito e em verdade irá para o tormento eterno. Você que conhece a Cristo, não te comove o facto de que os que praticam a iniquidade irão ao fogo eterno? Isso não te leva a batalhar pelas almas, arrebatando-as da boca do Inferno? Ficará de boca fechada enquanto milhões ao seu redor caminham cegos e sem saber em direção ao inferno? Avisá-los-á ou calará?

Para oração

1. Livre da hipocrisia, do juntar-me com os santos sem ser um. Autenticidade no meu cristianismo 2. Visão clara da realidade do Destino Eterno, do Céu e do Inferno 3. Comoção de coração pela multidão que marcha em direção ao lago de fogo. Activação da garra evangelística. Força para clamar para se desviarem do caminho sinuoso. Força para arrebatar almas da boca do Inferno. 4. Proclamação das realidades do Destino Eterno sem rodeios. "Pregação do fogo do inferno nos permite não vermos mais inferno ao nosso redor"

Mateus 13:51-52

A Parábola das coisas velhas e novas

Escriba : aquele que estudava com determinação a Lei e os Profetas A Lei e os Profetas (o Velho Testamento) representam coisas velhas Discípulo do Reino dos Céus : aquele que aprende as verdades de Cristo, reveladas de forma tão claras. (Coisas Novas - O Novo Testamento) O conhecimento do velho e do novo testamentos é necessário, não há conhecimento que se deve desprezar. Lei e Graça devem andar juntas. Quem as conhece será um bom dispenseiro. Um conhecimento é a luz de outro. Proprietário, chefe de família, dispenseiro, representa o anunciador da Palavra.

Nota: "O escriba que queria aprender sobre o Reino não era obrigado a abandonar o velho conhecimento dele", Cristo não quer destruir o conhecimento que temos, mas iluminá-lo, clarificá-lo.

Aplicação: Cristo não quer destruir suas habilidades ou dons naturais, mas

iluminá-los, portanto venha com eles a Cristo para Ele os iluminar.

"Não é suficiente para um homem ter essas vantagens de posse: ele deve trazêlas adiante e distribuí-las no exterior. Um bom pastor não guarda, como um avarento, essas coisas para agradar sua fantasia; nem, como um comerciante, trafique com eles, para se enriquecer; mas, como um pai ou chefe de família generoso, distribua-os com um liberal por mão judiciosa, para o conforto e apoio de toda a família celestial" (Adam Clarke)

Somos chamados a distribuir, a compartilhar do nosso Tesouro do conhecimento de Deus. O acumular o conhecimento só para ti é errado. O conhecimento que você adquiri deve distribuí-lo aos outros para conhecerem mais a Deus e viver para Ele. Deus nos abençoa para abençoar também os outros. Quantos de nós erramos por reter só para nós e não nos importando com os outros!

Para oração 1. Ilumina Senhor o meu velho conhecimento. Ilumina minhas velhas habilidades e dons naturais que me foram dados por ti 2. Instrua-me nas coisas espirituais (Lei e Graça) 3. Perdoe-me por ter retido o conhecimento de ti, as revelações, só para mim e não as liberando para os outros 4. Generosidade no conhecimento

Mateus 13:53-58

v.53 "retirou-se dali" Ele já havia ensinado ali, faltava ir a outro sítio para ensinar também. Jesus não estagnava no mesmo lugar, mas se movia para outros o ouvirem também. Assim sejamos também, que as nossas palavras não sejam apenas ouvidas pelas mesmas pessoas, prossigamos em expandir a Mensagem a outros e não só a um grupo seleto. Movamo-nos, demos a conhecer Cristo ao número máximo de pessoas!

Anuncie a Palavra também na sua própria terra, casa e residência.

Os seus não receberam a Jesus Causas: 1. Não viram na realidade quem Jesus era 2. Usaram os olhos da carne e não da fé 3. Consideravam a Jesus um simples homem e nada mais 4. Pensavam que conheciam-No pois diziam que O viram no seu processo de crescimento e conheciam a sua família

Que vejamos a Cristo como Ele é, Filho de Deus, o Eterno Deus Filho, Rei dos reis, o Todo-Poderoso! Consequências: A Maior das Bênçãos, Cristo, veio àquela região, mas não a receberam, perderam a Benção de vista, por falta de conhecimento. Por isso, Cristo não obrou muitas maravilhas lá, pois eram incrédulos. A incredulidade barra o agir de Deus em nós. Cristo realizou muitos e grandes milagres noutros lugares, mas na cidade onde havia incredulidade pouco obrou. Cristo operou grandes maravilhas em nossos tempos e continua operando, será

que a falta ou a pouca manifestação da presença e poder de Cristo em nosso meio, em nós, em nossas igrejas, não se deve à presença de incredulidade? Notemos algo, duvidar, não crer em Cristo é desonrá-Lo. Quem não honra a Cristo não irá vivenciar o Seu grande agir, mas quem o honra, demonstrando fé autêntica em quem Ele é, verá o grande agir dEle! Cristo está aqui no mundo pelo Espírito Santo, não percamos a Benção de ter o fluir do Espírito em nós! Fora de nós toda a incredulidade, toda a limitação! O que penso de Cristo? Quem Ele é para mim? Qual é a minha postura e atitude diante dEle? O mesmo Cristo que operou um poderoso avivamento no País de Galês no princípio do Séc. XX é o mesmo que invocamos hoje em nosso meio. O mesmo Cristo que transformou e transforma milhares de vidas é o mesmo que cultuamos hoje. Porquê que pouco vemos? Poucas conversões autênticas, pouquíssimos ou nenhuns milagres. Está escrito: "Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente". (Hebreus 13:8) O problema não está em Cristo. Será que Cristo não queria operar muitos milagres naquela região? Claro que queria, era da Sua vontade, mas por causa da incredulidade daquelas pessoas não obrou o que queria obrar. Pois Ele se agrada em operar em aqueles que nEle crêem. Se não vivenciamos muito do agir de Cristo em nosso meio não é porque não é da vontade dEle, mas por causa da nossa incredulidade!

A incredulidade faz com que a pessoa não busque a Cristo! Moody afirma: "O poder de Cristo não depende da fé dos homens ( Jo. 9:3, 36; Lc. 7:11-15). Entretanto, a incredulidade impediu muitas oportunidades para realização de milagres visto que não muitas pessoas o procuravam. " A incredulidade grita: "Cristo não pode fazer isso, não vou por isso procurá-lo"

Nota: Se Jesus não foi bem recebido em sua terra e casa, se poucos creram nEle, quanto mais connosco? Também podemos ser sujeitos à mesma situação, nossos familiares podem não crer em nós, que isso não nos desanime e nos faça desistir da nossa chamada, prossigamos, olhemos para Cristo!

Conselho e exortação importante: "Quando nos reunimos para adorar a Deus e ouvir sua palavra devemos fazê-lo com ansiosa espera e não devemos pensar no homem que fala, mas sim no Espírito que fala por meio dele." (Barclay)

Para oração 1. Desperta-nos corações "missionários" 2. Misericórdia e derrube a incredulidade que paira em nós 3. Ajude-nos a crer em quem o Senhor é

Capitulo 14 Mateus 14:1-13

A Morte de João Batista

V. 1 "Naquele tempo Herodes, o tetrarca, ouviu a fama de Jesus," Jesus era conhecido pelos Seus bons feitos. De quê que sou conhecido? Má ou boa fama?

V.3 "Pois Herodes havia prendido a João, e, maniatando-o, o guardara no cárcere, por causa de Herodias, mulher de seu irmão Felipe;"

Expondo a vida pelo anuncio da Verdade João não tinha medo de expor a verdade à pessoa, quer ela goste ou não! O que importava para João não é o como a pessoa iria receber a Mensagem, mas o anunciar a Mensagem, dar a conhecer a verdade à pessoa.

Para anunciar a Mensagem não olhe para o tipo de pessoa, a classe social ou raça, apenas proclame a verdade de Deus para essa pessoa, mesmo que seja a tua sentença! A Verdade deixa os ímpios que não querem se converter, irados. Recuso mudar em certos aspectos que sou repreendido? Quem nega mudar, aos poucos está endurecendo seu coração.

V.7 " pelo que este prometeu com juramento dar-lhe tudo o que pedisse." Seja prudente e não precipitado em suas promessas Pesemos bem as nossas promessas que fazemos às pessoas. Não prometamos além do normal.

V 8 "E instigada por sua mãe, disse ela: Dá-me aqui num prato a cabeça de João, o Batista." Saibamos em quem recorrer em busca de aconselhamento e não dos que nos apontariam o caminho da perdição. E saibamos pesar os conselhos à luz da Revelação de Deus!

Para oração 1. Livre de mau caráter que acarreta má fama 2. Ousadia para anunciar a verdade sem rodeios, nada temendo. Não viver para entreter bodes ou para acariciar os ímpios no caminho ao inferno. Não temer desmascarar o câncer da iniquidade

3. Prudência nas minhas palavras e promessas 4. Sabedoria no ouvir conselhos, e olhos postos em Deus, o Sumo Sábio

Mateus 14:13-21

A multiplicação dos pães

V.14 Curava por compaixão e não por auto-exaltação Cristo fazia as coisas por amor. Fazemos o bem ao próximo por amá-lo?

Cristo não despede almas famintas. Ninguém vem a Ele e volta faminto. Cristo, Aquele que alimenta as almas Nele há mantimento em abundância. Quem está faminto venha a Cristo, que a todos sacia! Sim, a Paz e a alegria verdadeira que você busca não está noutro sítio, apenas está em Cristo! Jesus tem poder para alimentar milhares. Ninguém ficou sem o que comer. Não tema, você que busca a Cristo, você que está faminto, Ele tem pão também para ti, o pão que Ele oferece não pode ser esgotado, alimenta e sobeja. Cristo é o Pão da vida, venha a Ele alma faminta por Deus!

O pouco que tem, trazendo a Cristo será multiplicado. A distribuição permitiu a multiplicação. Há coisas que só se multiplicarão quando houver distribuição. Quando começar a usá-las para o bem do próximo. Deus quer operar em tua vida, o milagre que você tanto busca depende também de você colocar diante de Cristo o pouco que você tem (sua pouca fé, pouco recurso seu,..)

O resto dos pães que sobejou foi recolhido Não disperdice as dádivas ou bênçãos de Deus. Saiba gerir o que Deus te deu, não desperdice. É comida que te deu? Quando se fartar não comece a disperdiçá-la.

Para oração 1. Dê-me mais amor pelo próximo, mais compaixão pelos necessitados tanto no corpo como no espírito 2. Louvor Àquele que não despede almas famintas 3. Que me alimente mais do Pão do Céu, Cristo. Intercessão pelos famintos no espírito e na carne 4. Ajude-me a pôr em acção o pouco que tenho, a depositar aos teus pés 5. Livre do disperdicio dos Teus bens, espirituais e materiais

Mateus 14:22-34

V.22 "enquanto ele despedia as multidões." Cristo amava aquela multidão. Cristo não tinha sentimento de repulsa para com as pessoas. Ele era amável para com todos. Cristo era social. Siga o exemplo. Não seja indiferente para com as pessoas

V.23 Esteja a sós com Deus para renovar as suas forças e energia, espirituais Jesus orou até ao anoitecer, Ele não se cansava de estar na presença de Deus, Ele não separou apenas alguns minutos para estar com Deus, mas tempo suficiente para estar em comunicação direta com o Pai pela oração.

Ausente-se do mundo, de todos os embaraços e esteja a sós com Deus, em espírito e em verdade, gaste mais tempo com seu Deus.

Em meio a tormenta Muitas vezes não reconhecemos a Jesus nas nossas tribulações, nas tempestades da vida, mas Ele está presente, e se revela "Sou eu". Aquele que é poderoso para acalmar a tempestade. Os discípulos tiveram medo, mas a voz de Cristo (que era conhecida por eles) dissiparia o medo ("Sou eu", é o fim de toda dúvida e temor) Mas houve aqueles que ainda não acreditavam, mas Cristo se agradou em eliminar toda a dúvida e medo.

Pedro andou sobre as águas quando estava fixado em Cristo, no que Ele disse, mas quando se fixou na tempestade começou a afundar. Quando você se fixa na tempestade você terá medo, e o medo te faz afundar. Fixe-se em Cristo e não no seu problema. Medite em Cristo e não no problema. Veja a grandeza de Cristo. Quando se sentir a afundar clame, "Senhor, salve-me" Quando estiver a submergir no mar do pecado, não tente lutar por si só com as ondas, pois de nada adiantaria, apenas clame ao Mestre e Ele estenderá a Sua mão e te salvará. Sente que a tua fé está afundando? Problemas da vida querem te tirar de Deus? Clame, "Senhor, salve-me". Cristo virá te socorrer, pois Ele está contigo para te salvar, Ele está bem diante de ti. Cristo "imediatamente" estende a Sua mão. Cristo não dá rodeios para te salvar, Ele salva logo.

A dúvida faz-nos afundar. Você pode caminhar bem, mas no momento que a sua

fé esmorece pelas dúvidas, você começa a afundar.

V.32 Cristo é quem cessa a tormenta, as tempestades da vida. A tempestade vem para nos provar e para vermos mais quem Cristo é! Senhor até das tempestades, dos problemas da vida.

V.33 "Então os que estavam no barco adoraram-no, dizendo: Verdadeiramente tu és Filho de Deus." Os milagres de Jesus em nossa vida que sirvam para que nossa fé em quem Ele é seja ampliada e O adoremos mais. Adorando-O por conhecimento e reconhecimento da Sua pessoa!

Nota: "Quarta vigília" - período das 3 a 6 horas de madrugada.

Para oração 1. Afabilidade para com todos; sociabilidade 2. Mais busca de Deus e mais tempo a sós com Ele. Valorização desses momentos e entrega total 3. Ver a presença de Deus mesmo no sofrimento e/ou problemas da vida 4. Dissipa os meus medos e minhas dúvidas 5. Olhos fixos só em Cristo e não nos problemas 6. "Senhor, salve-me". Clamor por resgaste, libertação e livramento do pecado 7. Conhecimento e Reconhecimento de Cristo, para adoração 8. Adoração a Cristo, pelo que Ele é

Mateus 14:35-36

Cristo cura todos os enfermos que se achegam a Ele

Reconheça a Cristo, ponto de partida para ver a acção dEle em tua vida. Não há enfermidade espiritual ou física que Cristo não possa curar. Nada é impossível para Ele

"Apenas tocando na sua veste, sou curado" - Demonstração de Fé Apenas crendo em Cristo, em Seu poder, e o milagre dEle acontecerá em minha vida. Apenas crendo e toda a doença espiritual vai embora.

Para oração 1. Meditação e Reconhecimento de Cristo 2. Louvor a Cristo, Aquele que não conhece impossíveis. Aquele que é minha cura e salvação 3. Toque da veste de Cristo pela fé, sendo curado de algumas doenças (físicas e/ou espirituais) 4. Intercessão pelos doentes (no físico como no espírito)

Capitulo 15 Mateus 15:1-20

A tradição dos anciãos O Tradicionalismo neles (nos fariseus) estava a frente da Lei de Deus. A religião dos fariseus era ritual e cerimonial apenas, sem espiritualidade autêntica.

Minha espiritualidade é autêntica?

V.5 Não se ausente de outros deveres, outros mandamentos principalmente no que diz respeito ao amor ao próximo por supostamente alegar querer adorar a Deus.

"Este povo honra-me com os lábios; o seu coração, porém, está longe de mim." A boca está bem perto de Deus, mas o coração muito longe. Deus é um residente na língua e no coração não. Falam bem de Deus e no coração nem estão apegados a Deus. Adoram de boca e palavras e o coração muito longe, longe de Deus. Falam de um Deus que não vive neles e nem com eles. Falam de alguém que nem amam. Eu honro, sirvo a Deus de coração ou são só palavras? Minha crença em Deus é autêntica ou só questão de meras palavras, meras teorias? Deus habita no meu coração ou só está em minhas palavras, em minhas conversas, em minhas frases? Finjo servir a Deus? Finjo conhecer a Deus? Finjo ser um adorador pelas minhas palavras? Deus tudo vê, Ele não pode ser enganado! Ele não se impressiona com a beleza de nossas palavras, se no nosso coração Ele não está, tudo é vão! Que eu possa pronunciar os atributos de Deus com o meu coração e não só com a boca. Que eu possa chamar Deus de Soberano, Rei, Senhor, partindo do meu coração e não só com palavras.

V.9 Não acrescente seus próprios mandamentos aos de Deus, pois os seus invalidariam os dEle. Que é a nossa sabedoria diante da de Deus? É um grão de areia diante de mil sacos de ouro fino! "Nunca pensemos que a religião da Bíblia pode ser melhorada por algum agregado humano, seja em doutrina ou prática" (Mathew Henry)

Tudo que Deus revelou é suficiente para nós, nada falta

O que contamina "Não é o que entra pela boca que contamina o homem; mas o que sai da boca, isso é o que o contamina." O externo não é que contamina, mas sim o interno, o que sai do nosso coração. O mal vem do coração. "Deixai-os; são guias cegos; ora, se um cego guiar outro cego, ambos cairão na cova." Aqueles que não conhecem a Deus querendo guiar os outros a conhecerem-No. Ambos caírão na perdição!

Para oração 1. Livre do ritualismo e cerimonialismo religioso 2. Autêntica espiritualidade 3. Devoção de coração, honra a Deus de coração e não só de boca e palavras. Deus no coração e não só em palavras devocionais bonitas 4. Dê-me o senso da suficiência das Sagradas Escrituras 5. Livre da contaminação. Purificação do coração, a fonte de tudo

Mateus 15:21-28

A mulher cananeia - Apenas querendo pelo menos as migalhas. Demonstração de fé

Ela disse: Tem "compaixão de mim" não "compaixão dela". Isso mostra que o sofrimento da sua filha a fazia sofrer tanto, fazia-a estar em profunda tristeza,

por isso suplicou por compaixão dela, pois estava sofrendo por sua filha, o sofrimento da filha se tornou o seu em certa medida. Para que possamos interceder pelos outros com eficácia devemos sentir a dor deles como a nossa, temos que tomar o lugar delas, e pedir a Cristo para nos aliviar, Cristo ajudando-as. Coloquemo-nos na pele do outro e sintamos a sua ferida como nossa, e a nossa oração por essa pessoa será eficaz, pois oraremos como se orássemos por nós mesmos.

A mulher: 1. Ao ver Jesus clamou : abramos os nossos olhos espirituais e vejamos a presença de Cristo, a nossa Solução, nosso Auxílio, Ajudador e Salvação. Longe de nós a cegueira espiritual. Jesus está presente para mudar o nosso caos. 2. Conhecia a Jesus ("Filho de Davi", o Compassivo, o Ajudador, cheio de virtude, poder): Devemos conhecer quem Cristo é! Ele é compassivo, amoroso, Senhor e tem virtude para operar maravilhas em nossas vidas. 3. Apresentou o seu caso ("minha filha está horrivelmente endemoninhada"): apresentemos de forma clara, simples, específica e objectiva, o nosso caso a Jesus, não demos rodeios, não tenhamos medo, Ele vai nos atender 4. Creu que podia ser ajudada por Jesus: Crer que Cristo tem poder suficiente para te ajudar é um primeiro passo, devemos crer também que Ele vai ajudar-nos pessoalmente. O que Ele fez para outros também a nós fará. 5. Mesmo Jesus parecendo demonstrar indiferença para com ela, ela não cessou de clamar. Ela foi persistente. Em sua persistência adorou a Jesus e mais expôs o seu pedido: não nos cansemos de clamar, Jesus Cristo quer ver se de facto queremos e estamos dispostos a receber a benção que pedimos ou não. Se algo é da vontade de Deus, não cesse de suplicar por ela.

"Então respondeu Jesus, e disse-lhe: ó mulher, grande é a tua fé! seja-te feito

como queres. E desde aquela hora sua filha ficou sã." O ENCONTRO COM CRISTO faz toda a diferença: "Desde aquela hora a filha daquela mulher ficou curada".

Para oração 1. Dê-me espírito de intercessão I. Por áreas x e y. Pela pessoa x e y. "Encarnação" espiritual na pessoa 2. Olhos bem abertos para ver a Cristo, Sua presença 3. Conhecimento e reconhecimento de Cristo 4. Objectividade e especificidade nos pedidos 5. Fé em Cristo e que Ele vai me ajudar 6. Espírito de persistência 7. Louvor a Cristo, Aquele que muda histórias de vidas, pelo Encontro com Ele

Mateus 15:29-38

A segunda multiplicação dos pães

Nota: Maravilho-me em Cristo, Ele curava, dava alegria ao povo, mas Ele nunca se desviou do Seu foco principal, a Salvação das almas. Por isso, Ele não ignorava a arte de ensinar o Reino dos Céus aos homens.

Que os instrumentos para a obra, os dons do Espírito não nos desfoquem do principal, a Salvação dos homens, que não negligenciemos o ensino, a pregação de Cristo nos apegando mais aos dons.

Cristo nos chama para ser distribuidores do Pão que Ele nos dá.

Quem pode alimentar as almas é aquele que de Cristo recebe o Pão. Note: O Pão não acabará até saciar a todos e ainda sobejar! Quem está com Cristo e recebe dEle a Palavra, a Revelação, é que pode comunicá-la ao povo. Ultimamente vemos homens com mãos vazias tentando encher o estômago do povo sem Pão. Que não seja o nosso caso. Estejamos unidos com Cristo e dEle receberemos a Mensagem para a Salvação do povo.

Para oração 1. Sabedoria no uso dos instrumentos espirituais para a obra 2. Empenho em ajudar os necessitados e sem me desfocar do essencial, a Salvação, o anuncio do Evangelho para a salvação 3. União com Cristo e mãos estendidas para dEle receber o Pão para dar ao povo.

Capitulo 16 Mateus 16:1-4

Os religiosos pedindo um sinal

"Ora, sabeis discernir o aspecto do céu, e não podeis discernir os sinais dos tempos?" Os fariseus e saduceus eram apenas peritos no natural, no visível e inaptos a discernir, a entender, as coisas espirituais. Não eram hábeis em assuntos espirituais, no invisível. Seus olhos eram treinados só para o visível e não para o invisível.

Não seria este também o teu caso?

"Uma geração má e adúltera pede um sinal, e nenhum sinal lhe será dado, senão o de Jonas. E, deixando-os, retirou-se." O sinal de Deus já foi dado, e não o sinal segundo os homens. Tenha olhos para ver o sinal de Deus e pare de tentá-lo procurando teus tolos sinais. Há muitos que pedem a Jesus para dá-los um sinal do Seu amor, fazendo isso e aquilo. Amigo, Jesus já te deu o sinal do Seu amor por ti, morrendo por ti na cruz, o que mais busca? Reflicta nos sinais que Deus te deu e pare de tentá-lo pedindo tolices para satisfazer suas concupiscências.

Para oração 1. Faz-me perito, hábil, em matéria espiritual, no invisível, nos mistérios revelados de Deus 2. Livre da hipocrisia que busca sinal só para tentar a Deus 3. Olhos para ver os sinais de Deus

Mateus 16:5-12

"E Jesus lhes disse: Olhai, e acautelai-vos do fermento dos fariseus e dos saduceus." Previna-se da doutrina de Hipocrisia e Racionalismo religioso

"Os fariseus eram legalistas e tradicionalistas, cuja ênfase dada ao ritual era hipócrita e espiritualmente moribunda. Os saduceus eram racionalistas, que não criam na ressurreição nem na existência de seres espirituais que não pudessem

ser naturalmente explicados." (Moody) Tenha muito cuidado para não ser um hipócrita. Elimine de ti até toda a gota do início da hipocrisia. A hipocrisia é cultivada em solo (coração) daquele que quer ser aclamado religioso, santo, servo de Deus, mas no íntimo não quer viver de acordo com a Lei de Deus e não ama a Deus e a Sua Palavra. Quer ser chamado de cristão mas não quer viver com Cristo. Quer ser visto como santo mas não quer buscar em secreto a Cristo Jesus, buscando transformação e santificação. Fora e longe de nós toda a hipocrisia! Nota: Hipocrisia é a arte de fingir ser o que não é. É a arte de fingir ser uma ovelha enquanto é um lobo. Hipócrita é um ator na vida, desempenhando o papel de uma outra pessoa diferente dela.

Não dependamos da razão humana caída, mas da lógica de Deus. Creiamos no que Deus em Sua lógica explica mesmo que não coadune com a lógica humana.

"Não compreendeis ainda, nem vos lembrais dos cinco pães para os cinco mil, e de quantos cestos levantastes?" Os feitos de Deus não são para serem esquecidos. O que Deus já fez em tua vida você não deve guardar isso no esquecimento, mas se lembrar. O agir de Deus no teu passado deve servir para te ampliar a fé no momento presente. Os feitos de Deus devem servir de ferramentas para alavancar e ampliar nossa fé nEle.

Para oração 1. Livre da hipocrisia religiosa e racionalismo humano. Ênfase na lógica de Deus! 2. Memória fresca aos moveres de Deus em minha vida

Mateus 16:13-20

A confissão de Pedro

O que outros dizem ser Jesus? O mundo tem versões e conceitos vastos sobre Jesus, tem posições diversas, pois na realidade o mundo não conhece a Cristo.

O que você diz ser Jesus? Jesus passa a pergunta a ser pessoal. Que conceito temos sobre Cristo? Conhecemos a Jesus? Quem Ele é? Quem conhece a Jesus é porque lhe foi revelado por Deus. Deus é quem revela a Cristo aos nossos corações. A carne e o sangue (isto é, o homem) não pode revelar a Cristo aos corações, apenas Deus. Que Deus nos revele mais a Cristo, para que O conheçamos mais.

V.16 A Igreja é edificada por Cristo, tem origem em Cristo, Ele é quem a dá existência. A Igreja é edificada sobre a Pedra, Cristo, por isso a Igreja é firme, pois não foi edificada sobre a areia. O inferno não tem poder sobre a Igreja. A Igreja tem poder de saqueiar o inferno e povoar os Céus. Crente, Cristo te dá poder para arrebatar almas da boca do Inferno, Ele te dá poder sobre toda potestade e principado. Aleluia!

O Poder da Igreja na Terra Cristo dá as Chaves do reino dos céus à Igreja, constituíndo-a autoridade espiritual no mundo

As Chaves da oração eficaz e autoridade espiritual estão com a Igreja. O que pedem nos Céus se manifesta na terra. As orações que se dirigem ao Pai nos Céus seus resultados se manifestam na terra. Será que conhecemos bem e usamos esta arte de ligar e desligar? Temos eficácia na oração? Estamos colhendo muitos frutos pela oração? Estamos tendo grandes coisas pela oração? Abramos os olhos e a mente e percebamos a grandeza do que Cristo nos pôs à disposição, Ele nos dá o privilégio de mover os Céus pela nossa oração. Os Céus estão à nossa disposição por Cristo Jesus. As chaves nos foram concedidas para que vejamos e presenciemos o agir de Deus em nossas vidas e na vida de outros.

Para oração 1. Conceito próprio, meu, de Cristo, revelado por Deus e não pelo homem 2. Arraigados na Rocha 3. Saqueiamento do Inferno 4. Mais conhecimento e uso da arte de ligar e desligar, a oração eficaz

Mateus 16:21-28

A Cruz de Cristo, Perder ou Ganhar O Cristão é aquele que parece estar a perder mas em contrapartida está ganhando.

V.23 Satanás influencia em certos pensamentos e palavras, até aos filhos de Deus se não tomarem cautela. Pedro não estava possuído, pois um filho de Deus não pode ser possuído por um demónio, ele fora influenciado.

Ser influenciado por Satanás leva a agir como ele, a pensar como ele. Sejamos cautelosos para nunca sermos instrumentos momentâneos do Maligno para desviar as pessoas de Cristo. Cautela em nossa fala, atitudes e acções. Também esta passagem nos mostra que aqueles que são de Deus em algum momento se não vigiarem, podem tentar nos afastar de Deus sem se aperceberem. "Qualquer pessoa que nos tire daquilo que é bom, e nos impeça de fazer muito por Deus, fala a linguagem de Satanás." (Mathew Henry) Aquele que quer nos afastar da cruz, do amor sacrificial a Deus, está agindo semelhantemente ao Diabo.

O caminho para Cristo é o caminho da cruz "Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz, e sigame;" Renúncia própria Se alguém quer seguir a Cristo deve saber dizer não à sua carne e sim a Cristo. Deve não mais viver tentando satisfazer suas ambições carnais, dizer um "basta" a todas elas!

A Cruz O que é? Quem quer seguir a Cristo deve carregar a "sua" cruz, note, "a sua" e não a de outro. A cruz é símbolo do sofrimento e morte. Carregar a cruz é esquecer-se de ti por amor a Cristo. É entregar todo o seu ser para Ele e não restar um pedaço sob o teu domínio. É morrer para as paixões carnais e viver para Deus. É não ter mais direito ou domínio sobre ti, mas tudo entregar a Cristo.

"Essa cruz não é uma doença, um inimigo, uma fraqueza, uma dor, um filho rebelde, um casamento infeliz. Essa cruz fala da nossa disposição de morrer para nós mesmos, para os prazeres e deleites. É considerar-se morto para o pecado e andar com um atestado de óbito no bolso" (Adolf Pohl) "A vida cristã é um constante seguir o líder, uma constante obediência em pensamento, palavra e ação a Jesus Cristo. O cristão segue nos passos de Jesus Cristo, em qualquer lugar que Ele o levar." (Barclay) O caminho da cruz, da auto-renúncia, é o caminho para a verdadeira vida. Aquele que entrega a sua vida a Cristo, por amor, ele a achará.

"Somos chamados a ser seguidores de Jesus e não admiradores dEle"

"Pois que aproveita ao homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua vida? ou que dará o homem em troca da sua vida?" Desapeguemo-nos do mundanismo e sigamos a Jesus, pois Ele é Vida. Fora de nós toda ambição pelo mundo e amor sacrificial a Cristo nos dirija. Não percamos de foco a vida eterna por causa das atrações mundanas, prazeres momentâneos.

"Em verdade vos digo, alguns dos que aqui estão de modo nenhum provarão a morte até que vejam vir o Filho do homem no seu reino." Claramente viu-se no Pentecostes, onde o Cristo glorificado desceu sobre eles.

Jesus conclui aqui que a cruz, a renúncia às ambições carnais, não é o fim, mas o princípio da glória. O meio de alcançarmos a glória, de sermos cheios de Deus é a renúncia e carregamento da cruz!

Para oração 1. Vigilância, livre das influências satânicas, do agir como o Diabo, do pensar como ele 2. Seguir o caminho da cruz dia-a-dia 3. A vinda do Filho em mim em glória, pelo Espírito Santo

Capitulo 17 Mateus 17:1-13

Que grande privilégio, o de ser levado para contemplar Cristo em Sua glória!

Transfiguração - transformação A glória que estava oculta em Cristo aqui se manifesta. A Luz que nEle havia se revela. Aqui nós os discípulos de Jesus vemos que Ele não é apenas um homem, mas como também o Deus Eterno, cheio de Luz e Glória. "A transfiguração tinha o propósito de sustentar a fé deles, para quando tivessem que presenciar a sua crucificação; lhes daria uma idéia da glória preparada para eles, quando fossem transformados por seu poder e feitos semelhantes a Ele." (Mathew Henry)

Os discípulos na primeira instância não entenderam a visão, estavam emocionados com o que viam, mas não compreendiam. Jesus Cristo não quer que vivamos uma vida "espiritual" movida só por emoção e sem entendimento. Que os milagres e manifestações do poder de Cristo no meio de nós não nos desfoquem da essência, Cristo, pois têm como propósito revelar a grande e poder de Cristo, centremo-nos nEle.

Elias veio, e não o reconheceram. A mesma coisa iria acontecer com Jesus, o Cristo prometido nas Escrituras. João Batista veio em espírito de Elias, segundo as Escrituras, mas os judeus não notaram. - vemos portanto a CEGUEIRA E IGNORÂNCIA dos judeus. Não somos também cegos quanto às coisas espirituais? Deus não se revela a nós e fechamos os olhos para não vê-Lo? Será que não ignoramos o compreender a Palavra, a Revelação de Deus para nós? Não caminhemos pelo mesmo caminho com os judeus.

Os discípulos entenderam que lhes falava de João Batista, mas estavam certos nesse entendimento? Claro que sim, pois se não estivessem certos Jesus iria lhes corrigir, assim como no caso do fermento dos fariseus e saduceus. "Ó Cristo, graças a ti que sempre nos corrige e não permite que estejamos no erro!" Cristo corrigia os seus discípulos ao que dizia respeito à doutrina e à vida prática. Ele não permitia que eles acreditassem em heresias ou desvios doutrinários, Cristo era e é de facto o Mestre Singular. Pela fé podemos receber os Seus ensinamentos e as Suas correcções.

Mateus 17:14-21

A cura do menino possesso

Na ausência física de Cristo, somos a solução para o mundo A Igreja é a solução para o mundo perdido e em sofrimento. É a solução para famílias que estão sendo atormentadas pelo maligno. É muito triste quando a Igreja falha em cumprir o seu propósito, quando ela não tem poder ou em pouca medida, o Diabo escraviza almas e nada é feito. Acordemos e revistamo-nos do poder de Cristo!

O Maligno está operando, infernizando vidas, não cruzemos os braços, ajamos, orando e evangelizando!

"Disse-lhes ele: Por causa da vossa pouca fé; pois em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda direis a este monte: Passa daqui para acolá, e ele há de passar; e nada vos será impossível."

Aspectos necessários para o "sucesso" na obra: 1. Fé que move montanhas Como ter? O fluir dela em mim? A fé que move montanhas provém do reconhecimento dos atributos de Deus pela alma, é a fé que tem grande noção prática de Deus. A alma repousa em Deus 2. Vida abundante com Deus Oração e jejum! O fervor e zelo nisso! Todos os elementos são indispensáveis!!! Portanto que possua todos! "mas esta casta de demônios não se expulsa senão à força de oração e de jejum." O poder de Deus flui onde há vida! Assim como o sangue flui no corpo onde há vida! Oração é a respiração da alma. Quanto mais vida com Deus, mais poder na vida. Vida com poder de Deus requer vida com Deus! Não um momento com Deus!

Nota: Há demônios que saiem com facilidade, mesmo com pouca fé e vida!

Apelo: 1. Derrube das dúvidas e descanso em Deus Aquisição da fé que move montanhas pela Graça 2. Começar a viver abundantemente com Deus e ter uma vida de jejum bíblico!

Para oração 1. Enche-nos de poder do alto, para cumprirmos a nossa missão de solução para o mundo, para famílias... 2. Concessão da fé que move montanhas 3. Vida abundante com Deus, oração e jejum

Mateus 17:22-23

Jesus prediz a Sua morte e ressurreição

Jesus sabia o que lhe esperava, com que sofrimento iria glorificar a Deus e nos unir a Ele, mas mesmo assim Ele não se esquivou da cruz. Cristo não se esquivou pois não foi forçado a escolher a cruz, Ele por amor ao Pai e aos eleitos, escolheu a cruz. Para Cristo a cruz é o auge de tudo, a essência da Sua vinda. Notemos que Cristo curou a muitos, mas será que curou a todos que estavam em todo o Israel? Claro que não, nem todos, mas a todos que se dirigiram a Ele curou. A essência da vinda de Cristo não eram curas e milagres, mas sim, o morrer pelos pecadores, para que tenham a vida eterna. Esta era a missão de Cristo: reconciliar o homem com Deus através da cruz. Criar pela cruz uma ponte que cruzasse o abismo entre o homem e Deus. Cristo alegremente dirigir-se a cruz. Que imenso amor por nós! Não nos esquivemos dos sofrimentos, angústias e rejeições que podem vir por amor a Deus. Não nos esquivemos da crucificação do "eu"! A cruz é o caminho. Crucificando o velho homem.

"e ao terceiro dia ressurgirá." Cristo tinha a visão do triunfo da Sua obra. Ele não era incerto da vitória.

Os discípulos não entendiam o propósito da morte de Cristo e não compreendiam sobre o ponto de que Cristo ressuscitaria. Dirija-se a cruz, morra para o mundo, seja enterrado morto e Deus te ressuscitará, dando-te uma nova vida, vida com e para Deus, vida de glória e triunfo sobre o pecado e todo o mal. Morrer para o mundo não deve ser um motivo de tristeza, mas alegria, pois morrendo para os prazeres carnais é que podemos viver para Deus, pela ressurreição espiritual pelo Espírito Santo.

"Não há coroa sem cruz, nem céu sem renúncia." (Hernandes Dias Lopes)

Para oração 1. Meditação profunda e séria no amor e obra de Cristo. Ele escolheu sofrer por mim 2. Não fugir da cruz (renúncia). Crucificar a carne sem rodeios. 3. Louvor Àquele que nos reconciliou com Deus pela cruz.

Mateus 17:24-27

Nosso procedimento diante das leis governamentais Aquelas leis que não contradizem a nossa fé, mesmo que não sejam justas para nós, vamos cumprí-las, assim como Jesus fez! Exemplo de pagamento de alguns impostos.

Não mostremos resistência, mas mansidão!

Da boca do peixe há moeda

Cristo é quem supre os seus. Ele faz os Seus milagres para sustentá-los. Notemos algo, Pedro não cruzou os braços e o peixe veio até ele, ele teve de segurar seu anzol e ir ao mar. Cristo não quer que sejamos preguiçosos e cruzemos os braços à espera do milagre sentados. O milagre se manifestará quando sairmos do lugar onde estamos e começarmos a fazer o que Cristo nos ordena fazer. Está faminto? Vai ao trabalho, Deus se manifestará! Está endividado? Levante-se e procure trabalho, Deus operará! Cristo nos orienta a agirmos! Só assim nossas necessidades podem ser sanadas!

Para oração 1. Mansidão diante das leis governamentais amorais 2. Livre da preguiça fingida de fé na providência divina

Capitulo 18

Mateus 18:1-4

O Maior no Reino dos Céus

Humildade, a marca de maioridade A humildade de criança A criança não se exalta, não se acha superior a outros. A criança não está preocupada em buscar grandeza, basta o amor no lar.

A criança está disposta, apta para aprender, não se julga mestre no saber, inclina o ouvido para ouvir a instrução do pai. A criança tem uma confiança plena em seu pai e ama-o.

A criança ama fazer o que seu pai faz.

Converter-se como criança significa: 1. Ter a humildade como a de uma criança, não se exaltando, não se achando superior a outrem. 2. Não buscar ultrapassar os outros espiritualmente, não lutar para ser o mais espiritual de todos, mas apenas buscar ter mais comunhão com o Pai e os irmãos. 3. Não se achar sábio, que não necessita mais de aprender, ser dado a aprender, e sobretudo recolher-se a sós com Deus para aprender a Sua Palavra. 4. Confiar de todo o coração no Pai, Deus, e entregar-se ao Seu cuidado. 5. Amar o Pai, obedecê-Lo e imitá-Lo em Seus passos. Efésios 5:1 "Sede pois imitadores de Deus, como filhos amados;"

Nota: "O menino não sente vontade de fazer-se notar; antes quer desaparecer no anonimato. Não procura a preeminência, prefere permanecer na escuridão. Só abandona sua modéstia instintiva quando cresce e começa a penetrar no mundo competitivo, com sua luta feroz pelas recompensas e os postos importantes." "Quando somos meninos não podemos comprar nossa própria comida ou manter nosso lar, ou comprar a roupa; mas jamais duvidamos de que seremos alimentados e vestidos, de que sempre teremos refúgio, calor e conforto quando voltarmos para casa." (Barclay)

Portanto, Cristo afirma que, converter-se em criança é o requisito para entrar no Reino dos Céus e o requisito para tornar-se maior. O passo para ser maior no mundo espiritual é o pôr-se no pó! O maior no Reino é o menor e desprezível aos olhos do mundo.

Para oração 1. Senhor, dê-me a humildade de criança. 2. Dê-me a confiança plena como de criança em ti, meu Pai.

Mateus 18:5-10 Jesus e a criança

Tomarei a palavra "menino" em dois sentidos, literalmente e menino designando um iniciado na fé, um recém-convertido. Cristo nos chama a amar as crianças. O que é receber a criança em nome de Jesus? É receber, tratar a criança como Cristo a trataria! É amá-la como Cristo a ama, é demonstrar o afecto de Cristo por ela. Será que as crianças ao teu redor conhecem o amor de Cristo através de ti? Será que pelo seu trato a elas, vêem como Cristo as trataria se estivesse no mundo em forma física?

Melhor a morte que fazer os outros irmãos novos na fé pecarem Somos advertidos a não servir de tropeço aos irmãos, concretamente aos novos na fé, pois ainda não estão maduros, e com facilidade podem cair. Evitemos as palavras, conversas, atitudes, acções, que serviriam de tropeço para os outros, mesmo que essas acções não sejam pecados em si Tenhamos muito cuidado para não afogar a fé de outro.

V.7 A condenação dos que fazem os outros pecarem. Condenação paira sobre todo o mundano que fizer um pequenino tropeçar. Você que não crê em Cristo e faz os pequeninos na fé pecarem, grande

condenação paira sobre vós!

Escândalos em si Vimos acima que outros podem servir de tropeço para os outros, agora somos ditos a sermos rigorosos com tudo aquilo que pode nos afastar de Deus, mesmo que seja tão precioso para nós. Há amizades íntimas que te fazem tropeçar, que te tiram da presença de Deus? Corte-as. Mas você diz: "Dói só de pensar em deixar isso e aquilo, essa amizade, essa coisa". Note algo, não dói só de pensar em tirar seu olho? Isso até te arepia, mas Jesus usou esta ilustração. Não importa o quão preciosa essa coisa, essa amizade, que te separam de Deus, corte-as. Melhor é deixar as redes sociais que te separam de Deus e ir ao céu, do que entrar no Inferno com seu WhatsApp e Facebook. Melhor entrar no céu sozinho do que ir ao inferno com seu grupo de amigos íntimos mundanos! Melhor ir ao céu e deixar seu computador, filmes, novelas, videogames, que te tiram da presença de Deus, do que ser arrastado ao inferno com essas coisas!

O que te separa de Deus? Qual é o teu tropeço? O que te estagna espiritualmente? Descubra os seus tropeços e corte, arranque-os de ti, mesmo que doa!

Para oração 1. Recebimento, tratamento, de crianças (literalmente e os novos na fé) em nome de Jesus 2. Não servir de tropeço para outros irmãos 3. Revelação dos meus tropeços, do que me estagna espiritualmente 4. Força para cortar os tropeços já

Mateus 18:11-14

A Parábola da Ovelha Perdida

"Porque o Filho do homem veio salvar o que se havia perdido."

Nota: Toda a ovelha do Pai, os eleitos de Deus, serão reunidos ao aprisco, serão salvos. Nenhum eleito não será achado.

Cristo se importa pelo perdido, "pelo perdido", isto é, Cristo se importa pessoalmente por cada perdido. Você se importa pelos perdidos? Vamos ver se sim ou não: Cristo por se importar pelo perdido deixou o céu, o louvor dos anjos e desceu à terra, somente para resgatar, achar, os perdidos. Então, você se dispõe a sacrificar pelo resgate dos perdidos? Se você se importa com eles, irá lutar para que voltem ao Pai. Sacrifique sono, noites,refeições, por amor às almas. Dê o seu máximo (pela graça) pelos perdidos. Chore e busque nem que seja uma alma, pois uma alma é preciosa para Deus e ela é insubstituível. Cristo não se contenta com o número maior de salvos em relação aos não salvos, Ele vai à busca da alma não salva. Sejamos assim também, preocupando-nos principalmente pelos perdidos! Não nos contentemos por ver quase toda a família salva, irmãos, mãe e faltar nosso pai.

Há grande alegria por um pecador que se converte Há alegria na pessoa que achou o perdido. O ganhar almas traz alegria. Não seria pela falta desta arte de ganhar almas que nossas vidas são de tristeza e não

temos grande alegria? Há alegria também nos céus, há gozo nos céus por um pecador que se arrepende. Como filhos de Deus o nosso objetivo que seja alegrar ao Pai, ganhando almas para Ele, buscando os perdidos.

A vontade de Deus não é nossa perdição.

Para oração 1. Preocupação pelos perdidos, assim como Cristo se importava. Disposição a sacrificar 2. A visão da preciosidade das almas para Deus, e que sejam também para mim preciosas 3. Acção de procura dos perdidos

Mateus 18:15-20

Como tratar do pecado de um irmão

Ao longo da nossa caminhada cristã, irmãos podem pecar contra nós, e Jesus sabia disso, por isso é que nos dá orientação de como proceder neste caso, agindo em amor. O nosso propósito para com aqueles que pecaram contra nós deve ser a reconciliação entre nós e eles, não as brigas e/ou a falta de comunhão. Se algum irmão nos ofender, pecar contra nós, devemos segundo Cristo declara:

1. Falar com ele em privado (nós os dois apenas): quando um irmão peca contra nós não devemos publicar o acontecido, falar mal dele, zombar dele em frente de outros irmãos, criticá-lo, mas sim devemos nos dirigir a ele e repreendê-lo

com amor. Falar pacificamente com ele, com mansidão e amor, mostrando-o o seu pecado e convidando-o ao arrependimento. 2. Levar duas ou três pessoas cristãs consigo em caso da pessoa não se arrepender: essas pessoas têm a missão de reconciliar vocês os dois, ajudando em fazer o outro ver o seu pecado e se confessar. 3. Em caso do segundo procedimento não surtir efeito, o caso deve ser levado à igreja (principalmente a casos que podem afectar toda a congregação), ela orará pela pessoa e falará com ela. Se não ouvir a igreja, esta pessoa será considerada como um gentio e publicano, isto é, aquele que não conhece a Deus, pois se conhecesse a Deus e tivesse intimidade com Ele teria ouvido as repreensões. E ao ser assim considerado, a igreja unanimemente se unirá em nome de Jesus em oração por essa pessoa, para que seja transformada por Deus.

Não descansemos até nos reconciliarmos com

"Ainda vos digo mais: Se dois de vós na terra concordarem acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por meu Pai, que está nos céus." "Pois onde se acham dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles." Reunir-se em nome de Jesus é juntarem-se sob a autoridade de Jesus, pela causa dEle.

"É quando somos um em amor e em propósito que nossa fé tem Tua presença e a resposta do Pai."

"Remove, nós oramos, todo egoísmo e interesse próprio, toda estreiteza de coração e estranheza que vierem a impedir a unidade." (Andrew Murray)

Para oração 1. Senhor, ensina-nos a nos reconciliarmos com quem nos ofendeu. 2. Conceda-nos união fraternal

Mateus 18:21-22

O limite do perdão

O nosso perdão não deve ter limites. Muitas vezes pecamos e nos arrependemos, pedindo perdão a Deus e Ele nos perdoou, Ele não se cansa de perdoar, assim sejamos também com o nosso próximo, perdoando sem nos cansarmos. Perdoemos e esqueçamos a ofensa e quando a pessoa pecar de novo contra nós será como se nunca tivesse pecado contra nós em nosso coração, pois o pecado dele que perdoamos já apagamos, já não nutrimos mágoas nem ressentimentos. Miquéias 7:18 "Quem é Deus semelhante a ti, que perdoas a iniqüidade, e que te esqueces da transgressão do resto da tua herança? O Senhor não retém a sua ira para sempre, porque ele se deleita na benignidade." Deus concede perdão completo, que consiste em não mais se lembrar com ira, mágoa, do pecado cometido, mas considerar como nunca tinha sido feito, sejamos assim com nosso próximo.

Para oração Pai, ensina-nos longanimidade no perdão, a não termos limites para perdoar

Mateus 18:23-35

A Parábola do Credor Incompassivo

Exposição: O rei representa Deus Dívida: o pecado Um denário: segundo Mt 20:2 é o salário de um dia de trabalho. Cem denários correspondem a 100 dias de trabalho, menos de um ano e mais ou menos 4 meses. Um talento: 6000 denários : 6000 dias de trabalho : 1000 semanas Dez mil talentos: 60 milhões de denários, aproximadamente a 164 380 anos de trabalho.(Quantia impagável)

Com essa exposição dá para entendermos que o servo que devia ao rei dez mil talentos não tinha como pagar, sua dívida era impagável, mas ao suplicar por misericórdia a sua dívida foi cancelada. Isso simboliza a nossa condição antes de recebermos o perdão de Deus, nós tínhamos uma dívida impagável diante de Deus, por nós mesmos não podíamos expiar o nosso pecado, mas Deus cancelou a dívida do pecado em Cristo Jesus. O que nosso próximo pode nos fazer não é comparado ao que fizêramos a Deus, por isso temos que perdoar. Nós tínhamos um enorme fardo de pecados e Deus nos perdoou, não podemos nós perdoar o nosso próximo por essas gotas de pecados que comete contra nós? Assim como Deus em Cristo teve compaixão de nós removendo a dívida do pecado sobre nós, a condenação que pairava sobre nós, também demonstremos compaixão para com o próximo. E ai de quem reter o perdão a quem suplica por misericórdia! "Com quanta justiça serão condenados os que, mesmo levando o nome de

cristãos, persistem em tratar a seus irmãos sem misericórdia!" (Mathew Henry) E devemos perdoar de coração não só de boca! Perdão não é algo da boca para fora, mas algo que deve partir do coração para fora!

Demonstremos misericórdia, compaixão assim como Deus fez! Perdoemos independentemente do grau da ofensa, pois nunca existirá uma ofensa igual a que cometêramos a Deus e Ele em Cristo tudo perdoou.

Para oração 1. Mostra-nos quão elevada e impagável era a nossa dívida que em Cristo o Senhor cancelou 2. Louvor ao Deus compassivo e misericordioso 3. Ensina-nos a perdoar de coração independentemente do grau da ofensa

Capitulo 19

Mateus 19:1-12

V. 2 "curou-as ali", Cristo não deu rodeios para curar, Cristo não dá rodeios para ajudar, para salvar, Ele é apto para tal, portanto dirijamo-nos a Ele com confiança.

V.3 Sempre que alguém fizer a obra do Pai, vivendo e pregando o Evangelho, levantar-se-ão pessoas que só querem fazê-la cair, tentando-a.

Casamento e Divórcio

"Por isso deixará o homem pai e mãe, e unir-se-á a sua mulher; e serão os dois uma só carne." "Portanto o que Deus ajuntou, não o separe o homem." Casamento é um propósito de Deus, para um homem e mulher. "O propósito de Deus exigia que o homem e a mulher fossem uma só carne, qualquer ruptura no casamento contraria a vontade de Deus." (Moody)

O não casar-se Isto não é para todos, nem todos podem receber isso. Nem todos podem permanecer sem se casar, mas outros que foram dados essa capacidade podem não se casar. v.12 "Pois há razões diferentes que tornam alguns homens incapazes para o casamento: uns, porque nasceram assim; outros, porque foram castrados; e outros ainda não casam por causa do Reino do Céu. Quem puder, que aceite este ensinamento."

Para oração 1. Compreensão ampliada do amor de Cristo, que se demonstra nEle se importar connosco 2. Sabedoria para responder os contradizentes e tentadores 3. Entendimento espiritual sobre casamento e divórcio

Mateus 19:13-15

Jesus abençoa as crianças

Não impeça alguém de vir a Cristo, não importa a sua estatura ou posição social ou raça. Quem quiser que venha! Cristo é terno e aceita a todo que vem a Ele.

Formas de impedir as pessoas de vir a Cristo: 1. Impedindo as crianças de participarem de cultos 2. Impedindo certas pessoas ou não convidar as pessoas sedentas e que querem cultuar a estarem connosco no culto

Jesus ama as crianças, trazemos nossas crianças ao conhecimento de Jesus, não as impeçamos do privilégio de receber o toque de Cristo. Levemos-a a Cristo em oração, anunciando-as a Palavra e cultuando com elas. Cristo impôs as mãos nas crianças abençoando-as, abençoemos as crianças, rogando para elas bênçãos espirituais.

Para oração 1. Perdão pelas vezes que impedi alguém de receber o toque de Cristo 2. Amor às crianças 3. Abençoar aa crianças, rogando bênçãos espirituais sobre elas

Mateus 19:16-26

O jovem rico

As Riquezas no coração da pessoa como ídolos

1. O jovem rico estava muito interessado pela salvação; 2. Tinha certeza de que Jesus sabia o caminho e a Ele se dirigiu;

3. Não aguentou a condição estabelecida.

Jesus disse-lhe que era só obedecer os mandamentos, e citou a segunda tábua, mandamentos que tem haver com o próximo. Mas o jovem rico disse que tudo vinha obedecendo desde criança. Mas estaria ele obedecendo perfeitamente a lei para que pudesse ser salvo por ela? Ninguém pode obedecê-la com perfeição, e quem tropeçar num ponto não pode ter a vida eterna. O jovem rico não viu em si algum erro, aqueles mandamentos que Jesus citou bastavam para levá-lo a clamar por misericórdia e a seguir a Jesus, Aquele que dá vida eterna. A nossa autojustiça pode nos cegar os olhos e não vermos erro em nós.

"Que me falta?" Algo te falta, despache o teu ídolo chamado dinheiro e siga a Jesus. Se quiser a vida eterna bandone os teus ídolos e use o Caminho dado por Deus para a salvação, que é Cristo, venha a Ele e siga-O, não tente buscar a salvação por seus próprios caminhos, pelas obras, pois não a achará, venha a Cristo pela fé e siga-O.

Há pessoas que desejam a salvação, a vida eterna, estão de facto interessadas nela, elas dirigem-se a Cristo pela Palavra, e ao verem a condição "negue-se a si, tome a sua cruz e siga-me", elas recuam. Salvação em Cristo envolve renúncia das coisas do mundo e o seguir constantemente a Cristo. Você está disposto a deixar o seu precioso ídolo que te impede de seguir a Jesus? Teu namoro mundano; Teus esportes; Entretenimentos (que te afastam de Cristo); algum prazer mundano; dinheiro no coração?

Dificilmente os ricos entrarão no Reino dos Céus O problema é quando a riqueza entra no coração, assim como no caso do jovem

rico, ela barra a pessoa de alcançar a salvação Ídolos no coração barra o caminho para a vida eterna.

"Jesus, fixando neles o olhar, respondeu: Aos homens é isso impossível, mas a Deus tudo é possível." A salvação é impossível ser efetuada pelo homem, mas possível só por Deus. Deus é quem salva, Ele é quem nos deu a Cristo, para que alcançassêmos o perdão dos pecados e fôssemos reconciliados com Ele. Ele é quem pelo Espírito Santo opera em nossos corações, dando-nos novos corações, quebrando toda a dureza em nossos corações e todo o amor ao mundo. Filipenses 2:13 "porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade." Se Deus não operasse pelo Seu Espírito e não tivesse nos dado Cristo de quem jorra toda a salvação, não poderíamos nos salvar. Louvado seja o Deus da nossa salvação! Você que busca a salvação clame a Deus pelo Seu agir em teu coração!

Para oração 1. Livre-nos da justiça própria e do amor próprio (egoísmo) 2. Ajuda-nos a abandonar todos os ídolos no coração 3. Livre-nos do amor ao dinheiro e posses materiais 4. Dê-nos amor ao próximo 5. Ajuda-nos a seguir a Cristo custe o que custar

Mateus 19:27-30

As recompensas do Reino

"E todo o que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou filhos, ou terras, por amor do meu nome, receberá cem vezes tanto, e herdará a vida eterna." Aquele que renunciou casas, irmãos, pais, família, terras, posses, por amor a Cristo. Aquele que renunciou todas as coisas por amor a Cristo, quem tudo deixou por amor a Cristo. Renunciar é abrir mão de algo, é não ter mais posse de algo e outro ter. Cristo afirma que o que renunciamos neste mundo é muito inferior ao que receberemos nos céus, maior recompensa teremos e a vida eterna. Renunciamos o mundo, pais, mãe, família, posses? Renuncie tudo por amor a Cristo. Notemos, para renunciar tudo é preciso amar a Cristo. E a prova do amor a Cristo será a renúncia de todas as coisas e de si mesmo.

Para oração Renúncia de todas as coisas por amor a Cristo. E amor verdadeiro a Cristo.

Capitulo 20 Mateus 20:1-16

Deus é quem chama

Há aqueles que são chamados primeiros para o serviço a Deus. Deus encontra-os ociosos, sem algo para fazerem, isto é, em pecados, e lhes contrata, isto é, tira-os da escravidão do pecado e dá o privilégio de servirem-no.

Ser contratado significa ser convertido.

Deus promete recompensas espirituais, vida eterna, a cada servo chamado, não importando o tempo do chamado, da conversão. Há muitos outros que foram chamados depois, isto é, os novos convertidos, os que não tiveram muito tempo a servir a Deus. Deus não mede o serviço pela quantidade de tempo gasto. Não importa quantos anos de conversão você tenha, Deus não mede o serviço a Ele pelos seus anos de conversão. Não importa quantos anos de ministério você tenha. As mesmas bênçãos espirituais e dons que Ele te dá pode dar também àquele que acaba de se converter. Invejaremos tal pessoa? Invejaremos o novo convertido sendo também usado por Deus de forma enorme como nós ou mais? Não temos razão para discutir com a soberania de Deus na distribuição de Suas graças! Notemos algo, só porque nos convertemos a muito tempo isso não faz de nós especiais diante de Deus. Isso não nos faz dignos de maior honra.

"Não me é lícito fazer o que quero do que é meu? Ou é mau o teu olho porque eu sou bom?" Deus é Soberano, Ele tem o direito de dar ou reter. Tudo que recebemos é pela graça, não há espaço para reclamarmos de Deus. Deus distribui suas bênçãos e graças aos homens do jeito que lhe aprouve. Zacarías 2:13A Cale-se, toda a carne, diante do Senhor;

"Se Deus dá graça aos outros, é bondade para eles, e não injustiça para nós". (Mathew Henry) Podemos afirmar que, se outro é concedido dons e é poderosamente usado por Deus é bondade de Deus para ele e não é injustiça para nós.

Deus nada nos deve e não é obrigado a cumprir nossos caprichos, pois Ele é soberano. Tudo é dEle e faz o que lhe convém com o que é dEle! Sejamos portanto, agradecidos com a medida de graça, de bênçãos espirituais e/ou materiais, dons, que Ele nos concede, não nos comparemos aos outros para reclamar. Na esfera natural: Há aqueles que dizem, 'ele é mais inteligente que eu, mas é menor de idade que eu e não estudou tanto como eu', pare de discutir com a soberania de Deus e agradeça pela medida de inteligência que tem. Outro diz, 'aquele tem muito dinheiro, é muito abençoado por Deus, e ele não tem muitos anos de trabalho, e eu desde anos labuto, mas não tenho riqueza igual, Deus não me abençoa como ele', pare de invejar e seja grato pelo que tem.

Para oração 1. Acção de graças pelo chamado de Deus a salvação e a anunciar o Evangelho 2. Acção de graças pelas bênçãos espirituais e materiais dadas por Deus, sem comparações para reclamações 3. Derrube da inveja e do espírito de reclamação

Mateus 20:17-19

Não fuja da sua missão, mesmo sendo dura

Não abandone o Caminho de Deus, só porque nele há rejeições de ti pelos homens, insultos, zombarias, se possível morte, morte para o pecado, crucificação da carne, se possível sofrimentos. No fim há glória, Cristo não só anunciou Seus sofrimentos e morte, como também anunciou Sua ressurreição. Foque sua mente também no fim da estrada,

a vida eterna ao lado de Deus nos céus, tenha esta visão. Nossa vida deve ser de esperança, com olhos postos no que virá.

Para oração 1. Visão do nosso Caminho para a vida. 2. Força e coragem para cumprirmos a nossa missão aqui na terra

Mateus 20:17-28

É Preciso Sabedoria para Pedir, não só Confiança em ser Atendido

1. A mãe dos filhos de Zebedeu, mãe de Tiago e João, tinha um pedido, e ela dirigiu-se a Jesus: que analisemos nossos pedidos antes de levá-los a Deus. Meditemos em nossos pedidos, que não sejamos como aquele que só fala por falar e não considera primeiro se há sabedoria no que fala ou não. Analisemos nossos desejos para com Deus, tudo deve conduzir a glória dEle. 2. Ela ajoelhou-se, adorou a Jesus e fez o pedido. Ela cria que ia ser atendida por Jesus, mas lhe faltava sabedoria em seu pedido: a fé, a certeza de que seremos atendidos é necessária, e sem ela não há sucesso na oração, mas ela deve estar baseada na Bíblia, na vontade plena de Deus e não na nossa carnalidade. Fé não é algo que nos capacita a ter tudo de Deus independentemente da vontade revelada de Deus. Fé não é uma arma para satisfação de nossos caprichos. Fé deve ir com conhecimento da Palavra, da vontade de Deus. 3. Ela serviu de intercessora aos seus filhos, mas a sua intercessão foi ineficaz, não por falta de fé ou desejo verdadeiro no que pedia, mas por falta de sabedoria: a nossa intercessão deve andar unida com sabedoria e desejo sincero

pela glória e exaltação de Deus e não do homem. Quem vai a Deus em favor de outro homem que seja para que por meio daquele pedido Deus receba a glória e não seja o nosso propósito que o homem seja exaltado. Intercessão visa a glória de Deus e o bem dos homens (eu disse "bem dos homens" e não glória e exaltação dos homens!) 4. Ela procurou grandeza para os seus filhos, buscou exaltação a eles, orou para que tivessem posições altas no Reino. Não nos é lícito orar por posições no Reino, isso cabe a Deus pela Sua graça e não por mérito.

Nossas orações, nossos pedidos a Deus devem ser motivos para que Ele receba a glória, honra e louvor.

"NÃO SABEIS O QUE PEDIS" Que declaração! O verso faz-nos entender que o pedido da mãe deles era o seu também, eles também pediram o mesmo. "Não sabeis o que pedis" , falta de entendimento no que queremos. Pedidos só pedidos mas sem ser vistas as suas implicações e o que é de facto o que pedimos. Nossas orações a Deus são sábias ou tolas? Será que Deus ao orarmos não diria "não sabeis o que pedis" ? Nós somos chamados a conhecermos os nossos pedidos, o que são, o que de facto é o que queremos, no que implica. Muitos oram "Deus faz-nos como Jesus", mas será que sabem o que é ser como Jesus? Sabem o que pedem? Ser como Jesus não é operar milagres, não é curar enfermos, não é fazer sinais. Ser como Jesus significa morte para o eu! Significa dar a vida por Deus, pela Sua causa, significa esquecer-se de ti e viver para Deus e para o próximo. Ser como Jesus não significa prosperidade nem sucesso, significa cruz nos ombros.

Saiba o que significa cada pedido que você quer fazer a Deus e no que implica, para não correr o risco de Deus te dizer "não sabeis o que pedis". Deus não se dispõe a responder nossa tolice misturada com exaltacionismo.

A Verdadeira Superioridade no Reino

"Não será assim entre vós; antes, qualquer que entre vós quiser tornar-se grande, será esse o que vos sirva; e qualquer que entre vós quiser ser o primeiro, será vosso servo; assim como o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate de muitos."

Assim Jesus quebra todo desejo mundano por superioridade. Quem quer ser maior que seja servo de todos. Alguém disse acertadamente: "Jesus é o maior no Reino e está a direita do Pai pois foi quem mais serviu".

Somos chamados para servir os outros, assim como Cristo serviu. Somos chamados a lavar os pés dos outros, assim como Cristo.

O caminho para a verdadeira grandeza (não carnal) é a humilhação de nós mesmos, nosso rebaixamento e disposição e serviço ao próximo. Este é o caminho que quebra o espírito de competição e orgulho, este é o caminho para o Reino. Cristo nos convoca a vivermos para o outro, como Ele para nós viveu.

Para oração 1. Sabedoria nas orações 2. Desejo puro, para a glória de Deus, em nossos pedidos 3. Espírito de serviço ao próximo e quebra de toda competição e disputas.

Mateus 20:29-34

Dois cegos ouviram que Jesus passava, eles não viram que Jesus passava, apenas ouviram e creram. Conheciam a Jesus, "Senhor, Filho de Davi". Criam na misericórdia de Jesus. O verdadeiro buscador não precisa ver para crer, apenas o ouvir é suficiente. A salvação vem pelo ouvir da Boa Nova, de que Jesus está perto, Ele salva, muda vidas. Crendo no anúncio sobre Cristo é que se chega à salvação. A eficácia na oração é obtida pela fé no que está escrito, sem ver, apenas abraçando a Mensagem pela fé. Para que eu veja e presencie o agir de Deus em minha vida tenho que crer que Ele está presente e apto a mudar a minha história. Temos que crer não só que Cristo opera e está presente, mas que Ele é compassivo e misericordioso, clamando Ele ouvirá. O nosso Senhor tem o coração cheio de misericórdia, portanto não temamos nos dirigir a Cristo, não importa o nosso estado, Ele é misericordioso.

A multidão repreendeu-os, queria silenciá-los, mas eles não calaram, mas intensificaram o clamor. Não permita que as vozes dos outros te impeçam de buscar a Cristo. Não permita que os comentários do mundo, da multidão afoguem a tua fé. Muitos dizem que teu caso é sem esperança, não cesse de clamar a Cristo por misericórdia por causa dessa palavra. Outros dizem que você não tem meio de ser restaurado, não cesse, clame mais a Cristo. As vozes não devem nos fazer frouxar na fé. Sejamos surdos para o que o mundo diz para nos paralisar.

" E Jesus, parando, chamou-os e perguntou: Que quereis que vos faça?"

O CHAMADO EFICAZ Quando Cristo chama eficazmente é para dar transformação de vida, é para passar de cego a ver. Quando Cristo chama eficazmente a pessoa, ela é transformada, sua vida é radicalmente mudada. Jesus parou. Cristo ouve e se interessa pelo que O chama. Cristo viu que aqueles homens eram cegos, mas perguntou o que queriam que lhes fizesse, pois Cristo deseja nos ouvir. Cristo se interessa pelos clamores sinceros, Ele dá atenção ao que o busca com fervor, interesse e persistência. Portanto, sejamos persistentes na oração, pois Cristo se interessa em nos ouvir, e Ele quer ver a nossa persistência, nosso verdadeiro desejo pelo encontro com Ele. Cristo conhece os nossos problemas e desejos, mas Ele auer que abramos nossas bocas e sejamos específicos diante dEle, sem indirectas. Esta é a necessidade da oração. Os dois cegos apresentaram com clareza e objetividade o seu caso, foram diretos. Sejamos específicos e diretos em nossas petições. Com Cristo não precisamos de falar indiretamente

"E Jesus, movido de compaixão, tocou-lhes os olhos, e imediatamente recuperaram a vista, e o seguiram." A operação eficaz e imediata de Cristo. Ele não falha, não há enfermidade que Ele não conseguiu remover, não há pecador que não possa salvar, não há pecado que não possa expiar, remover de nós. Ele tudo pode, a virtude para salvar nEle está.

Cristo é Aquele que é compassivo, Ele age por amor. Ajudemos também os outros por compaixão, amor, e não por auto-exaltação. Cristo tocou em seus olhos e eles se abriram. O toque de Cristo faz maravilhas.

Eles depois o seguiram. A maravilha do toque de Cristo em nós deve nos levar a seguí-lo, a viver para Ele. As respostas de Cristo às minhas orações devem ser o motivo de eu seguir com mais entusiasmo a Jesus.

Para oração 1. Ouvidos bem abertos ao Evangelho 2. Fé na Mensagem e na misericórdia de Cristo 3. Persistência na oração 4. Orações eficazes, específicas 5. Operação de Cristo em meu favor 6. O seguir constantemente a Jesus 7. Compaixão pelos outros

Capitulo 21 Mateus 21:18-22

Nota introdutória: Se a figueira tiver folhagem é mister que tenha frutos.

Folhagem apenas e sem frutos Aparências e sem frutos espirituais

Beleza externa mas na realidade sem algum fruto. De longe a figueira parecia ter frutos, aparentava ter, mas nenhum tinha. Simboliza muita religiosidade mas sem fruto espiritual. Aparência de piedade mas sem seguí-la. Cara de santidade de longe e vida depravada de perto. Muitos são santos notáveis de longe, mas ao aproximar-se deles, vê-se toda a

sua esterilidade e falsidade. Muita folhagem, nenhum fruto. Muitos "cultos", "orações", aparência religiosa, mas na realidade sem vida com Deus, sem frutos espirituais, bondade, amor, fé, paz,... Cristo não amaldiçoou a figueira para demonstrar o Seu poder ou porque estava irado, Ele amaldiçoou-a para nos dar ensino espiritual dos religiosos da sua época e de todas as eras, os cristãos de aparências. As folhas da religiosidade não bastam, precisa-se de frutos. Carregar nome de cristão, pentecostal, batista,.., frequentar lugares de culto, ler a Bíblia, tudo é apenas folhagem, não basta ter só a folhagem, necessita-se de frutos, de vida com Deus, amor ao próximo. Há muitos que sabem enganar com a sua aparência externa, fazendo com que outros pensem que é um santo, um verdadeiro cristão, mas ele é sem frutos de cristão. Que não sejamos estéreis espiritualmente!

Jesus amaldiçoou a figueira e ela secou

O cristão de aparências, o estéril, o seu fim é cair em condenação, em maldição.

Os discípulos de Jesus se maravilharam do que Jesus fez com a figueira e Ele lhes mostrou o como podiam fazer o mesmo e mais, pois Cristo queria lhes formar para fazerem as mesmas obras dEle e até maiores sendo por Ele capacitados. Cristo não nos quer apenas admirando os seus feitos, Cristo quer que sejamos como Ele, por isso Ele explicou como fazer as coisas. Cristo nos diz que a razão é a fé, através dela não só a figueira, até os montes nos ouviriam. A fé faz o impossível acontecer.

Monte ou montanha aqui significa situações ou casos bem graves ou complicados, problemas impossíveis de serem solucionados humanamente. Mas a fé remove os montes do lugar e precipita-os no mar.

A Oração Unida com Fé A oração move montanhas. Não há outro meio para mover essas montanhas da sua vida, seus problemas, situações impossíveis ao homem, a oração é o único meio. O segredo do sucesso na oração é a fé, orar e crer que receberá o que pediu. O crente que crê sai do lugar da oração tão alegre, pois crê na resposta divina. A fé dá alegria ao suplicante, pois é a certeza da resposta.

Para oração 1. Livre-nos do cristianismo só de nome e aparências 2. Dê-nos frutos espirituais, bondade, amor, almas 3. Encha-nos de fé em Ti na oração. Fé que move montanhas

Mateus 21:23-27

"estando a ensinar" Jesus amava ensinar e era diligente a ensinar, aproveitava toda a ocasião para ensinar. Seja diligente a partilhar os assuntos espirituais, a Palavra da vida.

A autoridade de Jesus foi questionada. Os principais dos sacerdotes e do povo sabiam com que autoridade Jesus operava, mas eles se endurecerem. E Jesus sabia que eles tinham esse

conhecimento. Jesus não pode ser enganado, Ele conhece a mente do homem e os desígnios dos corações. Tentar mentir para Jesus é mentir para ti mesmo! Não tentemos mentir para Cristo, quer por acções, palavras ou desejos.

"todos consideram João como profeta" e vós? Eles conheciam a verdade, mas resistiam-lhe, faziam de tudo para reprimí-la de seus corações. Não fazemos o mesmo? Conhecendo a verdade e não nos importando com ela? Sabemos quem Cristo é, mas este conhecimento dEle nos leva a nos rebaixar e ser discípulos? O conhecimento de quem Cristo é, deve nos levar à prática da Palavra. Não seja indiferente quanto a Cristo como os principais dos sacerdotes, e nem lute contra Cristo, tentando ofuscar a Sua Palavra e resistindo-lhe.

Para oração 1. Amor e diligência na obra evangelística 2. Não tentar enganar a Cristo, quer por acções, palavras ou desejos. 3. Conhecimento prático de Cristo.

Mateus 21:28-32

A Parábola dos dois filhos - Importa acção e não só palavras

1. O filho que disse "sim" mas não agiu segundo a sua palavra - os faladores e teóricos espirituais mas sem prática do que dizem e prometem.

A obediência é muito melhor que a mera palavra de aceitação à obediência. Quão muita palavra de "disposição" para obedecer a Deus e pouca ou nenhuma obediência. Muita confissão de que serviremos a Deus custe o que custar, mas tudo pára na palavra, na prática é outra história. Em oração até dizemos a Deus que a Ele nos rendemos e tudo que Ele disser faremos, mas tudo pára na teoria. Deus não procura palavras vazias de vida, mas acção verdadeira e de coração. 2. O filho que disse "não" e depois se arrependeu e obedeceu Pecado é o resistir à Palavra de Deus. Dizer "não" a Deus é pecado. Não ter disposição, entrega a obedecer ao que Deus te diz é rebeldia. O Pai diz e o filho nega, é uma grande rebelião, e isso desagrada a Deus. Note algo, o pai na nossa narrativa não forçou os filhos a trabalharem. Deus a ninguém força a obedecê-Lo, pois Deus quer obediência por amor a Ele e não por obrigação. Não há serviço verdadeiro a Deus que seja feito por obrigação. Todo serviço feito não de coração mas por obrigação não é serviço a Deus! Você obedece os mandamentos de Deus porque se sente obrigado e tem medo do Inferno, e não porque ama a Deus e a santidade? Fique sabendo que toda essa obediência não é para Deus, pois Deus quer ser obedecido de coração e não por força, obrigação ou por medo do inferno.

Rabia disse: "SE EU TE ADORAR POR MEDO DO INFERNO, QUEIMA-ME NO INFERNO, SE EU TE ADORAR PELO PARAÍSO, EXCLUA-ME DO PARAÍSO, MAS SE EU TE ADORAR PELO QUE TU ÉS, NÃO ESCONDA DE MIM A TUA FACE!” O segundo filho que disse a sua realidade depois se arrependeu, e a prova do seu arrependimento consistiu em ele fazer o que o pai lhe tinha dito para fazer. Quantos dizem que se arrependem de terem desobedecido o que Deus lhes disse para fazer ou ser, mas eles não começam a obedecê-Lo, prova da falsidade do

seu arrependimento. Arrependimento consiste em nos voltarmos para o que nos fora dito e tínhamos rejeitado anteriormente. O segundo filho mudou o seu estilo de ser e começou a obedecer o pai e de coração.

Nota: O primeiro filho representa os judeus religiosos, fariseus, saduceus, escribas, homens que se gabavam pela Lei, e diziam "sim" aos mandamentos de Deus, mas sem andar neles. O segundo filho representa os publicanos e prostitutas, gente que era reprovada aos olhos dos religiosos, mas essa gente ouvindo a pregação de João creram e viveram para Deus, mesmo primeiramente terem vivido de forma mundana.

O Reino dos Céus não é para teóricos, faladores, religiosos hipócritas, mas sim para os de coração puro, que seguem o que Deus diz a eles.

Para oração 1. Senhor, livre-nos da rebeldia contra ti 2. Disposição para obedecer a Deus de coração 3. Impeça-nos de ser meros faladores religiosos mas sem prática da Palavra em nossas vidas

Mateus 21:12-14

A purificação do templo

O Templo necessitava de purificação, pois estava cheio de impurezas e Jesus entra no templo e o purifica Não era errado vender, mas devia ser no lugar ideal e não no templo, lugar consagrado à oração. Em certos lugares de culto se exaltam demais piadas, conversas sobre as novidades seculares, debates sobre moda, filmes, e mais coisas seculares que em si não são pecado, mas tornam-se pecado pois estão sendo feitas no lugar errado e tempo errado para tal. Lugar de culto não é para brincadeiras, não é para conversas seculares, não é lugar para tratar de negócios, é para nele buscar a face de Deus. Há muitas coisas que se Jesus entrasse dentro dos lugares de culto Ele removeria. Há muitos homens quebrados e sem vida com Ele que se põem de pé no altar e pregam. Há muitos líderes de louvores que cantam mas vivendo no pecado. Há muita fofoca, brincadeiras, piadas,.. Sejamos zelosos pela santidade de Deus, não tolerar que ela "seja" manchada. Se Cristo entrar em sua vida algumas coisas terão que ser evacuadas, removidas por Ele. No teu coração há uma mesa de venda, há um ídolo chamado dinheiro, ou outro pecado? Cristo quando entra derruba este ídolo, este altar em teu coração.

Para oração 1. Livre-nos de corromper o lugar de oração 2. Livre-nos de corromper os nossos cultos, priorizando mais o mundanismo e rebaixando o Senhor 3. Cristo, entra em meu coração e evacue tudo que não dignifica ao Senhor

Mateus 21:33-46

Privilégios acarretam responsabilidade

O proprietário - Deus Os lavradores - os judeus religiosos O filho - Jesus Cristo

Deus nos chama para darmos frutos. Não fomos chamados para esterilidade ou inutilidade. Oremos como João Wesley orou : "Senhor, não permita que eu viva inutilmente".

Estamos dando frutos diante de Deus?

Os Israelitas foram dados muitos privilégios, eles tinham as promessas e a Lei de Deus. Deus queria que dessem o fruto do bem, da obediência, mas não deram. Deus por muito os amar enviou Seus mensageiros, os profetas, mas eles os mataram, e não quiseram ouví-los. Eles não queriam dar frutos para Deus. Deus te dirige a Sua Palavra para que você possa mudar e viver para Ele, mandando Seus servos para te anunciarem, mas você tem fechado seus ouvidos e se endurecido. Um dia irá se arrepender! De Deus não se zomba. Se Deus nos deu o privilégio de ter a Palavra dEle, a Bíblia, devemos rendê-lo obediência. Os lavradores mataram o filho do proprietário da vinha fora dela, isto fala da morte de Cristo fora da cidade.

A natureza humana é inimiga de Cristo e busca matar a Cristo, pois pensa que Ele estragaria o seu prazer e "alegria". Muitos desejariam que Cristo tivesse permanecido morto, desejariam que Deus não existisse, O matariam se pudessem, para poderem viver como querem, em

paixões mundanas. Você desejaria que Deus não existisse para viver de qualquer jeito? Você desejaria que não houvesse Deus, nem céu nem inferno, só para viver no pecado? (Não deixe que seja a tua língua a responder essas questões, pois pode te enganar, que sejam os teus desejos e teu coração)

Rebelar-se, desobedecer a Deus traz juízo e condenação. Ai de quem rejeitar o amor de Deus! Ai de quem agir de forma contrária à Palavra de Deus!

Nota: Vemos nesses lavradores que não queriam ser servos, mas senhores, seus próprios proprietários. O homem por natureza, antes da conversão, quer ser seu próprio proprietário, seu próprio senhor, quer ter suas próprias leis, criadas pela sua mente caída. O homem irregenerado não quer ser governado por Deus, não quer servir a Deus.

A natureza carnal luta para tomar posse daquilo que é de Deus, luta para ter autoridade, senhorio de Deus. Quer autoridade, poder e auto-exaltação.

Para oração 1. Que demos frutos para Deus. Que não vivamos inutilmente 2. Obediência pelos privilégios dados, de ter a Palavra, ... 3. Submissão ao senhorio de Deus 4. Intercessão por aqueles que rejeitam a Cristo e lutam contra o senhorio de Deus

Capitulo 22 Mateus 22:1-14

A Parábola do Banquete Nupcial - A Evangelização, o Chamado à Conversão, Salvação O Banquete Nupcial representa a salvação. Receber a salvação é participar da festa. Receber a salvação origina alegria e não tristeza. Ser cristão é uma alegria e não um peso. O rei é Deus. O Filho é Cristo Participar das bodas representa a salvação. Os servos são os mensageiros de Deus, profetas, apóstolos, todos os ministros de Deus. Os convidados (os primeiros) são os judeus.

Negar o ir às bodas significa rejeitar a Mensagem de Deus. Não é que não tinham tempo para ir às bodas, mas é porque não queriam ir. A pessoa não recebe a salvação, não busca a Deus, não por falta de tempo, mas por falta de vontade e interesse. João 5:40 "mas não quereis vir a mim para terdes vida!" Deus te chama a oração e você se dá desculpas dizendo que é muito ocupado, mas na realidade não é que você é ocupado, você não quer orar, não tem vontade nem prazer em orar! Leonard Ravenhill disse acertadamente certa feita: "O dia tem 24 horas, você tem 8 horas de trabalho, 8 horas de descanso e o que faz com as outras 8 horas?"

Nunca existiu um homem mais ocupado que Jesus, mas Ele foi o homem que mais permaneceu na presença de Deus, homem que mais buscou a face de Deus. Tudo está preparado para nós, o céu está preparado para nós, a vida eterna está disponível para nós, resta apenas aceitá-la, ouvindo o chamado de Deus pelos

seus servos. Amigo, o jantar está pronto, você não precisa fazer algo, tudo foi feito. Você não precisa tentar fazer o seu céu ( coisa impossível), sua própria vida eterna, apenas é só aceitar o convite de Deus.

A salvação não é pelos seus esforços, ela foi preparada por Deus.

Muitos judeus não fizeram caso da mensagem dos ministros de Deus, e mataram muitos deles. A ira de Deus recaiu sobre todos os assassinos dos profetas, dos ministros de Deus. Não rejeitemos a Mensagem de Deus.

O Chamado Universal - Evangelização Mundial O chamado do Evangelho é agora universal, todo o mundo é chamado a crer em Deus. O chamado de Deus, o Evangelho não mais se confina ao território de Israel, mas em todo o mundo, com a morte de Cristo. Amigos e irmãos, vamos convidar o máximo de pessoas a crerem no Evangelho. Vamos anunciar a muitos o possível a Palavra da vida eterna, o Evangelho. Eis a Mensagem: Isaías 55:1. Ó vós, todos os que tendes sede, vinde às águas, e os que não tendes dinheiro, vinde, comprai, e comei; sim, vinde e comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e leite.

Ajuntar tanto maus e bons significa que todo o mundo é chamado, todo o mundo é dado o privilégio de ouvir a Palavra. O chamado universal, o ouvir o Evangelho é para todos, mas nem todos desfrutam da salvação, apenas os que crêem no Evangelho, aqueles que vestem as vestes nupciais, aqueles que crêem em Cristo.

Ninguém estará no Reino sem as vestes nupciais, sem ter se vestido de Cristo. Você crê em Cristo? Ele é a tua justiça? Não devemos tentar fazer nossas próprias roupas, não devemos tentar fazer nosso próprio salvador (boas obras, justiça própria), as roupas para as bodas estão providenciadas, o Salvador está providenciado para nós, Cristo Jesus. Não procure um outro Salvador, uma outra Justiça, pois não há outro. Deus não pode ser enganado. Ninguém pode entrar no gozo do céu sem Cristo no coração. Deus não pode ser iludido ou se enganar e te deixar entrar no céu só porque você se junta à igreja todos os domingos. Ninguém escapa ao olhar de Deus! Aqueles que não estiverem qualificados para estarem no Reino dos Céus serão precipitados no inferno. Muitos ouvem a Palavra, participam de cultos, mas apenas aqueles que crêem em Cristo é que serão salvos, é que estarão com o Rei. Não basta você estar na igreja, não basta ter ouvido o chamado externo do Evangelho, você deve vestirse de Cristo pela fé, reflectir a imagem dele, ter a pureza dEle.

Nota: "Você, que já buscou saciar sua alma com tantas coisas e prazeres, venha a Jesus. Ainda há um lugar no banquete! Você, que está com carácter deformado, venha a Jesus. Ele pode restaurar sua vida. Você, que está cego e precisa ver, venha a Jesus." (Hernandes Dias Lopes)

Mateus 22:15-22

Os fariseus queriam apanhar Jesus numa palavra, queriam que Ele falasse algo que iriam usar contra Ele, mas não conseguiram, pois Jesus era sábio e não falava qualquer coisa, da pouca não saíam palavras impensadas ou ditas por apenas emoção, mas cada palavra dele destilava sabedoria.

Que falemos como Jesus, com cautela e sabedoria! Colossenses 4:6 "A vossa palavra seja sempre com graça, temperada com sal, para saberdes como deveis responder a cada um." Que as nossas palavras, conversas sejam tais que, mesmo os nossos inimigos não consigam achar um erro pelo qual possam nos acusar.

Os fariseus tinham discípulos, e esses discípulos eram formados por eles também na malícia. Por isso Jesus disse: Mateus Cap. 23 | NAA 15 —" Ai de vocês, escribas e fariseus, hipócritas, porque vocês percorrem o mar e a terra para fazer um prosélito; e, uma vez feito, o tornam filho do inferno duas vezes mais do que vocês!" Nossa missão é de fazer discípulos. Cuidado com quem você está discipulando, pois pode estar formando alguém para o inferno! A qualidade do teu discipulado dependerá de quem você é, se você é um com Cristo, aqueles que irá discipular terão essa imagem também, a imagem de Cristo. Se você vai para o céu, você discipulará para o céu. Se você não conhece a Cristo e não vive para Ele, você é essa a imagem que irá transmitir aos teus discípulos, você os fará muito provavelmente piores que você. Não sejamos como os fariseus!

Os discípulos dos fariseus chamaram Jesus de Mestre. Eles o chamaram de Mestre não de coração, mas da boca para fora. Nem todos que chamam Cristo de Mestre são Seus discípulos, nem todos que o chamam de Mestre reconhecem-o como Mestre. Chamaram Jesus de Mestre também porque tinham ouvido os outros o chamarem assim. Muitos chamam Jesus de seu Senhor e Rei porque ouviram outros que dizem isso verdadeiramente, pois Cristo é Senhor na vida deles e

reina em seus corações, mas eles não tem vida com Jesus e só são papagaios das palavras de outros que as tiram do coração. Não é teu caso? Você diz: "Jesus é salva e transforma vidas radicalmente." Mas você nem é salvo, não tem uma vida transformada, apenas ouviu dos outros essas palavras, mas não as vive! Eles elogiaram a Jesus, o que eles disseram como elogio era pura verdade, mas não saía de seus corações, era só bajulação. Mas Jesus não caiu no engano, Ele discerniu tudo. Não nos deixemos levar por elogios, sejamos cautelosos e sábios. Em vez de Jesus se concentrar no elogio e se exaltar, discerniu o que estava oculto. Em vez de se orgulha pelos elogios, saiba discernir, pois nem todo aquele que te elogia tem boas intenções. E discerna bem, para que os elogios não sirvam para ti de tropeço, fazendo-te cair no orgulho, na auto-exaltação.

Um dilema: Se Jesus tivesse dito que é lícito pagar impostos a César, seria odiado pelos judeus, pois estaria aprovando a escravidão deles, e comprometeria a Sua messianiadade. Se tivesse dito não, teria sido acusado de rebeldia contra César. Ou era estar com César e contra os judeus ou vice-versa. Mas Jesus era o Sumo Sábio, quebrou o dilema. Entre sim e não, não existe outra opção segundo a nossa lógica, mas a lógica de Cristo ultrapassa os limites da nossa lógica e sabedoria.

Cristo chamou-os de hipócritas. Cristo não temia revelar à pessoa a sua identidade. Temeremos declarar à pessoa a sua identidade, seu carácter? Há momentos para confrontar os falsos e hipócritas, para que mudem!

21 "Responderam: De César. Então lhes disse: Dai, pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus." O dinheiro tinha a imagem de César, e este exigia imposto com seu dinheiro, é

lícito César receber o que é dele. A Deus cabe nossa adoração e devoção de todo o coração. Nós temos responsabilidade de dar às autoridades humanas o que é devido a elas, como o pagamento de impostos, recesseamentos,... O cristianismo não nos isenta de cumprirmos com as obrigações para com o Estado (contacto que não violem a Lei de Deus) I Pedro Cap. 2 | NBV 17 Mostrem respeito para com todos. Amem os irmãos em toda parte. Temam a Deus e respeitem o governo. Romanos Cap. 13 | NBV 1 Obedeçam às autoridades governamentais, porque Deus foi quem estabeleceu todas elas. Não há governo, em parte alguma, que Deus não tenha colocado no poder.

Mateus 22:23-33

Os saduceus não criam na ressurreição, se alguém morreu, morreu. Esta era a visão deles, visão falsa e anti-escriturística. Em o quê que as suas doutrinas se sustentam? No teu pastor, na tua mente, nas tuas "visões", sonhos...? A base da doutrina deve ser as Sagradas Escrituras.

O exemplo dos 7 irmãos dado pelos saduceus era para escarnecer da ressurreição, pois não criam nela. Os saduceus escarneceram da Palavra e do poder de Deus. Não incorramos no mesmo pecado! Creiamos em tudo que está revelado, peçamos entendimento espiritual e creiamos em quem Deus é.

A resposta de Jesus aos saduceus e à sua questão

Mateus Cap. 22 | NAA 29 Jesus respondeu: — O erro de vocês está no fato de não conhecerem as Escrituras nem o poder de Deus.

1. Não conheciam as Escrituras Jesus usou uma passagem bíblica para mostrar sobre a ressurreição, passagem que eles conheciam mas nunca a entenderam espiritualmente. Não somos como esses, que não conhecem a Palavra na Sua essência, só conhecem a letra e não o espírito da Palavra? Conheçamos a Palavra, leiamos a Bíblia, roguemos por entendimento espiritual da Palavra. 2. Não conheciam o poder de Deus Os saduceus pensavam que Deus não tinha como dar ressurreição e resolver o que implicará pela ressurreição. Eles tinha criado limitações ao poder de Deus. Creia que Deus é o Todo-Poderoso. Creia no poder de Deus, nada é impossível para Ele.

Mateus 22:34

Tapando a boca dos incrédulos

Jesus era cheio de conhecimento da verdade e sábio. Ele é a própria Verdade Os saduceus foram silenciados por Jesus Eis as razões: Jesus Cristo tinha conhecimento profundo e sólido da Verdade, era sábio e tinha o Espírito Santo sem medida. Ele conhecia os seus inimigos, conhecia cada pessoa ou grupo com quem estava a interagir. Um homem cheio de Deus tem poder para tapar a boca dos incrédulos, pois

Deus nEle está e ilumina a Palavra conhecida tornando-a viva e eficaz; tem um brilho na mente e coração e língua de erudito. Isaías 11:2 "E repousará sobre ele o Espírito do Senhor, o espírito de sabedoria e de entendimento, o espírito de conselho e de fortaleza, o espírito de conhecimento e de temor do Senhor." Efésios 1:17 "para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos dê o espírito de sabedoria e de revelação no pleno conhecimento dele;"

E sobre Estevão se diz: Atos 6:10 "e não podiam resistir à sabedoria e ao Espírito com que falava."

O segredo para que os ímpios e incrédulos não prevaleçam contra nós é conhecimento, pelo Espírito de conhecimento, sabedoria e revelação. Aquele que fala pelo Espírito e não apenas pela boca é que não pode ser resistido.

Muitos de nós somos calados a boca por descrentes e pelos hereges e falsos irmãos, pois somos bebés nas sagradas escrituras, pouco conhecimento da Palavra temos e muito desse conhecimento não é iluminado pelo Espírito Santo. É um conhecimento muita das vezes emprestado de outros cristãos que copiaram de outros cristãos que obteram-no do Espírito de conhecimento e revelação. Não somos cheios do Espírito de conhecimento e sabedoria, isto é, do Espírito Santo, mas cheios de teorias e de nós mesmos. Falamos pela nossa própria força e boca, por isso, há fraqueza em nossas palavras e com facilidade são resistidas e ficamos sem o que dizer. Devemos como Estevão falar pelo Espírito Santo. Espírito Santo seja o nosso coração, nossa mente e nossa boca.

O exemplo de Apolo Atos 18 24. Ora, chegou a Éfeso certo judeu chamado Apolo, natural de Alexandria, homem eloqüente e poderoso nas Escrituras. [Busquemos profundo conhecimento e entendimento das escrituras, e sejamos poderosos nelas, conheçamos a Palavra, estudêmo-la com muita precisão e entusiasmo]

28. Pois com grande poder refutava publicamente os judeus, demonstrando pelas escrituras que Jesus era o Cristo. Tito 1:9 "retendo firme a palavra fiel, que é conforme a doutrina, para que seja poderoso, tanto para exortar na sã doutrina como para convencer os contradizentes."

Nota: Sabedoria para tapar a boca dos contradizentes ou convencê-los não consiste em discussões desnecessárias. Há momentos é que a sabedoria poderá se manifestar em você calar, como Cristo também fez, principalmente no momento dos seus sofrimentos.

Para oração 1. Cheio do conhecimento da verdade 2. Cheio de Deus, do Espírito de conhecimento, entendimento e sabedoria 3. Fala do Espírito em nós

Mateus 22:35-40

O Grande Mandamento

Um certo pastor, Paul Washer disse assim: "O maior ou o grande pecado consiste na desobediência do grande mandamento". Concordo com tal afirmação, portanto, empenhêmo-nos em cumprir este grande mandamento, pois é o resumo de todos.

O Mestre afirma: "Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento.

E o segundo, semelhante a este, é: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo." O amor a Deus e ao próximo é o cumprimento de toda a Bíblia. Vejamos algo, nos dez mandamentos, do primeiro ao quarto mandamento se resumem em amar a Deus, e de quinto ao décimo se resumem em amar ao próximo.

Em que consiste amar a Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento? Significa apreciá-lo, adorá-lo, louvá-lo, buscá-lo, ocupar o primeiro lugar em teu coração, teus planos e acções, conhecê-lo, reconhecê-lo, meditar nEle, viver para Ele, estar sempre com Ele, ter comunhão com Ele, Ele ser o centro da tua vida, teus desejos e anelos.

Em que consiste o amar ao próximo? 1 João 3 16. Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a sua vida por nós; e nós devemos dar a vida pelos irmãos. [Amar ao próximo consiste em dar a sua vida pelo próximo, viver para o próximo] 17. Quem, pois, tiver bens do mundo, e, vendo o seu irmão necessitando, lhe fechar o seu coração, como permanece nele o amor de Deus? [Amar o próximo

consiste em se preocupar pelo seu bem-estar e ajudá-lo de coração] 18. Filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obras e em verdade. Amar o próximo é fazer a mesma coisa que Cristo fez por ti, esvaziando-se de si, viver para bem do outro. Consiste em se preocupar por toda a pessoa, corpo, alma e espírito. Aquele que ama busca o bem-estar físico, espiritual e emocional da pessoa, não negligencia nem sequer uma área. Vemos isso em Cristo, curou por amor, salvou almas por amor, deu palavras de promessas e esperança aos oprimidos. Amar o próximo é cuidar dele, ajudar em toda a sua necessidade, material, espiritual ou emocional. E o cuidado deve ser o resultado do amor que há dentro de nós. O apóstolo Paulo diz: 1 Coríntios 13:3 "E ainda que distribuísse todos os meus bens para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria." O que nos move a ajudar deve ser algo que está dentro de nós, o amor de Cristo derramado em nossos corações. Romanos 5:5B "porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado."

Para oração 1. Compreensão do grande mandamento 2. Amor a Deus. Meditação nEle, centro das minhas atenções, anelos, adorá-lo, louvá-lo, buscá-lo, me ocupar nEle. PASSAR MAIS TEMPO COM DEUS QUE COM OS HOMENS. 3. Amor ao próximo. Fazer bem ao outro. Dar a vida pelo outro, sem esperar algo em troca, como Cristo fez. Servir o próximo

Capitulo 23 Mateus 23:1-28

SAIBA COAR Não olhe para o homem, mas para a Palavra. A vida do homem não deve ser para ti uma barreira para receber a Palavra. Se a pessoa falar da Palavra, verdadeiramente, escute e siga-A, sem se importar se o pregador faz o que prega ou não. A vida do pregador não deve ser um obstáculo para o recebimento da Mensagem e aprofundamento da fé. A sua fé deve se basear na Palavra anunciada e não no pregador. O teu foco não deve ser o pregador, mas a Mensagem. Quantas pessoas perdem muitas bênçãos espirituais, muito ensino, só porque olham para o pregador e dizem que ele nem faz o que diz.

A pregação do que não se experimenta Prega o que experimenta, o que faz? Há quem pregue a separação com o mundo, o deixar o mundanismo e paixões carnais, mas só fala para os outros e para ele não. Nem se dispõe, nem se preocupa em procurar fazer o que diz ais outros. Pregue a Palavra primeiro para ti sozinho antes de anunciá-la aos outros. A transformação deve começar por ti. Você deve ser um exemplo vivo de que a Palavra que prega é poderosa para mudar vidas.

Exibição! Só para serem vistos Não fazemos o mesmo? fazendo as coisas espirituais só para sermos vistos. Sua devoção é entre e você e Deus, outros não interfiram. Não amemos aplausos e elogios. Nossa santidade, nossa espiritualidade não deve ser de fachada e que só está focada em aplausos.

Há quem gosta de ser visto por toda a vizinhança e toda pessoa possível de que ele vai à igreja, é "cristão", mas quando está nas quatro paredes o seu cristianismo e espiritualidade caiem por terra. Só é cristão quando há presença de muitos.

Auto-exaltação! Não queira ser chamado de nomes só para a tua glória! Somente nome e sem poder nada significa!

Pode ser chamado de grande cristão, grande santo, pastor,... se não houver poder você está num caos.

Não ostentemos títulos, só para nos exaltarmos. Jesus não proibiu concretamente o uso de títulos hierárquicos, como o título de mestre, pai espiritual, ... ele está condenando a ambição por esses títulos e o querê-los para a sua auto-exaltação como os escribas e fariseus faziam. "Vós, porém, não queirais ser chamados Rabi; porque um só é o vosso Mestre, e todos vós sois irmãos." Isto é, não ambicionem, não busquem para vossa auto-exaltação o serem chamados de mestres, não se achem superiores aos outros, mas considerem-se iguais, isto é, irmãos em Cristo. Podemos ver nestes versículos que o nosso Senhor não estavam proibindo o uso correto dos títulos hierárquicos: "De fato, embora a esta altura já devessem ser mestres, vocês precisam de alguém que lhes ensine novamente os princípios elementares da palavra de Deus. Estão precisando de leite, e não de alimento sólido!" Hebreus 5:12 "São todos apóstolos? São todos profetas? São todos mestres? Têm todos o dom de realizar milagres?" 1 Co 12:29 Alguém que Deus lhe dá o encargo de mestre, pode ser chamado de mestre, assim como quem é dado o de pastor pode ser chamado de pastor. Quem nos

mentora espiritualmente é o nosso mestre, e assim chamá-lo não é errado.

Sobre pai espiritual: 1 Coríntios 4 14.Não estou tentando envergonhá-los ao escrever estas coisas, mas procuro adverti-los, como a meus filhos amados. 15.Embora possam ter dez mil tutores em Cristo, vocês não têm muitos pais, pois em Cristo Jesus eu mesmo os gerei por meio do evangelho. 17.Por essa razão estou lhes enviando Timóteo, meu filho amado e fiel no Senhor, o qual lhes trará à lembrança a minha maneira de viver em Cristo Jesus, de acordo com o que eu ensino por toda parte, em todas as igrejas. Deus é o nosso Pai Supremo, portanto, é pecado colocar o que te gerou em Cristo, teu pai espiritual, em primeiro lugar que Deus. É pecado confiar mais nele, descansar mais nele que em Deus, o Pai Supremo. Jesus Cristo é o Mestre, não elevemos nossos mestres humanos ao nível de Cristo, e não tenhamos mais fé neles que em Cristo. A função deles é de nos fazer conhecer mais a Deus e viver mais para Ele, e não de nos fazer conhecer mais a eles e viver mais para eles

V.10 Cristo, O NOSSO GUIA A vida parece sem rumo? Eis o Guia, não um guia, mas o Guia, Cristo! Ele que dá sentido às coisas!

V. 11. Mas o maior dentre vós há de ser vosso servo. Através deste versículo fica ainda mais claro que se proíbe o espírito de autoexaltação. Rebaixe-se! Reconheça a superioridade dos outros pela Graça Reconheça tuas fraquezas

Estime os outros; valorize os outros! Saiba olhar para os outros

V.13 Não sirva de obstáculo para os que querem conhecer a Deus, para os que buscam salvação! Não sirva de obstáculo pelas tuas palavras e nem sequer pela tua conduta, tuas acções.

14. "Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque devorais as casas das viúvas e sob pretexto fazeis longas orações; por isso recebereis maior condenação."

Quantidade sem qualidade! Religião sem espiritualidade. Orações longas e sem vida, apenas para serem notados pelos homens, e ditos que tanto oram. Fujamos de tal superficialidade e hipocrisia!

V.15 Cuidado com o influenciar os outros negativamente! Influencie positivamente! Assim como você é, assim serão muitos do que andam contigo! Notemos com muito cuidado a maneira como estamos a viver, pois podemos estar a viver como filhos do inferno e formar, pela nossa influência a aqueles que connosco andam, filhos duas vezes do inferno.

Que tipo de guia sou? Vejo? Conheço o Caminho?

A Cegueira Espiritual, não compreendendo, não vendo as coisas espirituais. Vejo?

Não se preocupe apenas com as coisas "menores", mas também com as grandes! Tudo é importante! Há quem se empenha pela sua hipocrisia apenas em dar dízimos, e negligenciando a oração e a ajuda aos necessitados. Tudo é importante! Outros frequentam igreja, mas não oram e nem ajudam os necessitados e nem demonstram amor ao próximo.

O cuidado das menores ordenanças e o desprezo das grandes. Vamos obedecer tanto as menores ordenanças como as maiores. Não nos preocupamos em cumprir apenas aquelas ordenanças menores.

A podridão interior A fonte primeira é que precisa ser limpa. Não cuide da aparência externa, mas da essência interna sua, e a aparência estará cuidada. Não se preocupe em buscar ter uma imagem, um carácter santo diante das pessoas, mas preocupe-se em ser santo de verdade e não só aparentar ser santo, e o carácter santo manifestar-se-á para as pessoas.

Cadáveres ambulantes! Morte espiritual. Não somos como sepulcros caiados, formosos, mas que dentro estão cheios de cadáveres? Aparência de pureza, santidade, mas um coração maligno e de perversidade. Aparência de amor e coração de ódio. Aparência de mansidão, coração de ira. Aparência de humildade, mas coração de orgulho. V.28 "Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas por dentro estais cheios de hipocrisia e de iniquidade."

Não estou neste grupo? Em minha cara vê-se tanta pureza, mas será que em meu coração não habita sujeira?

Para oração 1. Foco só na Palavra e não no homem. Receber muita benção pela Palavra mesmo o anunciador dela não ter recebido tal benção 2. Experimento da Palavra que quero anunciar 3. Livre-me do exibicionismo e da auto-exaltação. Não ambicionar títulos nem honrarias 4. Não servir de obstáculo para outros, mas de trampolim de bênçãos 5. Livre da hipocrisia

Mateus 23:29-39

v.29-36 Você faria parte? Os israelitas dos tempos dos profetas maltrataram e mataram muitos desses profetas, e os escribas e fariseus construíram monumentos aos profetas e diziam que se vivessem naquele tempo não teriam compactuado com os que mataram os profetas. Mas não teriam mesmo? Eles que procuravam exterminar Jesus.

Porquê que os profetas eram maltratados e mortos? Porque eles falavam o que o povo precisava mas não queria ouvir. Eles falavam o que Deus dizia sem nada alterarem. Eles contradiziam o que a carne queria e proclamavam a Viva Mensagem de Deus!

Quem ama o pecado e não deseja nem quer deixá-lo odiará a Palavra de Deus

para ele e os que o anunciam a Mensagem, pois os verá como os estraga prazeres ou perturbadores da felicidade deles. Os escribas e fariseus pensavam que não teriam sido cúmplices da morte dos antigos profetas, mas eles seriam, pois não andavam no caminho de Deus odiavam a repreensão. Os profetas iriam repreendê-los pela sua hipocrisia, falsidade e cegueira, e eles os odiaram, compactuando em seu extermínio, pois assim também fizeram com o Grande Profeta, Jesus Cristo. A questão não é se você faria parte, mas sim, se você tem os mesmos sentimentos e anelos que aqueles tinham ou não. Por exemplo, muitos podem dizer que se vivessem o tempo de Noé estariam do lado de Noé e entrariam na arca, mas isso é mentira, eles se enganam, pois neste momento estão a viver nos prazeres carnais, não estão a viver como Noé viveu. A arca espiritual está de portas abertas, a salvação ainda está disponível, mas não estão a buscando, não querem se converter. Outros dizem que se estivessem no lugar da mulher de Ló não olhariam para trás, seguiriam a ordem divina de não olhar para trás. Mas eles não se perguntam o porquê dela ter olhado para trás. Sodoma estava no seu coração e não tinha saído de lá, apenas saiu na carne. Estas pessoas que afirmam isso participam de cultos, oram, mas o coração não saiu do mundo ainda amam o mundo, o pecado, mesmo tendo "o deixado". São aqueles que só estão a "servir" a Cristo de força que parece forçada e com o coração no mundo, nos pecados antigos que ainda nele estão. Portanto, claro que fariam a mesma coisa que a mulher de Ló fez ou até fazer o pior. A questão para nós é: "O meu coração, meus desejos, são iguais aos deles?" Conhecendo a resposta poderá afirmar se estivesse no tempo dessas pessoas ou fosse essas pessoas não faria o mesmo ou não.

Serpente. Veneno mortal

"Serpentes, raça de víboras! como escapareis da condenação do inferno?" A serpente mata, é astuta e perigosa. Somos assim também? Procuramos o mal para o outro, em vez de bem? "como escapareis da condenação do inferno?" Há muitos que pensam e se acham espertos, acham que podem por seu próprios blocos de sabedoria humana e algumas doutrinas, criar uma estrada que passe por cima do inferno e leve ao céu, mas a Bíblia diz que Cristo é o Único Caminho, Única estrada para o Pai. Não se escapa do inferno pela sabedoria humana, e mesmo que alguém pense e sinta que não estará no inferno, ela se não mudar, crendo em Cristo, cairá no inferno, gostando ou não, pois o inferno está bem aberto para todo o mundo, apenas não existe no Caminho que leva à Vida, Cristo. Todas as estradas e caminhos projectadas pelo homem pensando que levam ao céu todos desaguam no inferno. Todos os caminhos do mundo levam ao abismo, apenas o Caminho de Deus leva à Vida e Paz. Porquê que acha que não entrará no inferno? porque vai à igreja? porque jejua? porque dizima? Cuidado com uma confiança de ramo, quando o vento agitar, será lançado no inferno.

v.37-39 O Lamento Sobre Jerusalém

Aqui há cinco verdades que podemos notar: 1. Jerusalém que mata os profetas e apedreja os que a ele são enviados - O assassino de profetas e apedrejadores dos enviados de Deus

Como se mata e apedreja os profetas?

Profeta é um homem de Deus, que traz a Mensagem viva de Deus confrontando

o povo pelos seus pecados, levando-o ao arrependimento. Todo o verdadeiro mensageiro de Deus podemos num outro sentido considerá-lo profeta de Deus. Homem que vive com Deus, aprende a amar como Deus e a odiar o pecado assim como o Pai odeia. Aquele que luta contra aqueles que vivem para trazer o povo aos pés de Jesus estão tentando assassinar os profetas. Aquele que provoca no mensageiro pelas suas artimanhas o esfriamento ou procura causar, é um assassino de profetas. Quem procura silenciar a boca dos homens de Deus verdadeiros, querendo impedí-los de anunciar a Mensagem de Deus é um assassino de profetas. Aquele que faz de tudo para que a Mensagem de Deus anunciada pelos homens de Deus não seja ouvida é um assassino de profetas. Você é um assassino de profetas? 2. O amor de Cristo por Jerusalém Cristo como a galinha ajunta os seus pintos, assim Cristo desejava ajuntar os israelitas a Ele. Cristo por muito nos amar quer-nos perto dEle, perto do coração dEle, sentir o calor dEle, pois este mundo é frio, ter a proteção dEle debaixo das Suas asas. Cristo deseja ser a nossa salvação, nossa proteção, nossa força e nosso motor de crescimento! Cristo nos quer tão perto do Seu terno coração, para que sintamos cada forte e suave batida do coração dEle, pois cada sentimento da batida do coração dEle é respiração para nós. É reclinando-se a Cristo que fazemos do som das Suas batidas o nosso fôlego de vida. Cristo deseja ser o nosso escudo, nossa proteção, quer colocar-nos debaixo de Suas asas da graça, para que nenhum inimigo possa nos atacar. Quem está em Cristo os inimigos (pecado, a carne, Diabo e seus anjos) quando vem se deparam não connosco, pois estamos debaixo das asas da graça de Cristo, eles se deparam com o próprio Cristo, e diante dEle estremecem e fogem. Tudo isso é porque Cristo nos ama!

3. A resistência de Jerusalém a Cristo "e não o quiseste" Não desejar se acolher é Cristo é a pior resistência que existe. Entreguemo-nos a Cristo de todo o coração, não O recusemos amando as coisas deste mundo, mas por completo refugiemo-nos em Cristo Jesus. Não fujamos ou resistamos de Jesus, vamos corresponder ao Seu terno amor e cuidado. Se Ele nos ama tanto como uma galinha e seus pintos, vamos transbordar de amor por Ele, vivendo com Ele e para Ele. 4. Consequência de resistir ao amor e chamado de Cristo - solidão, deserto e miséria espiritual Negar a Cristo significa viver uma miséria espiritual. Pode haver riqueza e sucesso materiais, mas se não haver Cristo no coração da pessoa, ela é miserável, pobre e está como num deserto, não há alegria verdadeira nem paz, pois Cristo é a Alegria e Paz! Quem resiste a Cristo vive em miséria espiritual e solidão, pois Cristo é o Único Amigo que sempre pode estar connosco. 5. O passo para ver a Cristo - O Reconhecimento de Cristo v.39 "Pois eu vos declaro que desde agora de modo nenhum me vereis, até que digais: Bendito aquele que vem em nome do Senhor." O passo para ver a Cristo, para ter a vida verdadeira, que consiste em ter Cristo a frente a nos guiar e proteger-nos debaixo de Suas asas, é o arrependimento, que consiste em pararmos e reconhecer quem na verdade Cristo e louvá-lo, viver para Ele.

Para oração 1. Amor à Palavra, à repreensão e ódio ao pecado 2. Livre de toda a espécie de hipocrisia e cegueira espiritual 3. Não permita que seja matador de profetas

4. Que eu me acolha debaixo das Suas asas. Mais perto do coração de Jesus. Entrega total 5. Reconhecimento, louvor e adoração a Cristo

Capitulo 24 Mateus 24:1-14

v.1,2 Não se fascine com a beleza deste mundo: Teu coração não se deleite na beleza deste mundo! A beleza deste mundo é passageira, um dia tudo isto que vemos e achamos belo será destruído. Veja mais a Beleza de Cristo e você não se apegará à beleza deste mundo! Cristo é Sumo Belo, a beleza dEle é infinitamente maior que a beleza do mundo, mas somos cegos e não vemos claramente essa beleza. Que toda cegueira espiritual e obscuridade espiritual sejam removidas de nós!

Sinais do fim dos tempos (v.3-14) Estes sinais estão em paralelo com os sete selos do Apocalipse, pois são consequências deles: 1. Enganadores Quanto mais o Dia se aproxima, Cristo nos diz que haverá muitos enganadores e nos manda ter cuidado, ter CUIDADO! Como me cuidar? Conhecendo e prosseguindo em conhecer Cristo! Pois muitos exaltarão o homem e não a Cristo, e tudo estará voltado nele, o homem. Mas quem conhece e prossegue em conhecer a Cristo, a Ele apenas exaltará em sua mente, coração e vida. Amado irmão, sabe o que significa CONHECER A CRISTO? É mais do que ter

teorias na cabeça sobre quem Cristo é. Conhecer a Cristo é saber quem Ele é realmente, meditar nEle, e viver para descobrir as verdades sobre Ele na prática. Descobrir o Seu amor, Sua misericórdia, perdão, paz,...na prática, buscá-Lo. Estou me cuidando?

Tentarão tomar a glória de Cristo para eles, e enganarão não poucas pessoas. Se chamar de Cristo não se resume em fazer isso literalmente, mas é tentar o lugar de Cristo, a glória dEle, o girar todo o culto em ti e não em Cristo. Quem concentra toda a atenção do povo em ti, e exalta a si próprio, tentando roubar a glória e dá-la a ele próprio e concentrar o culto (pregação, louvor, adoração, testemunho,...) nele e não em Cristo, este é o falso Cristo. Falso Cristo é todo que tenta tomar o lugar e a glória de Cristo, aquele que quer fazer a Bíblia girar nele e todo mundo cultuar a ele, mesmo de forma implícita. Vemos esses falsos cristos, mas a grande questão é: "Não fazemos parte dos falsos cristos? Não fazemos outros cultuarem a nós em vez de Cristo? Não transformamos o culto não mais Cristocêntrico mas antropocêntrico e enganando a muitos?" TODA A GLÓRIA SEJA DADA A CRISTO, TODO O CULTO TENHA CRISTO COMO CENTRO E NÃO NÓS! Devemos focar o povo em Cristo e não em nós! 2. Guerras e Rumores de guerras Cristo diz: "Não vos pertubeis", pois é necessário que haja guerras antes do fim. Cristo também declara que "guerra não é sinônimo de fim", é apenas um sinal, mas é propriamente o fim. Com isso Cristo nos dá força e coragem para enfrentarmos as guerras e os rumores de guerras, não desfalecendo em nossos corações, nos alarmando dizendo até que é o fim. 3. Fomes e terramotos

No versículo está escrito que haverá fomes (não fome), em vários lugares (não só num), dando a entender que: Isto não chegará (99,9%) ao mesmo tempo nos lugares, mas em diferentes épocas e fases. Nesse ano pode a fome entrar naquele país, zona,... terramoto atacar zona x e da próxima a zona y. E tudo ocorrer com grande frequência. 4. A perseguição e o ódio pelos cristãos por causa de CRISTO Em parte isto já acontece mas à medida que o fim chega isto intensifica. Tortura de cristãos, morte e ódio. Tudo pelo nome de Cristo, assim como o mundo odiou a Cristo e procurou a sua morte, assim também com cada cristão. Portanto, caro amigo e irmão na fé, não espere ser amado ou ser aceito pelo mundo, e não se espante se o mundo te odeia, se as pessoas mundanas não gostam da tua maneira de ser, é necessário que assim seja! Não negocie a tua fé em troca da amizade e amor do mundo por ti. Não negocie a tua fé por amor da tua família, amigos,... Siga o caminho da rejeição pelo mundo e aceitação por Deus. O versículo 10 diz: "Nesse tempo, muitos haverão de abandonar a fé, trair e odiar uns aos outros." Sejamos firmes em nossa fé, para nunca abandoná-la mesmo em cruéis perseguições que levam à morte. Solidifiquemos a nossa fé e a firmemos na Rocha, Cristo. Vejamos se a nossa fé é segura ou não, para que quando o vento da perseguição vier ela não seja arrastada para o chão. A solidez e firmeza da fé está ligada ao lugar onde esta fé está firmada, que esteja firmada em Cristo apenas e não nas bênçãos ou no poder de Cristo, mas em Cristo! 5. Falsos profetas

1. Quem são os falsos profetas? Características

Falso profeta é um falso mensageiro de Deus, alega-se como homem de Deus, como mensageiro de Deus, mas é do Diabo, admita ou não. Falso profeta não é uma expressão que somente se aplica a quem se diz ter chamado profético, mas a todo aquele que ministra a Palavra de Deus e "cuida" da igreja. Portanto, também falsos pastores, de todas as denominações são citados. Eis algumas características dos falsos profetas: I. Pregam o que a natureza humana quer ouvir, anunciam o que agrada a carne. Não pregam contra o pecado, pois a carne não gosta. Anunciam mensagens "suaves", que visam "o bem-estar" da pessoa, não querem "ferir" a pessoa, massageia-a em direção ao inferno. Que mensagem você prega? Que agrada o homem ou a Deus? Prega contra o pecado ou se cala diante dele? II. Propagam heresias e falsos ensinos III. Fazem das pessoas o seu mercado, a fonte de lucro. 2 Pedro 2:3 "também, movidos pela ganância, e com palavras fingidas, eles FARÃO DE VÓS NEGÓCIO; a condenação dos quais já de largo tempo não tarda e a sua destruição não dormita." IV. Não exaltam as Escrituras, exaltam até as "profecias" deles mais que as Escrituras. V. São hipócritas, vivem só de fachadas. Não têm vida com Deus. Não vivem a verdadeira santidade. VI. Buscam apenas aparecer 2. Há quem seja falso profeta sem saber? Sim, há aqueles que são imbuídos de tamanha cegueira que nem conseguem enxergar os seus cabelos.

3. De onde vem certas profecias falsas, certas doutrinas falsa?

1 Timóteo 4:1 Mas o Espírito expressamente diz que em tempos posteriores alguns apostatarão da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios, Marcos 7:7. mas em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens. 1 Reis 22:22. Respondeu ele: Eu sairei, e serei um espírito mentiroso na boca de todos os seus profetas. Ao que disse o Senhor: Tu o induzirás, e prevalecerás; sai, e faze assim. Ezequiel 21 29. Enquanto eles têm visões vãs a teu respeito, e adivinham mentiras a fim de que seja posta no pescoço dos ímpios, que estão mortalmente feridos, cujo dia é chegado no tempo da punição final. Ezequiel 22 28. E os profetas têm feito para eles reboco com argamassa fraca tendo visões falsas, e adivinhando-lhes mentira, dizendo: Assim diz o Senhor Deus; sem que o Senhor tivesse falado. 4. Como permanecer verdadeiro e fiel a Deus até o fim? (zelo pela santidade de Deus) Jeremias 4 19. Ah, entranhas minhas, entranhas minhas! Eu me torço em dores! Paredes do meu coração! O meu coração se aflige em mim. Não posso calar; porque tu, ó minha alma, ouviste o som da trombeta e o alarido da guerra. Conheça a Deus e seja impactado por Ele. Busque agradar só a Ele e não o homem caído. Tenha em vista a eternidade, e não labute pelo bem-estar temporal das almas, mas o espiritual que é eterno. Tenha a noção de que um dia seremos julgados por todas as nossas acções, palavras e pensamentos. Deus vai cobrar todo o serviço!

"Enganarão a muitos". Tenhamos muito cuidado, pois se dizem "muitos", devemos dobrar a cautela para não sermos enganados. Mas porquê que muitos são enganados? 1. Falta de conhecimento da Palavra: muitos não querem estudar a Palavra, não querem conhecê-La, rejeitam-a, levam tempo em tudo e menos na Palavra. Mesmo havendo dom de profecia, Deus designou "principalmente" o conhecimento da Palavra escrita, a Bíblia, como único meio de não ser enganado. Você pode ter dons espirituais, profecia, línguas,... mas se não ler a Bíblia você será enganado e cairá. 2. Amor ao mundo e não a Cristo: muita gente não "busca" Deus por amor a Ele, mas por amor às coisas do mundo, pensam que Deus irá satisfazer suas ambições carnais, por isso quando vem um falso profeta, anunciando que em Deus a pessoa pode enriquecer, e Deus não se importa com o estilo de vida da pessoa, elas correm para lá, e consomem toda a poeira. Quando aparece alguém (falso profeta,:falso mensageiro) ensinando prosperidade material e ocultando questões sobre inferno e vida eterna, julgamento, as pessoas que não amam a Cristo mas o mundo irão para lá, em busca de benção material. Alerto a ti, irmão cristão, tenha cuidado com a mensagem que prega, não pregue mensagens antibíblicas, voltadas a atrair a atenção de pessoas carnais, foque-se na salvação de almas e não na satisfação das ambições carnais das pessoas. Foque-se na eternidade e não no tempo. Cuidado, a sua pregação pode estar desviando as pessoas do Foco (Cristo) e levando-as a se concentrarem no mundo, no sucesso e prosperidade material. 3. Indiferença: pessoas são enganadas pois muitas delas nem se preocupam se estão a ouvir a verdade de Deus ou não. Não se interessam em investigar a veracidade da mensagem, consomem tudo, sem analisar e nem se importa em fazer tal coisa.

GRANDE ALERTA: CUIDE-SE PARA QUE NÃO SEJA UM FALSO

MENSAGEIRO DE CRISTO E UM INSTRUMENTO DO DIABO PARA DISPERSAR ALMAS E AFASTÁ-LAS DE DEUS E CONDUZÍ-LAS AO INFERNO!

O Esfriamento do Amor Causa: a multiplicação da iniquidade Quanto mais o mal se multiplicar o amor de muitos (não de poucos) esfriará. Muitos dizem, "vale a pena amar esses que só fazem o mal a nós e a outras pessoas? Já não dá para tolerar essa pessoa, já passou do limite", por isso o amor por ela começa a esfriar, a não ter mais brilho. Muitos começam a declinar no espírito, no amor, por conta do aumento da maldade, mas Sejamos como Cristo, que nos amou não pelo que nós somos, mas por aquilo que Ele é, Amor, amemos independentemente do que a pessoa é ou poderá ser. Como está o meu amor?

A perseverança é o caminho para a salvação! Nota: Os que estão salvos perseverarão até o fim, pois Cristo é quem lhes capacita a perseverarem. Filipenses 1:6 "Estou convencido de que aquele que começou boa obra em vocês, vai completá-la até o dia de Cristo Jesus" Portanto vamos nos esforçar a perseverarmos na fé, pois não é pela nossa força que o fazemos, mas pela graça que capacita. Temos a vitória ao nosso lado, a certeza de chegar até ao fim da corrida, portanto corramos com fé.

V.14 Evangelização do mundo

Qual é a minha parte na evangelização do mundo? Faço-a? Todo o cristão tem uma parte na obra da evangelização, deve anunciar o Evangelho do Reino e não cerrar a sua boca mesmo vendo almas caindo às miriades na boca do inferno. Devemos pregar não outra coisa, mas o EVANGELHO DO REINO, conhecemos tal Evangelho? O único puro e verdadeiro, a Boa Nova de que Cristo Jesus veio ao mundo para salvar pecadores, tomando o lugar deles, sofrendo o castigo e a condenação que era deles, comprando para eles o perdão dos pecados e a santificação, reconciliando o pecador com Deus, quebrando o muro de separação, o pecado. E a todo que desejar ser salvo a resposta diante desta Boa Nova, o Evangelho é o arrependimento, a mudança de mente para com Deus e para com o pecado, amando a Deus e odiando o pecado, por isso, não mais viver no pecado. E o Espírito Santo é que dá o arrependimento para a vida, pois Cristo também comprou na cruz para os Seus eleitos o arrependimento para a vida. Cristo fez uma obra completa, toda a salvação é de Deus desde o princípio até o fim. Portanto, anunciemos a Boa Nova do Reino, e creiamos que o Espírito Santo fará a Sua obra atraindo pecadores a Cristo, dando-os o arrependimento e a conversão. Filipenses 2:13. porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade. Atos 11:18 Ouvindo eles estas coisas, apaziguaram-se e glorificaram a Deus, dizendo: Assim, pois, Deus concedeu também aos gentios o arrependimento para a vida. Efésios 2 12. estáveis naquele tempo sem Cristo, separados da comunidade de Israel, e estranhos aos pactos da promessa, não tendo esperança, e sem Deus no mundo. 13. Mas agora, em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto.

1 Pedro 1 18. sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver, que por tradição recebestes dos vossos pais, 19. mas com precioso sangue, como de um cordeiro sem defeito e sem mancha, o sangue de Cristo, Ezequiel 36 25. Então aspergirei água pura sobre vós, e ficareis purificados; de todas as vossas imundícias, e de todos os vossos ídolos, vos purificarei. [Cristo purifica] 26. Também vos darei um coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne. [Cristo Renova]

Cristo salva perfeitamente, Ele muda vidas, transforma corações, muda famílias e não há pecador que Ele não consiga salvar! Que maravilha, anunciemos isto ao mundo perdido!

Para Oração e/ou Meditação: 1. A Beleza de Cristo! O não ser fascinado pela a do mundo! 2. Conhecer e prosseguir em conhecer a Cristo, para também não ser enganado! 3. O cuidar-me de ser enganado 4. Aumento do amor, como prevenção contra o Esfriamento do amor 5. Perseverança em Deus 6. Evangelizações e poder para sucesso em tal acção

Mateus 24:36-44

Exortação à Vigilância

"Como foi nos dias de Noé" Nos dias de Noé o povo estava ocupado em seus afazeres mundanos, não buscavam a Deus e nem se davam tempo para Ele, viviam tão ocupados com as coisas seculares. E quando Noé entrou na arca nem se aperceberam no início, pois estavam distraídos com o mundo. Assim também com a vinda de Cristo, há muitos que estão despreocupados e sem interesse pelas coisas espirituais, em buscar a Deus, vivem tão ocupados com as coisas deste mundo e nem se dão tempo para buscarem a Deus. Esta gente será deixada para trás, não subirá com Cristo, não será arrebatada, no início nem se aperceberá que houve arrebatamento, pois está distraída com o mundo.

Não seja este o teu caso!

Não sabemos em dia nem hora que Cristo virá, portanto Ele nos diz para vivermos preparados, devemos viver com as malas preparadas. Sejamos vigilantes, vivamos uma VIDA PREPARADA, que consiste em viver cada instante para Deus, fazendo a vontade dEle e apartando-se do mundo. Cristo só arrebatará os preparados, assim como um comboio só leva aqueles que estão prontos e não aqueles que ainda estão nas suas casas pensando em sair. Jesus não arrebatará aqueles que ainda pensam em se preparar, ainda pensam em buscar a salvação, mas sempre adiam para outro dia, dia que nunca chega.

Que a segunda vinda de Cristo não nos pegue de surpresa! Você está preparado para se encontrar com Cristo? Se agora acontecesse o

arrebatamento você subiria com Cristo? Como é a tua vida? Creia em Cristo, abandone o pecado, viva com as malas na mão!

Para oração 1. Ajude-nos a viver uma vida preparada 2. Intercessão pelos indiferentes quanto à segunda vinda de Cristo

Mateus 24:45-51

A Parábola dos Dois Servos

O senhor colocou os servos para servirem a outros servos. O senhor não colocou os servos para reinarem sobre os conservos. O senhor colocou os servos para a seu tempo darem sustento aos conservos. Ele colocou-os como sustentadores doutros. Com isso vemos que: Jesus Cristo, nosso Senhor, deu-nos a missão de servir os outros. Ele nos deu tudo que é necessário para levar a cabo esta missão. Cristo não nos designou para reinar sobre os outros, mas sim para serví-los, como demonstração do verdadeiro amor a Cristo e ao próximo. Cristo nos dá suprimento necessário para por meio dele auxiliar os conservos necessitados. Usemos o que Deus nos deu para ajudar, servir, os outros, seja uma benção material ou espiritual.

O Servo Fiel É prudente, ouve a instrução de seu senhor e cumpre a sua missão. Quando seu senhor voltar ele será muito recompensado.

Representa os cristãos autênticos, que obedecem a Cristo, seu Senhor e Mestre, amam-O e o próximo. "Ao seu tempo = no tempo certo", implica em serviço bem sucedido e diligência no serviço. Sejamos diligentes em cumprir nossa missão, em ajudar os outros, não deixe esperar quem precisa da tua ajuda estando você em capacidade de ajudar.

O Servo Mau Pensa que seu senhor tarda em vir, e por isso começa a se desfazer da sua obrigação. Este simboliza aqueles que dizem que Cristo tarda em voltar e começam a viver no pecado pensado que ainda há tempo para depois se "consertarem". O servo mau quando seu senhor vier, ele será castigado, pois ele não foi servo, não cumpriu a sua obrigação, e será contado com os hipócritas no lago de fogo. A volta de Cristo para os que não O servem será num dia e hora inesperados, pois eles não esperam que Ele volte. Você espera que Cristo volte? Muitos dizem que esperam que Cristo volte, mas vivem como se Ele nunca fosse voltar. Quem aguarda a volta de Cristo viverá de forma diferente, no serviço a Cristo.

Você está servindo verdadeiramente? Está amando a Cristo e ao próximo? Citando Barclay: "A guarda que o cristão monta enquanto espera a Vinda de Cristo não é a guarda do medo e a apreensão que paralisam. Trata-se de uma ansiosa expectativa do advento da glória e da alegria. Quando Cristo chegar a melhor ocupação na qual pode nos encontrar é no cumprimento de nosso dever."

A nossa missão neste mundo é viver para o bem do outro!

Para oração 1. Senhor, obrigado pelo privilégio de ser escolhido para ser teu servo. Acção de graças. 2. Compreensão da minha missão: amar a Cristo e usar o suprimento dado por Ele para servir o próximo. 3. Senhor, livre-me do coração mau. ajude-me a cumprir a minha missão 4. Conceda-me vigilância

Capitulo 25 Mateus 25:1-13

A Parábola das Dez Virgens

Exposição: As dez virgens todas saíram ao encontro do esposo, todas tinham essa meta. Todas tomaram as suas lâmpadas. Nem todas tinham o mesmo carácter, e esse caráter que fazia a diferença entre elas. Cinco eram tolas, insensatas, imprudentes e outras cinco sábias. As insensatas por sua insensatez só levaram as lâmpadas mas não levaram o azeite, mas as prudentes não só levaram as suas lâmpadas mas como também o azeite com elas. O esposo tardou em vir. Cristo não virá num tempo que possamos planejar. Todas as virgens dormiram. O esposo tardou mas veio.

As lâmpadas das insensatas estavam se apagando e pediram o azeite das sábias, mas não poderam dá-las.

Se tivessem diminuído o azeite para as outras cinco, elas também ficariam sem azeite suficiente e todas estariam prejudicadas, aquele azeite eram imcompartilhável, só servia para cada pessoa individualmente. As virgens tolas foram aconselhadas a irem comprar azeite aos que o vendem, e foram mas já era tarde. As que estavam preparadas entraram com o esposo para as bodas e portas se fecharam. As tolas voltaram, (mas não é dito nada sobre se encontraram azeite ou não, mas pelo teor do texto dá-se a entender que não conseguiram comprar o azeite, a hora já nem permitia) mas já era tarde, as portas estavam fechadas e elas não eram conhecidas pelo esposo. A porta se fechou para elas. (Um dia a porta da salvação irá se fechar)

Aplicação: As virgens representam cristãos, tanto autênticos como nominais. O esposo representa Cristo. As lâmpadas representam a profissão de fé. O azeite representa o Espírito Santo, a verdadeira vida com Deus. Muitos que carregam o título de cristãos esperam a vinda de Cristo, mas apenas aqueles que tiverem o azeite é que entrarão no Reino. Não basta ter a lâmpada, não basta se professar cristão, deve ter o Espírito Santo, a Salvação, a relação pessoal com Deus. As cinco virgens tolas são os cristãos apenas de nome, gente que não foi regenerado pelo Espírito Santo, pessoas que não nasceram de novo. Quando Cristo voltar apenas aqueles que nasceram de novo estarão com Ele, os não salvos, os cristãos nominais ficarão de fora.

O Espírito Santo, a relação com Deus não pode ser dada aos outros, é pessoal. Quando Cristo voltar já não haverá tempo para salvação, já não se pode comprar

o azeite, já não há chance de salvação. Portanto, não adie a sua salvação, busque a Cristo ainda a tempo.

Analisando esta parábola Barclay afirma: "Há certas coisas que não se podem pedir emprestadas. As virgens néscias não puderam pedir azeite emprestado quando descobriram que o necessitavam. O homem não pode pedir emprestado uma relação com Deus; deve possuí-la. Não pode pedir emprestada uma personalidade, deve estar revestido dela. Não podemos viver sempre do capital espiritual que outros reuniram. Há certas coisas que devemos ganhar ou possuir por nossa conta, porque não podemos pedi-las a outros. Não há nada mais carregado de lágrimas de arrependimento que o som das palavras: É demasiado tarde."

Para oração 1. Senhor, livre-nos de sermos cristãos só de nome, mas na essência não ser 2. Encha-nos do Seu azeite, o Espírito Santo, ajuda-nos a ter mais intimidade, relação pessoal com o Senhor

Mateus 25:14-30

A Parábola dos Talentos

Ênfase da parábola: Serviço no tempo de espera da volta do Senhor.

O termo "Talento" representa as bênçãos que Deus nos concede, dons naturais, habilidades, dons espirituais, talentos.

Deus dá a cada pessoa a benção segundo a capacidade de cada pessoa. Deus nos dá responsabilidades, missões, que são do nosso nível, e Ele é quem nos dá tal capacidade, não importa quer seja pouca (aos nossos olhos) quer muita, o importante é cumprir a nossa missão, pois estamos pela graça em altura de cumprí-la. Deus deu dons, talentos, aos homens, devemos portanto usá-los para o serviço do Rei, não olhemos para a grandeza ou pequenez do nosso dom (natural ou espiritual), mas usemos o que Deus nos deu em Sua obra. Quem usa o seu talento, tem multiplicação do talento. O segredo para atingir os grandes níveis espirituais, de serviço a Deus, de ser mais usado por Deus, é sermos fiéis no pouco, é trabalhar para Deus com essa pouca força que temos, com essa pouca unção do Espírito que temos, e teremos a multiplicação. Quer ser um grande ganhador de muitas almas? Comece a chorar e evangelizar nem que seja uma! Quer ensinar com mais poder? Ensine com esse pouco poder, para a glória de Deus, e verá multiplicação! Use o pouco que há ou tem contigo, glorificando a Deus. v 16 "O que recebera cinco talentos foi imediatamente negociar com eles, e ganhou outros cinco;" "foi imediatamente", diligência A diligência é um requisito para o sucesso na obra de Deus. Abandone a preguiça e comece a batalhar usando teus talentos. Invista seus talentos. Invista seus dons. O que recebera um talento não o usou para a sua multiplicação, escondeu-o. Não esconda seus talentos, seus dons, use-os para a glória de Deus. Sempre haverá um lugar onde você usará o teu talento, use-o aí. Não menospreze o seu talento. Não pense e nem diga que seu dom é tão pouco e inútil, use-o no lugar onde vai fluir, pois Deus te deu com um propósito.

Deixe a preguiça e use o que Deus te concedeu para a Sua exaltação! Os talentos não são nossos, mas são de Deus, portanto, não há espaço para orgulho e auto-exaltação. Não há motivo para eu me gabar de tal dom ou aquele, pois apenas só um administrador do talento e não dono, e um dia o dono virá requerê-lo e o que tenho feito através dele.

Cristo virá para ajustar contas connosco. Somos fiéis e diligente no nosso serviço a Ele? Deixe a preguiça e coloque seu talento em prática.

O que recebera um talento, tinha alguns erros: 1. Pensava mal de seu senhor: tenhamos a verdadeira visão de quem Deus é. Deus não é um dependente de nosso serviço. Tabalhar para Ele é uma benção, um privilégio, não uma escravidão. 2. Era preguiçoso e arrumou desculpas para não servir ou cultuar mais a Deus: não nos deixemos levar pela preguiça.

O destino do servo inútil é nas trevas exteriores, no inferno! Estou sendo útil na obra de Deus?

Para oração 1. Olhos para ver os meus talentos 2. Acção de graças pelos talentos dados 3. Graça para investir nesses talentos

Mateus 25:31-46

A Parábola da Separação de Ovelhas e Bodes

As ovelhas são os que crêem em Cristo e vivem ode acordo os padrões de Cristo. Os bodes são os que não crêem em Cristo, e não vivem segundo o coração de Jesus. O Reino foi preparado antes do mundo existir, para os eleitos de Deus, para os que creriam nEle e se entregariam a Deus. Quão grande amor o Pai tem por nós, nos amou e nos preparou lugar antes da nossa existência! A Salvação é pela fé e não por obras, mas o julgamento é pelas obras. A árvore é boa ou má por natureza, mas será julgada pelos seus frutos. Mas os frutos não fazem a árvore ser boa ou má, apenas revelam. As obras não salvam, mas revelam se alguém é salvo ou não.

Vamos ao texto: As ovelhas de Cristo, os cristãos, crêem em Cristo, e portanto vivem como Cristo, vivem fazendo o bem ao próximo. Tudo o que fazemos a outro irmão, é como se estivéssemos a fazer a Cristo. Tive fome: somos chamados a alimentar os famintos ao nosso redor e ao nosso alcance. Tive sede: Mateus 10:42 "E aquele que der até mesmo um copo de água fria a um destes pequeninos, na qualidade de discípulo, em verdade vos digo que de modo algum perderá a sua recompensa." Abrigue os forasteiros sem teto. Mostre ternura e amor aos estrangeiros e oprimidos.

Vista os que padecem de vestuário: saiba vestir os outros ao seu dispor que estiverem necessitando. Visite os doentes: tenha cuidado de outros irmãos, cuidando das suas doenças,

quer físicas ou espirituais. Visite e ampare os presos.

Gálatas 6:10 "Então, enquanto temos oportunidade, façamos bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé. (irmãos na fé)"

Os justos interrogaram sobre o bem que Cristo disse que fizeram a Ele. Os justos não fazem o bem por obrigação, nem se sente gastados a ajudar o próximo necessitado, e nem colecionam essas boas obras na mente para ficarem se gabando de quão bons são. O fazer o bem ao próximo é uma prática de vida deles. Amar o próximo não é coisa de um momento, mas o estilo de vida do crente. Os injustos, os sem amor, os que não crêem em Cristo têm como parte o fogo eterno, preparado não para eles, mas para o Diabo e seus anjos. Todo o bem que retemos ao próximo é como reter a Cristo, portanto, sejamos generosos para com todos. Quantos dormem famintos ao nosso redor, mas nós nem ajudamos? A coisa pior é que muitos sofrem bem diante dos nossos narizes, mas não os vemos. Pois não nos preocupamos com eles, somos egoístas, se comemos e enchemos nosso estômago tudo está resolvido, que outros se virem. Não sejamos assim! 1 João 3 17. Quem, pois, tiver bens do mundo, e, vendo o seu irmão necessitando, lhe fechar o seu coração, como permanece nele o amor de Deus? 18. Filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obras e em verdade.

Quantos na nossa zona adoecem e saram, sem pelo menos um dia irmos visitálos? O pior é que fazemos também aos irmãos em Cristo! Cadê o amor, cadê o

verdadeiro cristianismo, a verdadeira religião?

Mudemos, que haja em nós o mesmo amor que houve em Cristo Jesus!

Aviso solene: a persistência em não amar os outros é sinônimo de que ainda não estamos em Cristo, que é amor, é sinónimo de que ainda estamos perdidos, e caminhando ao inferno! Notemos que eles pecaram não porque roubaram a comida de outrém, mas porque se fizeram neutros diante dos necessitados. Não porque fizeram mal aos outros, mas porque reteram o bem ao próximo. Pecado não é só fazer o mal, mas como também é o não fazer o bem que está ao nosso alcance. Tiago 4:17 "Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado."

Para oração 1. Dê-me olhos para ver os que necessitam de minha ajuda e coração para amálos 2. Livre-me de ser indiferente quanto aos que sofrem 3. Capacite-me a ajudar, sem nada esperar e de todo o coração.

Capitulo 26 Mateus 26:1-5

A Morte de Cristo em paralelo com a páscoa judaica

O que era a festa da páscoa? O que nela se fazia? Páscoa era uma festa de recordação do que se passou no Egito Na páscoa sacrificava-se um cordeiro a todos da família.

A primeira páscoa celebrou-se no Egito. Páscoa símbolo de libertação. Êxodo 12 3. Falai a toda a congregação de Israel, dizendo: Ao décimo dia deste mês tomará cada um para si um cordeiro, segundo as casas dos pais, UM CORDEIRO PARA CADA FAMÍLIA. 5. O cordeiro, ou cabrito, será sem defeito, macho de um ano, o qual tomareis das ovelhas ou das cabras, [Cristo, o cordeiro pascal, é sem defeito, sem pecado, o cem por cento puro] 7. Tomarão do sangue, e pô-lo-ão em ambos os umbrais e na verga da porta, nas casas em que o comerem. 12. Porque naquela noite passarei pela terra do Egito, e ferirei todos os primogênitos na terra do Egito, tanto dos homens como dos animais; e sobre todos os deuses do Egito executarei juízos; eu sou o Senhor. 13. Mas o sangue vos será por sinal nas casas em que estiverdes; VENDO EU O SANGUE, PASSAREI POR CIMA de VÓS, e não haverá entre vós praga para vos destruir, quando eu ferir a terra do Egito. [O sangue de Cristo, o cordeiro, é que salva, é que dá libertação. É por meio do sangue de Cristo sobre nós que a ira de Deus não cai sobre nós. Todos estavam destituídos da presença de Deus e tinham como rumo o inferno, mas o sangue de Cristo nos resgata, no reconcilia com o Pai, nos faz justos diante de Deus] João 1:29 "No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo." [O sangue de Jesus não só nos concede o perdão dos pecados, mas como também tira o pecado de nós, remove a dependência que temos do pecado. Por natureza éramos escravos do pecado, mas o sangue de Jesus nos tira da escravidão]

Amigo, você busca a salvação? Até já tentou fazê-la por si mesmo, fazendo boas obras pensando que assim iria ser salvo? Nada você pode dar para ser salvo, tuas

mãos e bolso estão vazios, você é um pobre e miserável. O sangue de Cristo é que te dá o perdão dos pecados e não as suas tentativas de fazer o bem e compensar os pecados cometidos, pois, a obediência futura não apaga as transgressões passadas. Refugie-se no sangue de Cristo pela fé, este sangue é que te dá pleno perdão e remoção do pecado. Clame a Deus suplicando por perdão e misericórdia, e creia com sua mente e coração que o sangue de Cristo é a razão, a esperança do seu perdão, ponha sua fé no sangue de Cristo. E clame pela libertação em sua vida, para não mais ser escravo do pecado, crendo no sangue que tira o pecado, e ao clamar com fé, a eficácia do sangue se manifestará em ti, e poder sobre o pecado te será concedido. Um certo carro (sem indicador da gasolina) não anda porque está sem gasolina, mas depois me dizem que já puseram-na, eu entrei e vi que a gasolina foi posta no carro quando comecei a dirigí-lo. Você saberá que o poder sobre o pecado pelo sangue de Cristo foi derramado sobre ti quando começar a andar, isto é, a lutar contra o pecado pela fé. Aquele carro andou porque eu dirigi com força? Claro que não, mas porque já tinha gasolina. Eu vencerei o pecado porque me esforço tanto? Não, mas porque o poder pelo sangue de Cristo está sobre mim.

Cristo sabia que seria traído, crucificado e morto, mas não se desviou da Sua missão.

Os sacerdotes e anciãos do povo deliberaram como prender e matar Jesus. Os que queriam matar a Cristo não era o povo comum (este só foi incitado), mas foram os religiosos. Você pode ser religioso e mesmo assim odiar a Cristo. Um crente domingueiro, leitor da Bíblia, que "ora", mas se de coração não amar os ensinamentos de Cristo, a Sua santa lei, você O odeia. Para oração 1. Acção de graças pelo sangue de Cristo

2. Clamor pela eficácia do sangue, derrubando em nós certos pecados 3. Firmeza em Deus, não nos desviando da nossa missão no mundo, mesmo na trajetória mais crítica dela 4. Amor verdadeiro a Cristo e Seus ensinamentos, evidenciando-se na obediência pura a Ele.

Mateus 26:6-13

O Jantar em Betânia

v.6 Jesus estava em casa de Simão, o leproso. Verdade digna de nota: Jesus é o homem que visitava os famintos espirituais; Ele não exitava entrar em casas onde o convidavam, e quando entrava nessas casas maravilhas fazia, vidas eram transformadas e avivadas. Jesus não era um preguiçoso que só queria sentar no mesmo lugar e pessoas virem ter com Ele, Ele movia-se, visitava casas, aldeias,... Caros amigos pastores e cristãos, passemos a valorizar a arte de visitar as casas, pois onde somos recebidos, maravilhas de Deus acontecerão. Jesus não temia a opinião popular, se falariam mal dele por essas visitas, sejamos assim.

v.7-12 Aproximou-se dele uma mulher que trazia um vaso de alabastro de cheiro de bálsamo precioso e lho derramou sobre a cabeça, e os discípulos se indignaram.

Onde Jesus estava havia muitas pessoas, não era só Ele, mas a mulher não teve medo nem vergonha de se aproximar de Jesus, não se importou em como os outros a veriam, o que achariam dela. Quem ama verdadeiramente a Cristo não

se importa com o que os outros pensarão ou dirão dele face às suas acções de demonstração de amor a Cristo. Quem ama a Cristo foca-se nele e esquece-se do mundo ao redor. A mulher trazia um vaso de alabastro com bálsamo precioso, com valor de mais ou menos 300 denários, mais ou menos 10 meses de trabalho. Esta era a coisa mais preciosa que aquela mulher tinha e deu a Cristo, por amor. Ela não se sentiu a perder. Quem a Cristo ama dá até as coisas mais preciosas que tem, sem se sentir a perder; a Cristo dá o que é de mais valor. O que ama a Cristo diz: "Eu não darei apenas alguns minutos do 'meu' dia a Cristo, mas o máximo de horas possíveis". E mesmo assim sente que isso é pouco, pois arde de verdadeiro amor, amor que não mede para dar. O verdadeiro amor não busca dar coisas de pouco valor ao que ama, mas faz e dá o seu melhor possível.

A mulher não desperdiçou a ocasião que teve para demonstração do seu amor a Cristo. Daqui podemos extrair a lição de que não vamos desperdiçar as oportunidades que temos com as pessoas amadas de demonstrá-las o nosso amor, dando o máximo de nós, pois algum dia não mais estarão connosco.

Os atos de amor nunca serão esquecidos e não são um desperdício.

Para oração 1. Desperte em nós amor que se preocupe com os outros e os visite, e que nessas visitas maravilhas aconteçam. 2. Dê-nos puro e verdadeiro amor por Cristo que nos leve a dar até a coisa que os outros acham preciosa. Ó Cristo, o Senhor é tão precioso que o te dar o que é de grande valor para mim

não é tão precioso assim como o Senhor é. A ti ó Cristo tudo dou, dar-te-ia até todo o ouro do mundo, mas mesmo assim vejo que isso não bastaria. Meu coração é só teu, tudo que "tenho" não te negarei, pois preciosíssimo é o Senhor e digno de maior amor e maior honra. 3. Ajude-me a remir o tempo, a aproveitar as oportunidades para demonstrar mais amor por ti e por cada pessoa amada.

Mateus 26:14-16

O Preço da Traição

v.14 "Um dos doze" Quando Satanás quer agir contra a igreja, ele procura muito os que estão dentro mas nunca estiveram dentro, e quando acha tais pessoas começa a actuar com mais intensidade. Você está no meio de cristãos, fala com eles, vive com eles, na igreja, analise se você está espiritualmente dentro ou fora da igreja, pois você pode ser como Judas no meio dos onze discípulos. Se Satanás quisesse operar agora contra a tua congregação, será que ele não usaria a ti? Como é teu coração?

Porquê que Judas traíu Jesus? 1. Amou mais o dinheiro que a Cristo Segundo o coração de Judas podemos deduzir que na essência é como se dissesse 'que Cristo não era superior a 30 moedas de prata, elas valiam mais que Cristo'. Assim é o pensamento de quem ama o mundo. 2. Nunca teve Cristo no coração

Judas caminhou com Cristo, comeu com Ele, desfrutou das graças e dons de Cristo (operando milagres), mas nunca foi de Cristo, nunca teve Cristo no coração. Amigos, sejamos cautelosos, é possível alguém estar na igreja, ouvir pregações, ler Bíblia, orar, desfrutar de dons espirituais (Balaão profetizou, mas nunca foi de Deus, as suas profecias eram verdadeiras e vinham de Deus. Saul em dados momentos profetizou mas estava longe de Deus. É possível ter as graças de Deus e não ser de Deus. Não se alegre pensando que só porque você tem manifestação de dons, você é de Cristo. Os dons podem vir de Deus, pela graça, mas não implica que você é de Deus. Como é teu coração? É de Deus?), mas nunca ter Cristo no coração, nunca amar de facto a Cristo, ter o coração preso no mundo e não atado com Cristo.

Analisemos o nosso coração amor por Cristo. Quando a oportunidade surgir, traíria o Mestre? Quando a oportunidade de pecar e abandonar a Cristo aparecer, a agarraríamos vivendo já no mundo de forma declarada? 3. Judas deu espaço ao Diabo O coração dele era aberto aos ataques do Diabo, não vivia a vigilância. Tinha portas abertas ao Diabo.

Lucas 22:3 "Entrou então Satanás em Judas, que tinha por sobrenome Iscariotes, que era um dos doze;" Feche todas as portas que o Diabo as usaria para entrar em tua vida. Efésios 4:27 "nem deis lugar ao Diabo."

Judas foi até aos principais dos sacerdotes Há corações que dizem: "Vamos ao mundo e negociemos a nossa profissão de fé

pelo o que o mundo pode oferecer. Os prazeres do mundo são maiores em valor que a nossa fé"

Não tenhamos corações assim, corações de Judas.

Para oração 1. Senhor, dê-nos autenticidade de corações, que o Senhor esteja em nossos corações. Faz-nos membros da igreja invisível não só da visível. 2. Derrame em nós amor por ti e ódio pelos prazeres mundanos. Que vejamos que o Senhor vale mais que todas as coisas deste mundo.

Mateus 26:17-25

v.17-19 Aqui vê-se a presciência e soberania de Jesus, de facto Ele é Deus, Deus de Deus (Salmos 45:7) Esta é uma grande maravilha, Deus estava em forma humana no meio de nós, mas poucos notaram essa dádiva, poucos O buscaram. Muitos perderam o privilégio de estarem com o Eterno estando Ele em forma humana. Até agora, muitos perdem a dádiva de viverem com o Deus Eterno, Cristo agora se dá a nós pelo Espírito Santo, será que O buscamos? Ou perdemos esta dádiva?

"em tua casa" É uma benção Cristo escolher a nossa casa, quem poderá recusá-lo vir?

Façamos tudo como Cristo ordena, mesmo que parece difícil e temeroso, pois o Espírito dEle está connosco em qualquer lugar a qualquer momento.

v.20-25. "um de vós me trairá", profecia solene "Porventura sou eu, Senhor?" A verdadeira preocupação Que as profecias de que alguns se desvirão de Cristo, da fé, que nos façam nos precavermos, para que não se cumpram em nós. Preocupando-nos em fazer de tudo, pela graça capacitados, para não sermos aqueles que trairão a Cristo. Não ignoremos o facto de que alguns apostatarão da fé, sejamos cautelosos. Somos fracos por natureza, mantenhamos a vigilância.

Judas já tinha proposto em seu coração o trair Jesus, mas mesmo assim hipocritamente perguntou se era ele quem traíria-o ou não. Gotas de traição no coração geram rios de traição com o tempo. Teu coração está se desviando aos poucos, mas ainda não se manisfestou tal verdade abertamente na vida prática, invoque a Deus antes que você entre totalmente no mundo. Procure o Remédio antes que a doença piore ou antes que se manifeste no exterior. Não ter existido é maioritariamente melhor que trair a Cristo.

Mateus 26:26-30

A Ceia do Senhor

Nota: Jesus sempre abençoava o mantimento, dava graças. Façamos o mesmo, comamos a nossa comida com gratidão a Deus nos corações, e sempre demos graças pelo mantimento.

Cristo é o Pão, Ele é quem se dá a nós. Ele nos concede Seu sangue para a remissão, perdão, de pecados.

Cristo é o alimento para a alma e a garantia de perdão dos pecados, sem Ele não há perdão, não há liberdade. O sangue de Cristo dá remissão de pecados a muitos, e não a todos, apenas aqueles que crêem. Jesus Cristo derramou o Seu sangue pelos eleitos, todo aquele que crê ou crerá nEle. O sangue de Cristo dá remissão de pecados, não só possibilita a remissão, Seu sangue é eficaz.

v.30 "E tendo cantado um hino, saíram para o Monte das Oliveiras." Cristo cantou, não se ausentou dessa actividade, pois não era para Ele um ritual, mas algo deleitoso e devocional. Cantemos hinos espirituais Atos 16:25 "Pela meia-noite Paulo e Silas oravam e CANTAVAM HINOS A DEUS, enquanto os presos os escutavam." [Note: cantavam a Deus e não ao homem] Efésios 5:19 "falando entre vós em salmos, hinos, e cânticos espirituais, CANTANDO e SALMODIANDO AO SENHOR no vosso coração," Colossenses 3:16 "A palavra de Cristo habite em vós ricamente, em toda a sabedoria; ensinai-vos e admoestai-vos uns aos outros, com SALMOS, HINOS e CÂNTICOS ESPIRITUAIS, louvando a Deus com gratidão em vossos corações." Nota: Admoestar significa: advertir alguém acerca de seu procedimento ou comportamento em determinada situação a fim de o corrigir e para que não repita tal ato.

Para oração 1. Louvor a Cristo, Deus, presciente e soberano 2. Graça para sempre fazer o que Cristo nos ordena 3. Vigilância para não trair Cristo

4. Alimentar-me de Cristo sempre. Tira minha fome 5. Espírito de louvor e adoração 6. Louvor e acção de graças a Deus pelo sangue de Jesus

Mateus 26:31-35

Pedro é avisado

A profecia: TODOS vós se escandalizareis em mim A causa: Ferirei o pastor Resultado: e as ovelhas se dispersarão. Cristo é o Pastor, as ovelhas os seus discípulos. Cristo seria abandonado, negado, pelos seus discípulos, no momento do seu sofrimento e crucificação. Se Cristo não está, as ovelhas, seus discípulos se dispersam, vagueiam, ficam sem o Guia, mas isso só seria por um momento, para que pudessem desfrutar da maior presença de Cristo, Ele habitando dentro deles. Que maravilha!

João 14 18. Não vos deixarei órfãos; voltarei a vós. 28. Ouvistes que eu vos disse: Vou, e voltarei a vós. Se me amásseis, alegrarvos-íeis de que eu vá para o Pai; porque o Pai é maior do que eu.

Cristo habita em nós pelo Espírito Santo, a presença dEle em nós. Você tem Cristo em seu coração? Isto é, você tem o Espírito Santo em ti? Mas há "crentes" que ainda vagueiam sem rumo, não têm paz, não têm alegria, vivem frustrados. Amigos, Cristo quer habitar em ti pelo Espírito Santo, para te guiar, fortalecer e dar razão, lógica, à tua vida. Apenas busque-O de todo o teu coração.

O pastor seria ferido e as ovelhas se dispersariam, mas não é o fim.(v.32) As aparentes derrotas não são derrotas, apenas partes da missão. Amo Cristo, Ele é Aquele que nos faz ver até o fim, o triunfo, Ele permite nossos olhos enxergarem além do tempo, para nossa alegria e paz. Promessa: Depois de ressuscitar iria adiante deles a Galiléia

Motivo, causa, finalidade?

O grande encontro com Cristo ressurreto. Você já se encontrou com o Cristo ressurreto? Você já teve a experiência de contemplar Cristo em Sua glória? Esta deve ser tua confiança: Ele ressuscitou e ascendeu ao céu em glória, Ele é cheio de poder e majestade, pureza e santidade, nEle tenho certeza do meu destino e vitória sobre o mal. Apesar dos discípulos não terem recebido o enchimento com o Espírito Santo no momento do grande encontro, podemos usar este cenário para dizer que encontro com o Cristo ressurreto é o momento é que você é revestido da luz de Cristo e a sua vida espiritual já não passa a ser a mesma. Você já teve isso? E tem frequentemente?

Pedro amava Jesus O erro de Pedro foi o de não reconhecer sua fraqueza. Ele era autoconfiante, cria que por si só podia permanecer firme em Cristo. Ele pensava que iria até se necessário à morte por amor a Cristo. Pedro até se julgou ultrapassar os outros em amor e obediência a Cristo. Pedro não prestou atenção ao aviso de Jesus e bem também como os outros discípulos. Muitos acham que mesmo vindo uma grande perseguição permaneceriam firmes em Cristo. Acham-se fortes, mas na realidade são fracos. Quem nos auxilia a

não cairmos é Deus e não o nosso braço humano. Não confiemos em nossa própria força, mas no poder e graça de Deus que capacita. Um certo puritano disse: "Permaneço em pé não porque segurei bem a Deus, mas porque Ele me segurou" Pedro por se confiar negligenciou o aviso de Jesus, vamos nos cuidar para não cairmos, vigiar mais. 1 Coríntios 10:12 ".Assim, aquele que julga estar firme, cuide-se para que não caia!" Não nos achemos fortes que os demais, mas sejamos cautelosos em nossa visão sobre nós.

Para oração 1. Acção de graças pelo Consolador 2. Visão de Cristo glorificado, como resposta para os meus fracassos e temores 3. Visão da nossa debilidade e força de Deus 4. Livre da autoconfiança. Confiança em Deus, na Sua graça que firma

Mateus 26:36-46

A agonia de Jesus no Getsêmane

v. 36 Oito discípulos foram com Jesus até um certo ponto de Getsêmane, e três foram mais além, Ele levou-os para um lugar mais perto dEle. Jesus compartilhou da Sua dor, Sua agonia com os discípulos, mas apenas com três deles compartilhou a Sua extrema agonia. Como diz Spurgeon, eles foram eleitos dos eleitos. Homens que tiveram mais da revelação da dor de Cristo que os demais.

Cristo, compartilhe da Sua agonia, tristeza, em meu coração! Aquilo que te entristece e te abala, que possa me abalar! Cristo, leve-me para mais além para compartilhar da Sua agonia. Batiza-me com lágrimas, com angústia pelo mundo perdido!

"Minha alma está cheia de tristeza até a morte" - extrema agonia. Derrame em nós tamanha agonia pelo mundo perdido. Condição de coração que nos fará chorar e interceder com mais eficácia pelas almas. Já foi batizado com angústia pelas almas? Quem chega nessa condição se aflige tanto pelo pecado do mundo e não sente prazer em mais nada, apenas só quer chorar diante de Deus pelas almas.

Condição semelhante a de Joel 2:17A "Chorem os sacerdotes, ministros do SENHOR, entre o pórtico e o altar,..."

Cristo foi ao Getsêmane com o objetivo de orar. O Deus Filho orava, quanto mais nós, pobres humanos, pecadores e fracos? Se a Força (Cristo) orou pela Força, quanto mais a Fraqueza (nós) não orará pela Força? A oração alivia o coração e nos prepara para enfrentarmos qualquer tipo de sofrimento ou problema. Jesus estava carregado de tristeza e foi orar. Ao estarmos em grande angústia, tristeza, o melhor lugar para se dirigir é no lugar de oração, entrar no Trono da graça pela oração.

Jesus em Seu momento de angústia levou consigo os seus discípulos, aqueles que lhes considerava Seus amigos. Tenhamos quem possa estar conosco em momentos de angústia, não rejeitemos a participação, o consolo de outros em nossas vidas. Cristo deixou os três discípulos num certo ponto também e lhes disse para orarem por Ele. Nós precisamos da intercessão do outro. A oração do outro por

nós faz a diferença em nossas vidas. "Levai os fardos uns dos outros e assim estareis cumprindo a lei de Cristo." (Gálatas 6:2) Leve, carregue, em oração os fardos, as cargas, problemas, dificuldades uns dos outros.

Jesus foi até mais além, num lugar onde só cabia Ele e Deus. Devemos pedir oração dos outros, auxílio, amparo, mas principalmente temos que colocar Deus no centro, temos que saber nos dirigir a sós a Deus.

A oração de Jesus no Getsêmane Jesus prostrou-se sobre o Seu rosto (reverência a Deus e submissão). "Meu Pai, se possível, passe de mim este cálice, todavia, não seja como eu quero, mas como Tu queres" v.39 Oração de submissão, feita de a vontade de Deus não é claramente conhecida, não é feita por falta de fé, mas é possível ser feita com fé e assim deve ser. Aquilo que não sabemos ao certo a vontade de Deus, devemos orar a oração de submissão, orando buscando a concretização da vontade de Deus mesmo que seja contrária a nossa vontade. A atitude requerida na oração é de submissão, orar buscando a materialização do que Cristo quer e não do que apenas nós queremos.

Os discípulos fracassaram na intercessão, em vez de orarem, dormiram, e Jesus indignou-se, principalmente com Pedro, pois este dissera que daria a vida por Jesus, mas falhou, tão logo nesta primeira fase, não conseguiu dar uma hora por Cristo. Nós declaramos que daríamos vida por Cristo se necessário, mas muitos nem conseguem passar uma hora com Cristo por dia. Cristo nos ordena a vigiar e orar, para não entrar em tentação. A vigilância pela Palavra, auto-examinação e meditação, juntamente com a

oração nos capacitam a não entrarmos em tentação (nível maior de tentação onde há grande probabilidade de cair).

"O espírito está pronto, mas a carne é fraca". A nossa carne é fraca, se cansa facilmente e é sujeita a cair no pecado, portanto, temos que vigiar e orar, subjugando-a.

Jesus foi outra vez orar, repetindo a mesma oração. Antes de obtermos consolo ou resposta à oração, não devemos cessar de orar. Se for para repetir palavras repitamos, badta sairem do coração, pois o que interessa não é a natureza das suas palavras, mas do seu coração. Deus condena não necessariamente a repetição de palavras ou orações, mas a superficialidade, superstição e formalismo.

Jesus não condenou os Seus discípulos por não terem conseguido vigiar e orar, reconhecia que estavam tristes, mas também não os aprovou.

Que mesmo estando tristes façamos o possível para estarmos em oração, que a tristeza não nos afaste da nossa devoção. Ore mais se estiver triste, ore porque está triste.

Jesus esteve em agonia não porque sofreria fisicamente, mas porque tomaria os nossos pecados em Sua conta e sofreria a ira de Deus. (Tomaria o cálice da ira de Deus) O peso da ira de Deus cairia sobre Ele, por isso na cruz clamou: 'Deus meu, Deus meu, porque me desamparaste'. Por ter tomado nosso lugar foi na cruz "abandonado" por Deus. Sofreu o 'inferno' que teríamos. A mesma porção de condenação, o inferno de cada um dos eleitos caiu sobre Ele, isto é, o mesmo grau de condenação que sofreríamos no inferno caiu sobre Ele. O pior é que não

sofreu a condenação de uma só pessoa, mas de todos os eleitos, de todas as multidões que criam e creriam nEle. Que peso suportou! Nenhum outro suportaria! A condenação de uma pessoa já era pesada de suportar, mas Cristo não carregou a culpa de Cláudio apenas, mas de todo o Seu povoel, de milhares que nElr creriam. Que peso enorme! A ira de Deus que era para esses milhares desceu sobre Ele. Cristo sofreu por amor a mim, o que farei por Ele? Certamente afirma C.T.Studd: "Se Jesus Cristo é Deus e morreu por mim, então nenhum sacrifício é grande demais para eu fazer por Ele"

Para oração 1. Leve-me para contemplação de revelações mais profundas dr Ti. Leve-me para mais além das experiências comuns. 2. Reconhecimento da eficácia da oração até na angústia. 3. Compartilhe da Sua dor comigo pelo mundo perdido. Angústia pelas almas. 4. Conhecimento e reconhecimento sobre o cálice tomado por Cristo, e acção de graças. 5. Resposta favorável face ao amor sacrificial dr Jesus por mim e por outros eleitos.

Mateus 26:47-56

A Traição de Jesus

O beijo de Judas, o traidor

Ao beijar Jesus aparentemente simbolizava valorização e estima a Jesus; amor a Jesus; reconhecimento dEle como seu mestre. O beijo de Judas podia enganar a todos, menos a Cristo. Nenhum amor havia naquele beijo, apenas traição. Nem sempre atos de amor são verdadeiramente feitos com amor. Nem sempre aqueles que nos fazem o bem, atos de amor, nos amam, tudo pode ser fachada, engano. Cuidado com o beijo de Judas!

Judas demonstrou uma falsa reverência a Jesus: v.49 E logo, aproximando-se de Jesus disse: Salve, Rabi. E o beijou. Se você considera Jesus como teu Mestre e Senhor, não O traia, não se afaste dEle pelo mundo. Se você diz que Ele é teu Mestre, oiça os Seus ensinamentos e os ponha em acção. Pare de fingir! Pare de ser um hipócrita e comece a viver a verdade! Reverencie a Cristo de coração e não com mentira e falsidade!

Cristo, o Homem de Coração Sem Igual "Amigo, a que vieste?" Foi a resposta de Jesus face ao beijo e presença de Judas. Jesus conhecia Judas e as suas artimanhas completamente, soube os propósitos de Judas, mas mesmo assim dirige-se a ele de forma simpática, mansa e amorosa. Jesus não falou mal de Judas, criticando-o pela sua hipocrisia (mesmo tendo poder e direito de fazer tal coisa). Cristo chamou Judas de amigo, até o último momento Cristo deu uma chance a Judas para ele se arrepender. Cristo amava Judas, mesmo conhecendo-o perfeitamente, de dentro para fora, de trás para frente.

Como Cristo era? Este homem é estupendo! Admiro-O e quero imitá-Lo mais! O facto de alguém buscar o nosso mal, nossa tristeza e morte, não deve nos

ausentar de amá-lo, e tenhamos portas sempre abertas para alguns se acertar connosco.

Jesus foi preso sem se revoltar ou resistir Cristo sabia que não tinha pecado que merecesse prisão, mas Ele suportou a prisão por mim, suportou o sofrimento. Um dos discípulos queria usar a força e lutar por Jesus, e feriu o servo do sumo sacerdote, cortando uma orelha. Mas Cristo repreendeu-o, não optando por violência, pois se Ele estava passando por aquele caminho não era por falta de poder divino, mas aquele era o propósito, a Sua missão. Jesus curou o servo ferido. Jesus teve misericórdia de alguém que procurava o Seu mal. Imensa graça! Nós éramos contra Cristo, o pecado nos feriu, mas Cristo aproxime-se de nós e nos tocou, dando-nos saúde espiritual, sem nós merecermos. Se fomos são não é porque O amávamos, pois o nosso foco sempre era o lutar, o estar contra Cristo, mas Ele nos deu vida espiritual pela graça, e nosso coração foi mudado, a luta contra Cristo cessou, amor agora por Ele há.

Mateus 26:57-68

Jesus diante do tribunal

O Perfeito nas mãos de injustos e pecadores. Impuros tentando julgar a Própria Essência da Pureza. Quem somos nós para julgar a perfeição? Há certas pessoas que tentam julgar a Bíblia, a Palavra do Perfeito, a perfeita Palavra, mas quem são eles para julgarem a Palavra daquele que é perfeito, sendo eles impuros e imperfeitos? A Palavra de Deus é perfeita. Cristo não pode ser julgado, ninguém está a altura de o fazer, pois nós é que necessitamos de sermos julgados por Ele.

Eles trataram Cristo de qualquer maneira, mas ah, se soubessem a quem estavam tocando, cairiam por terra em adoração e louvor, com temor e tremor! Se Caifás soubesse quem estava sendo conduzindo a Ele, sairia da sua cadeira e beijaria os seus pés. Você não está na mesma onda que estes? Você sabe quem é o chamado Jesus? Você só ouve comentários sobre Ele, você, não salvo, trata Cristo de qualquer jeito. Todo aquele que não faz caso da Palavra de Cristo, a Bíblia, e não se interessa em estar com Ele, pela oração, nem O presta louvor, esse não sabe quem é Cristo, pois trata-O de qualquer maneira, se soubesse que Cristo é a Vida Eterna rogariam por Ele, Ele é a água Viva. Se soubesse que Ele é quem tem tamanho suficiente para preencher o vazio do teu coração, você clamaria por Ele.

Abrem-se teus olhos para que saiba quem Cristo é e passe a reverenciá-Lo!

O Inculpável Jesus Cristo, meu e nosso Mestre, era sem culpa. Algo me espanta sobre a pureza de Cristo diante de Deus e até diante dos homens, Cristo quando se procurou um testemunho, uma prova para condená-Lo não se achou, pois não tinha pecado, viveu totalmente a retidão, diante de Deus bem como diante dos homens. Quando procuraram um testemunho falso (note) não achavam, pois a Sua santidade transbordava sobre todo o Seu ser, que até bloqueiava muitas possibilidades de conseguirem dar falso testemunho contra Ele.

Cristãos, vivamos a pureza de Cristo, nosso Senhor e Mestre, diante de Deus e dos homens, e estes não consigam ter com facilidade testemunho falso contra nós, e que no fundo sempre saibam que nós somos sem culpa do que dizem sobre nós. Que nosso carácter, vida seja impossível de ser contraditada. Que os

ímpios, nossos inimigos mesmo nos incriminando tenha em seus corações o facto de que somos aquilo que dissemos que éramos e o que vivíamos.

Mas por fim, para se cumprirem as Escrituras, encontraram duas testemunhas que falaram falsamente contra Ele, distorcendo as Suas palavras.

V.63-64 Cristo respondeu por reverência ao Deus Vivo.

Não há quem sofreu como Cristo 67. "Então uns lhe cuspiram no rosto e lhe deram socos; 68. e outros o esbofetearam, dizendo: Profetiza-nos, ó Cristo, quem foi que te bateu?" Cristo tinha poder para num milésimo de segundo cessar com todo o Seu sofrimento, mas não quis fazer. Jesus foi cuspido: pense bem nisso, gente impura e fraca, que com uma só palavra podia deixar de existir, lançou sua saliva na face dAquele que ilumina. Esbofetearam-no: feriram o Seu rosto amado. Aquele rosto que era cheio luz e glória agora é ferido e cuspido. Ó Cristo, tudo isso o Senhor sofreu por mim! Cristo sentiu a dor por minha causa, Ele escolheu a dor por amor de mim! Zombaria, escarnearam de Jesus, de quem Ele era, mas Ele guardou silêncio. Cristo é tão manso! Queira essa mansidão de coração também. Um cristão não tem do que se exaltar ele mesmo, seu Senhor se humilhou, tomando nosso lugar, sofrendo escárnio total. Não há alguém que sofreu mais escárnio que Jesus, pois Ele era verdadeiramente Cristo e o Todo-Poderoso. Bateram em Cristo, fizeram dele um espetáculo, como uma bola, como um brinquedo, mas Ele não se enraiveceu contra eles, mas pena deles sentiu. Há quem nos machuca e tendemos a odiar a pessoa, mas o que Cristo fez?

Olhemos para Cristo, Ele é o nosso Guia e Exemplo! Amigo, pare e pense bem, Cristo foi cuspido, ser cuspido é sinônimo de alguém te dizer que não presta ou você é como um lixo, um verme. Mas Cristo sabia que Ele era Aquele que é a Razão de todas as coisas, Aquele que mais presta em todo o Universo e mundos. Bateram nEle, Aquele que formou a mão do homem, que podiam cortá-la mesmo ali pela Sua Palavra. Bater em alguém é considerá-lo um malfeitor, um culpado, um errante,... mas Cristo nenhuma dessas coisas era, e Ele sabia, mas guardou silêncio.

Como ficou o coração de Jesus diante dessas zombarias e maus tratos? Como o teu ficaria?

Mateus 26:69-75

A Negação de Pedro "Não Conheço Tal Homem!"

Pedro foi reconhecido que estava com Jesus. O mundo sabe que nós andamos com Jesus, sabe que professamos o cristianismo. Difícil é escondermo-nos. O mundo te vem que você pega sua Bíblia, quando você vai ao culto, quando você fala e professa a fé em Cristo.

Pedro foi descoberto por uma criada, mas negou ter estado com Jesus diante de TODOS.

Numa outra instância a mesma coisa foi dita de ele ter andado com Jesus e

negou, desta vez até com juramento. E pela terceira vez isso sucedeu e depois o galo imediatamente cantou e ele se lembrou das palavras de Jesus e saiu dali chorando amargamente.

Porquê que Pedro negou Jesus? 1. Autoconfiança: não prestou atenção ao aviso dado pelo Mestre. Aquele que for autoconfiante, confiar no seu próprio braço para permanecer em pé, ele não corre risco de cair, pois nenhuma força temos. Confie na força de Deus para permanecer firme na fé, não boiando nas tentações. 2. Medo: pensava que iria ser morto com Cristo. Temeu a possibilidade de sofrer com Cristo. Coloque Cristo a frente da sua própria vida, ame mais a Cristo que a sua vida.

O que é negar a Jesus? Cristo ainda hoje é negado por certas pessoas. A tua vida pode ser uma negação a Cristo. Quando você agir em contrário à sua fé você está negando a Jesus.

Aqui há uma solene advertência: Pedro era um cristão, mas ele caiu. Um cristão pode cair, pode negar a Cristo, tenhamos cautela. Não negue a Cristo, não se faça de quem não conhece a Cristo tanto pela sua boca como pela sua vida. Mesmo quando na sua vida aparecer circunstâncias que te sejam difíceis, que farão com que você sofra por Cristo, não negue a Cristo, aceite a Cristo pela sua boca e pela sua vida.

Tua vida nega a Cristo

Pedro se arrependeu

Pedro se "lembrou" do que Jesus disse. O passo para o perdão, para restauração é o se lembrar da palavra de Cristo. Pedro chorou amargamente, ele reconheceu o seu pecado, o choro dele foi autêntico dum coração quebrantado. Cristão que caiu, você que negou a sua fé, o seu Senhor, vivem de forma contrária ao mandamento de Cristo, você pode ser restaurado, Cristo tem poder para te perdoar, apenas arrependa-se do seu pecado.

Capitulo 27

Mateus 27:1-2

Imagem Manchada

Principais dos sacerdotes e anciãos do povo, homens de respeito, homens da lei, conspiram, entram em conselho para matar o Justo. Que vergonha para a imagem deles. Os seus atos não reflectia o que aparentavam ser, homens zelosos pela lei de Deus. Somos cristãos, professamos a fé cristã, dizemos que somos de Cristo e amamos estudar a Sua Palavra, temos uma boa imagem, será que reflectimos o que professamos? Os nossos atos não manchariam a nossa aparência externa? Vivamos de forma a não causar vergonha, que a nossa aparência cristã, a profissão de fé, seja reflectidos pelos nossos atos. Que vivamos de maneira digna dum cristão, e não como os principais dos sacerdotes que não viveram de maneira digna da sua posição, do seu ofício. Façamos atos dignos de um cristão.

Mateus 27:3-10

O Remorso de Judas Judas teve remorso por aquilo que tinha feito, sentia-se culpado, a culpa o pesava, por isso, foi até os principais dos sacerdotes, devolveu o dinheiro e se confessou. Sentir remorso não basta, deve haver arrependimento verdadeiro, que reconhece o pecado e crê na misericórdia e graça de Deus.

Erros de Judas 1. Dirigiu-se aos principais dos sacerdotes e não a Deus: Pedro derramou seu coração a Deus e não ao homem, deve-se orar a Deus, dirigir-se a Deus confessando o pecado e rogando por perdão, esta deve ser a primeira coisa. Um certo pregador acertadamente disse que Judas ofereceu oração a pessoas erradas. Orou aos principais dos sacerdotes e não a Deus. 2. Só conseguiu ver o seu pecado e não viu a solução exacta para ele: não olhe demais para o seu pecado, desanimando-se e achando que já não há solução. Olhe sim em certa medida, a correta medida sobre o teu pecado, e olhe para o alto, olhe para a graça e misericórdia de Deus. Lembre-se: Seu pecado não é maior que a misericórdia e graça de Deus. 3. Acrescentou pecado a pecado, matando-se: a solução para ti não é um outro pecado, não é sumir do mundo, quem se suscida mais condenação arrasta sobre si. O caminho para se acertar com Deus não é tentar fugir ou dar um fim para ti, mas o arrependimento.

Os principais dos sacerdotes já não se importavam com Judas, pois já o tinham usado para o que queriam, agora para nada mais servia. Esses homens são o tipo que só te usam para atingirem seus objetivos e depois te descartam. Acautelemonos desses! Eles agiram como o Diabo, que seduz, mas depois que a pessoa está na rede dele

já nem se importa com ela, pois já teve o que queria.

v.6 "Os principais sacerdotes, pois, tomaram as moedas de prata, e disseram: Não é lícito metê-las no cofre das ofertas, porque é preço de sangue." Hipócritas! Essa coisa menor se interessaram em cumprir, mas a maior não cumpriram, deram falso testemunho e mataram. Coam um mosquito e engolem um camelo. Sabiam e obedeceram o não juntar o dinheiro de sangue nas ofertas, mas não obedeceram o grande mandamento de amor ao próximo, eles odiaram, mentiram e mataram. Não coemos mosquitos e engolindo camelos. Não nos foquemos apenas nos menores preceitos, olhemos os maiores também e principalmente.

Os eventos da vida de Jesus não eram por acaso, tudo fora determinado por Deus e profetizado. Assim também connosco, nenhuma coisa acontece em nossas vidas por acaso, Deus tudo determinou pela Sua soberana vontade. Aleluia, meu destino está seguro, pois quem o determina é Deus e não o acaso! "Os teus olhos viram a minha substância ainda informe, e no teu livro foram escritos os dias, sim, todos os dias que foram ordenados para mim, quando ainda não havia nem um deles." (Salmos 139:16)

Mateus 27:11-26

V.11 Cristo sim é Rei. Você O reconhece como Rei em seu coração? Ele reina em ti? O Reino de Cristo está instalado em seu coração?

Cristo não respondeu as acusações feitas pelos principais dos sacerdotes. Como profetizado: Isaías 53:7 "Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a boca; como um cordeiro que é levado ao matadouro, e como a ovelha que é muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a boca." Cristo sabia quando falar e quando ficar calado, agora era o momento de calar. Tenhamos sabedoria e discernimento para saber o momento exacto de falar e o de calar. A sabedoria manifesta-se tanto no falar como no calar, segundo as ocasiões.

v.18 Pilatos sabia que Jesus era inocente, mas mesmo assim não o soltou, queria agradar ao povo e não a Deus. A quem você procura agradar na sua vida? Aos homens, amigos, familiares, marido, mulher,.. ou a Deus? Outros temem o que os outros dirão, a reacção deles, se buscarem não agradálos mas agradando a Deus. Quer te tirem do posto ou posição onde está, quer te despedacem, não desagrade a Deus por querer agradar ao homem. Pilatos não soube se posicionar. Queria soltar Jesus, mas ele frouxou por covardia diante do desejo e opinião populares. Alguém diz: "Quero viver para Cristo" mas começa a recuar quando ouve a voz da sua família e amigos incrédulos, teme desaprovação familiar, do mundo, não está apto a arcar com as consequências. O Mestre diz: "Se alguém vem a mim e ama o seu pai, sua mãe, sua mulher, seus filhos, seus irmãos e irmãs, e até sua própria vida mais do que a mim, não pode ser meu discípulo." Lucas 14:26 O teu amor por Cristo deve ser mais forte que o amor pelas pessoas.

A visão da mulher de Pilatos Deus falou em sonho à mulher de Pilatos, sobre a inocência de Jesus. A mulher

advertiu Pilatos, mas ele não ouviu a sua mulher, ouviu o povo. Deus fala através dos outros a nós, mesmo através de incrédulos, coisas e até de animais (como no caso de Balaão). Prestemos atenção à Palavra de Deus que a nós é dirigida através de outros, mesmo sendo mulheres ou crianças, crentes ou incrédulos. Amigo não salvo, quantas pessoas já se dirigiram a ti te chamando ao arrependimento e a aceitar a Cristo mas você tem rejeitado a fala deles, fique sabendo que você rejeitou a Palavra de Deus. Preste atenção à Palavra de Deus proclamada pelos instrumentos de Deus! Pare de recusar a Palavra e creia nEla e viva para Deus! Cristão, irmão amado, você que por orgulho tem rejeitado a Palavra de Deus, as advertências de Deus para ti, só porque quem te deu a Palavra é um novo na fé, uma criança ou um incrédulo, saiba que você está pecando, oiça a Palavra!

A Palavra chegou a mulher de Pilatos com profundidade ("muito sofri") e ela não se demorou em transmití-la ("hoje"). A Palavra ao chegar a ti para anunciála não te demore, seja diligente. A Palavra de Deus é profunda e quem quiser agir contra Ela não pode ficar tranquilo. Sente a profundidade da Palavra em teu íntimo? Jeremias 4:19 "Ah, entranhas minhas, entranhas minhas! Eu me torço em dores! Paredes do meu coração! O meu coração se aflige em mim. Não posso calar; porque tu, ó minha alma, ouviste o som da trombeta e o alarido da guerra."

Escolheram Barrabás e não a Jesus, o Cristo Pediram a crucificação, a morte de Cristo, clamaram todos contra Jesus A natureza humana caída luta contra Cristo, escolhe o mundo em vez de Cristo.

Barrabás e Cristo estão bem diante de ti, a quem você escolhe? Irá seguir a multidão clamando por Barrabás e contra Cristo?

Barrabás, o mundo, os prazeres carnais, escolherá-os no lugar de Cristo, o puro e santo? Escolherá o vicio da gula que a Cristo? Você conhece o seu Barrabás espiritual, o seu ídolo predileto, que ocupa o lugar de Cristo!

Mateus 27:27-31

O Escárnio de Jesus

A Coroa de Espinhos

Os soldados escarneceram, zombaram de Jesus, eles: Vestiram-no um manto escarlate e fizeram e o coroaram com uma coroa de espinhos; na mão direita de Jesus puseram uma cana, no lugar de um cetro, para reis; depois se ajoelharam e o "adoraram" como rei de forma escarnecedora. Tua adoração é um escárnio a Cristo, se você é um crente nominal. Cristo é zombado por todo aquele que diz que O adora, serve, mas na realidade sem adorá-lo. Aquele que faz as actividades espirituais, orar, ler Bíblia, cantar louvores, e isso não sai do coração está zombando e escarnecendo de Cristo. Aquele que reconhece que Cristo é Rei, irá serví-lo, mas quem é como os soldados que diz falsas que considera Cristo como Rei mas não O serve, está zombando dEle, está O coroando com uma coroa de espinhos, coroa de zombarias. Os soldados não só zombaram de Cristo mas como também O infligiram sofrimento. A coroa de espinhos feriu a cabeça de Jesus; eles cuspiram nEle e

com a cana bateram nEle. Os objetos que usavam para prestá-Lo a falsa e escarnecedora adoração servem também para ferir Cristo. Você fere e bate em Cristo quando não O reconhece como Ele é e busca exterminar os Seus ensinos, e é contra o que Ele diz. Cristo sofreu tanto no corpo como na alma. Foi um espetáculo para os pecadores. Não fazes o mesmo em espírito? Charles Spurgeon num sermão diz: " Permita-me perguntar-te: quando chegou na igreja em um domingo, como sempre o faz, e pretendeu adoráLo, ainda que não o ame, se dá conta do que há feito? Tu zombaste Dele quando tua adoração foi fingida e desta maneira o vestiste com um manto de púrpura. Pois esse manto de púrpura significav a que o faziam rei nominal, um rei que não era de verdade, mas um simples espetáculo. Tua religião de domingo, que foi esquecida durante a semana, foi uma haste de cana, uma insígnia impotente, um simples engano. Divertiuse e o insultou até mesmo com seus hinos e com suas orações, pois sua religião é uma pretensão, não tem coração; entregaste uma adoração que não era adoraçã o, uma confissão que não era confissão, e uma oração que não era oração. Não é mesmo? Peçolhes que sejam honestos com vocês mesmos. Por acaso não é assim? E logo durante a semana inteira, não preferiram qualquer pessoa e m lugar de Jesus? Não preferiram qualquer livro em lugar da Bíblia? Não preferiram qualquer exercício à oração? Não preferiram qualquer diversão à comunhão com Ele?" (Sermão 1648)

V.31 Depois do escárnio, sofrimento, a crucificação

Mateus 27:32-44

V.34 No lugar de vinho puro vinho misturado com fel

Repartiram suas vestes e lançaram sobre a sua túnica. Despediram o Salvador e desfizeram as suas roupas em pedaços, nu O deixaram.

Cristo tomou o nosso lugar. O pecado, o pecado, nos despiu, nu estamos, em pecado, só Cristo pode nos cobrir com as vestes da Sua justiça. Só Cristo nos concede vestes brancas para usarmos. Isto é, estamos sem justiça, somos injustos e impuros diante de Deus, nus diante de Deus, apenas Cristo é que pode nos dar a Sua justiça, a Sua pureza, e dEla nos cobrir diante de Deus e manifestando-se também diante dos homens. Cristo nos dá a santidade posicional (Deus nos considera santos diante dEle por Cristo) e a santidade manifesta (em nosso interior)

V.35 Cristo foi crucificado

Os salteadores diante da cruz de Cristo A morte de cruz era destinada a criminosos de pior espécie e Cristo foi tratado como um criminoso. Foi contado com os malfeitores.

Zombarias a Cristo na cruz A zombaria perseguiu Cristo até ao momento final da sua vida na cruz. A população zombou dele quando passavam (o que dá a entender que Cristo foi crucificado num lugar público, onde todos podiam vê-lo, não morreu num lugar secreto, foi cravado na cruz publicamente. Cristo está diante de cada um, todos podem olhar para Ele e serem salvos. Olhe para Cristo na cruz não para zombar dEle mas para ser salvo, pois Ele é a cura, assim como a serpente de bronze no tempo de Moisés no deserto.Isaías 45:22. Olhai para mim, e sereis salvos, vós, todos os confins da terra; porque eu sou Deus, e não há outro." E se Cristo morreu publicamente por nós que a nossa fé não seja privada, mas pública. Se Cristo aceitou ser visto por multidões enquanto agonizava na cruz e ser zombado e não se envergonhou, pois muito me ama, que não nos envergonhamos dEle tentando esconder a nossa fé. Temer o ser visto e/ou ouvido a orar, ler Bíblia falar de Cristo, vivendo para Cristo,...

Multidões zombaram da Palavra ("Tu que destróis o santuário...") , da natureza ("Se és o Filho de Deus") e do poder de Cristo ("Desce da cruz")

1. Os zombadores da Palavra Os criticadores da Bíblia, que não crêem na veracidade da Palavra, estão agindo como essa multidão, zombando da Palavra. Todo aquele que não crê na Palavra está zombando dEla, pois se nEls não crê não a acha verídica, admitindo ou não, crê que seja falsidade. Cuidado, você que não crê na Bíblia, você que a considera uma ficção, livro de histórias elaboradas pelo homem. Você que não crê na vivacidade e poder da Palavra, você que diz ou pensa que Ela não pode mudar algo, pois Ela diz que muda e você está tentando desmentí-La. Você está zombando da Palavra. 2. Você que acha que Cristo não pode salvar ou ajudar alguém, está zombando

da natureza dEle e do Seu poder. Ele é Todo-poderoso, nada é impossível para Ele. Outros ao se depararem com certos problemas estranhos de tarde podem ir à igreja, orar por esses problemas superficialmente e à noite recorrem aos curandeiros, feiticeiros, estes no íntimo dizem "Cristo não pode conseguir nos ajudar, isso requer os nossos antepassados", estes duvidam zombam da natureza e poder de Cristo. Os que invocam o nome de Cristo e não crêem que Ele operará estão zombando da natureza e poder de Cristo. Os principais dos sacerdotes e escribas e anciãos zombaram do poder de Cristo, do Seu reinado. Zombaram da Sua relação com Deus (Confiança e Filiação) Que vergonha! Os escribas eram dados às Escrituras, mas não viram que convinham que Cristo padecesse? Leituras sem entendimento espiritual, sem revelação espiritual. Não fazes o mesmo? Muitas verdades espirituais não deslizam em seus olhos e não consegue ver, pois o teu foco é a letra da Palavra e não a revelação?

Se os incrédulos escarneceram de Cristo, de quem Ele era, da Sua relação com Se e do Seu poder nós também somos sujeitos a zombarias semelhantes. O mundo pode zombar de nós, de sermos cristãos, crentes em Jesus, podem nos criticar. Podem duvidar da nossa entrega a Deus, podem nos achar e nos chamar de falsos. Outros podem nos chamar de falsos cristãos (por não saberem quem é o cristão), outros dirão que não temos vida com Deus, que o que afirmamos ser é mentira. Não nos matemos em tentar provar a nossa veracidade ao incrédulo, ao Seu tempo Deus julgará tudo.

Há aqueles que escarnecerão da nossa confiança em Deus, nos chamando de patetas, loucos e ultrapassados. Outros quando vêem um cristãos em necessidade ou problema dizem: "Se és um cristão de verdade ore para que isso hoje saia,

você não pode ter problemas".

Os salteadores nas cruzes ao lado de Jesus também zombaram dEle, os escárnios perseguiram Jesus até mesmo na cruz. Os impuros falaram mal do puro. Falando mal daquele que não tem mal em si. Criticando o Seu Superior. Não fazemos aos outros o que os salteadores fizeram?

Mateus 27:45-56

Alguns termos: hora terceira - nove horas; hora sexta - doze horas; hora nona quinze horas

Jesus foi posto na cruz às 9 horas (Marcos 15:25)

As Três Horas das Trevas Desde 12 a 15 horas houve escuridão na terra.

Porquê que essas trevas vieram a terra? Por ocasião da morte do Rei dos reis, da Luz Eterna. Sem Cristo só há trevas espessas em todo o lugar. Sem Cristo em nós, umas espessas trevas inundam cada área da nossa vida, todo o nosso ser. Ó Cristo, não permita que eu viva sem ti, ó Luz Eterna, que ilumina as trevas que em mim há.

O Clamor de Cristo na Cruz - Eli, Eli, Lamá Sabactani

Significado e Razão Deste Clamor "Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?" Cristo tomou o nosso pecado sobre as suas costas, por isso, foi desamparado

pelo Pai. Carregou a nossa culpa e condenação.

Erro de compreensão do brado de Jesus por parte dos ouvintes Pensaram que Cristo chamava por Elias, enquanto não. Ouçamos e entendamos claramente o que Cristo nos diz, sem distorcer a Sua Palavra.

A reacção dum soldado - deu vinagre a Jesus Ele bebeu o vinagre dado, em contraste com o vinho misturado com fel.

O vinagre tinha a função de....

O Brado de Vitória - Está Consumado

Profecias Visíveis pela morte de Cristo 1. O Véu Rasgado Como se rasgou? Porquê se rasgou? Significado espiritual O véu se rasgou de alto a baixo, revelando-se que não fora o homem que o rasgou mas Deus. Não é o homem que reconcilia outro homem com Deus, mas o próprio Deus pelo sangue de Cristo. O próprio Deus é que opera a salvação nos homens e não as artimanhas humanas ou sabedoria humana. Havia um abismo entre nós e Deus, mas Cristo é a ponte que leva a Deus, o Pai, ponte segura é. Hebreus 10 19. Sendo assim, irmãos, temos plena confiança para entrar no Santo dos Santos mediante o sangue de Jesus, 20. por um novo e vivo Caminho que Ele nos descortinou por intermédio do véu, isto é, do seu próprio corpo; Com a morte de Cristo, a barreira que havia entre nós e Deus é quebrada. Agora somos possibilitados a termos comunhão, relação íntima com Deus, já não há

impedimentos. 2. Tremor de Terra e Fendimento das Pedras Com a morte de Cristo coração de pedra são fendidos, quebrados. Corações frios e indiferentes são agitados, sacudidos, e passam a amar e se interessarem por Deus. 3. Sepulcros abertos e ressurreições de mortos Muitos santos ressuscitaram "Corpos que estavam dormindo", o corpo dorme no pó da terra, mas a alma passa para o inferno ou no seio de Abraão, no céu. A morte de Cristo é a nossa vida. Com a morte de Cristo vida é concedida sobre os mortos espirituais. Ao ressuscitarem, entraram na "cidade santa". Nós, os crentes em Cristo no último dia ao sermos ressuscitados entraremos na Cidade Santa, o Reino dos Céus.

A Reacção do centurião e dos que guardavam Jesus Ao verem os sinais tiveram grande temor e foram impelidos a admitirem: "Verdadeiramente este era o Filho de Deus" - reconheceram Aquele que dizia que era, o Filho de Deus. Que o poder de Cristo tanto na providência nos faça reconhecer mais quem Ele é. Os principais dos sacerdotes viram aquela escuridão mas não mudaram de posição quanto a Cristo, apenas os soldados que guardavam a Cristo. Abertos sejam nossos olhos e livres de toda a cegueira e vejamos verdadeiramente Cristo.

Mateus 27:57-61

Um discípulo de Jesus rico - José de Arimatéia

Nota: Riqueza não é contrária a vontade de Deus, apenas que a riqueza não seja nosso rei e deus.

Seu carácter e natureza Ele era um discípulo de Jesus, mesmo sendo membro do sinédrio que era contra Jesus não seguiu a onda do sinédrio, mas escolheu seguir Jesus. Mesmo que no teu círculo familiar todos sejam contra Cristo, não creiam nEle, seja distinto entre eles e creia em Jesus. A vida e a morte são individuais e não colectivas.

Foi a Pilatos Foi corajoso, não temeu seus partidários judeus. O amor de Cristo o constrageu. Não tema demonstrar seu amor por Cristo e discipulado diante dos homens, até diante daqueles que são inimigos de Cristo.

O cuidado com o corpo de Jesus, seu Mestre e Rei José de Arimatéia tratou bondosamente a Cristo, pois O reconhecia como Ele era. Colocou Seu corpo num sepulcro novo, onde não haviam sepultado outros, Cristo merece. Dê o seu máximo para tratar a Cristo assim como Ele é digno de ser tratado.

Mulheres que entregaram verdadeiramente seus corações a Cristo Sempre estiveram com Ele, e até foram à sepultura de Cristo. Amavam verdadeiramente a Cristo. O grande amor não abandona a pessoa amada. Permaneça em Cristo a todo instante, em todas as circunstâncias, quer na alegria quer na tristeza.

Mateus 27:62-66

Os principais dos sacerdotes e fariseus chamaram Jesus de "enganador". Diziam que Ele iludia o povo, mas estavam enganados. Se a Jesus chamaram de enganador, Aquele que era Perfeito tanto no ensino como na prática, quanto mais a nós seus seguidores!

v.64 "Manda, pois, que o sepulcro seja guardado com segurança até o terceiro dia; para não suceder que, vindo os discípulos, o furtem e digam ao povo: Ressurgiu dos mortos; e assim o último embuste será pior do que o primeiro."

Senhores, nós os cristãos não precisamos mentir sobre o poder de Deus! O cristão não precisa ajudar a Deus para realização de milagres, Deus não precisa da nossa ajuda, Ele é Todo-Poderoso. Deus não necessita de nossa mentira para que as pessoas creiam nEle. Amigos, nós não precisamos inventar curas, profecias, dons, milagres, Deus vai fazer as coisas, não necessita de nossa mentira. Deus é quem vai remover a Pedra e ressuscitar a Cristo segundo a Sua Palavra, pois Ela não cai por terra. O poder de Deus, a Palavra de Deus, não precisa ser falsificada para que outros que a ouviram creiam, Ela é verdadeira e assim como é será. Deus disse que daria novos corações, conversões, não precisamos tentar manipular conversões, Deus fará. Obra de Deus não é obra de homem. Se Deus prometeu avivamento, não precisamos imitar o mover do Espírito, inventando falsos avivamentos, Deus dará o verdadeiro. Não precisamos inventar lágrimas e choro pelas almas, Deus prometeu quebrantamento e Espírito de súplicas, esperemos em Deus e Ele operará em nós. A nossa parte é de buscar, com fé e esperar em Deus. A nossa missão é de arar o terreno, semear e aguardar as chuvas e virão no tempo certo, a semente não apodrecerá!

Deus é quem salva, não precisamos fazer barulho e pressionar as pessoas, nossos familiares para viverem para Cristo, anunciemos a Palavra, oremos e esperemos que Deus opere em seus corações. Nossos gritos não podem penetrar em seus corações, apenas o Espírito de Deus é que pode penetrar nos corações através da Palavra dar contrição de coração e salvação.

Portanto, não precisa tentar fazer a parte de Deus, Ele tem poder para agir!

O sepulcro de Jesus foi selado e guardado por soldados Nenhuma tumba pode prender Jesus. Nenhuma guarda pode deter Jesus de sair da sepultura.

Capitulo 28

Mateus 28:1-10

Ele Ressuscitou!

Maria Madalena e a outra Maria foram até o sepulcro. Não temiam os soldados, e nem a dificuldade da pedra rolada sobre no sepulcro. Será que pensavam que iriam conseguir rolar a pedra e entrar no sepulcro? O verdadeiro amor por Cristo dá-se por completo e não se foca nas barreiras e nem teme as dificuldades, apenas de todas as formas quer adorar e reverenciar a Cristo, quer sofra perdas ou não. O anjo não tirou Jesus do sepulcro, apenas removeu a pedra, não para que Jesus conseguisse sair, pois não há barreira para Cristo, não há lugar que Ele não

consiga passar. Vemos isso em João 20:26 "Oito dias depois estavam os discípulos outra vez ali reunidos, e Tomé com eles. Chegou Jesus, estando as portas fechadas, pôs-se no meio deles e disse: Paz seja convosco."

As portas estavam fechadas, mas Cristo entrou. Não há coração que o medo tenha fechado que Ele não possa entrar e dar a paz. Ele não precisa arrombar a porta, Ele entra mansamente, não há barreiras para Cristo. A pedra foi rolada para testemunho dos discípulos, para que vejam e creiam que Ele ressuscitou.

O anjo que removeu a pedra do sepulcro "O seu aspecto era como um relâmpago, e as suas vestes brancas como a neve." Vestes brancas simbolizam a pureza

Se os guardas diante dum anjo tremem e ficaram como mortos, quanto mais diante do Deus Soberano, o criador dos anjos e de todas as coisas! Se um anjo é glorioso, quanto mais o Criador. Prostremo-nos em santo temor e adoração ao Todo-Poderoso, Majestoso e cheio de glória!

O anjo acalmou as mulheres e não os guardas, deixou os guardas se corroerem de mrdo, mas às mulheres apazigou o seu medo. A calma, a paz, diante da santidade, ira de Deus, só é concedida aos que buscam a Cristo de todo o coração. A missão do anjo era de confortar as mulheres, anunciando a Mensagem confortadora da ressurreição de Cristo, confirmando a eles o que Cristo havia dito.

A Mensagem do Evangelho traz santo temor e alegria no coração do crente. Isso

se manifesta em ti? Aquele que recebe a Mensagem do Evangelho verdadeiramente anunciará esta Mensagem, pois o seu coração é cheio de santo temor e alegria.

Jesus aparece às mulheres no caminho Jesus saudou as mulheres. A saudação de Jesus traz paz e alegria ao coração. Amigo, oiça essa voz pela fé e terá paz! As mulheres adoraram a Jesus. Um verdadeiro discípulo é um adorador de Cristo. É alguém que se coloca aos pés de Cristo e o reverencia.

"Ide a Galiléia e ali me verão". Jesus chamou os discípulos de irmãos. Que graça e amor indizíveis! Jesus chama de irmãos a pessoas débeis, humanos falhos, por exemplo Pedro fracassou em sua valentia, outros fugiram, mas mesmo assim Cristo lhes chama de irmãos, pois Ele é a Solução para as debilidades do Seu povo, os eleitos, não veio para os perfeitos, pois nenhum há, veio para mudar vidas e santificar. Cristão, Cristo te considera irmão, pense nesse grande amor, Hebreus 2:11 "Pois tanto o que santifica como os que são santificados, vêm todos de um só; por esta causa ele NÃO SE ENVERGONHA DE LHES CHAMAR IRMÃOS," Em Galiléia veriam a Cristo, se despediriam de Cristo em forma física, veriamO ascender aos céus em glória. Galiléia foi a cidade em que Jesus começou a pregar e seria o ponto de despedida com os discípulos.

Mas porquê que Jesus escolheu Galiléia e não Jerusalém, o lugar de muita religião? Cristo se revela aos que reconhecem a sua pobreza espiritual e não aos orgulhosos religiosos que não vêem que estão perdidos.

Mateus 28:11-15

A Dureza e Cegueira do Coração dos Principais dos Sacerdotes O que Cristo disse sobre a Sua ressurreição já estava sendo confirmado pelos guardas, mas mesmo assim continuaram na cegueira, não fizeram caso de Cristo, e o pior, agora estavam tentando sepultar a história da Sua ressurreição, e essa mentira se divulgou tanto, mas erradicada pelo Espírito Santo em Sua descida. O problema dos principais dos sacerdotes não é que tinham dúvidas sobre quem Jesus era, mas é que eles se negavam, não queriam crer nEle. Eles rejeitaram a Cristo em seus corações, eles endureceram a sua cerviz. As provas de quem Cristo era já estavam bem diante deles, mas tinham corações endurecidos e cegos. Que não endurecidos nossos corações, estejamos aptos para ouvir e crer em tudo que Cristo diz e faz! "A evidência mais clara não afetará aos homens, mas sim a obra do Espírito Santo." (Mathew Henry)

O Erro dos Soldados Negociaram a Verdade pelo dinheiro. Não tinham amor por Cristo nem pela verdade. Os soldados não podiam ser testemunhas eficazes da ressurreição de Jesus, pois não tinham os corações focados em Cristo, mesmo sabendo e tendo visto a ressurreição de Jesus. Ter o conhecimento do Evangelho, da Palavra, apenas, não nos fará testemunhas de Jesus, precisamos ter corações rendidos a Ele, como os seus discípulos. Conhecimento + Rendição completa a Cristo faz de nós testemunhas vivas dEle, faz com que a Palavra tenha impacto na vida dos que a ouvem e é acompanhada com o poder do Espírito Santo.

Mateus 28:16-20

Obediência, marca do discípulo de Jesus. Vá ao encontro de Cristo no lugar que Ele te designou, no Trono da graça pela oração, Cristo lá está te esperando para se revelar a ti.

Aqueles que O creram o adoraram, mas os que duvidavam não o adoraram até serem libertos das dúvidas. As dúvidas concernentes a Cristo e/ou à Sua Palavra, nos impedem de adorá-Lo. Peça e deixe que Cristo decipe as suas dúvidas e você poderá adorá-lo.

Autoridade Total e Plena de Cristo - O Pêndulo das Missões Jesus tem domínio total sobre todo o universo, no céu e na terra. Depois de Jesus afirmar que tem plena autoridade no céu e na terra Ele dá missão aos discípulos para anunciarem a Palavra e fazer discípulos. Jesus tem poder total sobre a terra, na terra há homens, e Cristo tem poder sobre eles. Os homens têm corações, se Cristo tem poder sobre a terra, tem também sobre os homens, e se tem sobre os homens tem também poder sobre os corações dos homens, por isso dá a missão de evangelizar o homem, pois a autoridade dEle nos garante sucesso na missão. Nenhum coração pode resistir ao poder de Jesus, diante dele corações são quebrantados. Cristo dá o arrependimento, muda os corações, pois tem poder sobre o homem. Plena autoridade plena de Cristo a promessa de Ezequiel 36:26-27 se cumpre nos homens que Ele comprou com o Seu sangue. Ezequiel Cap. 36 | NBV 26 Darei a vocês um coração novo. Darei a vocês um espírito novo. Em vez de

terem corações duros como pedra, vocês receberão corações de carne. 27 Colocarei dentro de vocês o meu Espírito; assim vocês serão capazes de viver conforme as minhas leis, e obedecer aos meus mandamentos.

Cristo tem poder no céu, bênçãos dos céus podem descer até nós se clamarmos a Cristo, pois Ele é Senhor do Céu. Com esta verdade podemos rogar por chuvas dos céus, as chuvas de avivamento.

Zacarias Cap. 10 | ARC 1 Pedi ao Senhor chuva no tempo da chuva serôdia; o Senhor, que faz os relâmpagos, lhes dará chuveiro de água e erva no campo a cada um.

Estamos no tempo da chuva, na era do Espírito Santo.

Vamos confiando na autoridade de Cristo pregar o Evangelho, crendo que vidas serão mudadas, pois Cristo é soberano até dos corações dos homens. Nenhum coração é mais forte que Cristo.

"Cristo a ninguém arrasta pelos cabelos, Ele atrai pelo coração"- C.H.Spurgeon

A Missão dos Discípulos Os discípulos de Jesus não se confinam a apenas os doze, mas a todo aquele que em toda era crê em Cristo, isto é, a todo o cristão. A missão dada a aqueles discípulos é dirigida também a nós, pois a missão é para todo o discípulo de Jesus, todo o cristão, não é para alguns crentes seletos mas todo verdadeiro crente.

Qual é a missão?

FAZER DISCÍPULOS Eles eram discípulos e tinham a missão de propagar a espécie deles no mundo. A tua espécie, tua fé, teu modo de vida, é digno de ser propagado? Você é discípulo de Jesus? (notemos que mesmo Jesus tendo deixado o mundo em forma física Seus discípulos ainda continuaram com o nome de discípulos de Jesus, eles ainda se encontravam com seu Mestre, o Mestre neles habitava) Um cristão é alguém que tem a missão de "gerar filhos", e os filhos sempre se parecem com o progenitor, são a propagação da espécie dele. Um cristão é alguém que ora essa oração: "Dá-me filhos, senão morro" - Génesis 30:1

"Dá-me almas, senão morro" - John Hyde

A missão do cristão é de pregar a Cristo aos homens, dá-Lo a conhecer aos homens e a levar pela Graça os homens a crerem e a viverem como Cristo.

A Razão da confiança no sucesso da missão - A presença contínua e manifesta de Cristo em nós. Cristo disse que a presença dEle sempre estaria connosco, portanto, a missão que Ele dá será concretizada com sucesso pois Ele está connosco. Cristo não só nos dá uma missão para cumprir, mas como também Ele nos ajuda a cumprir a missão. Você é consciente da presença de Cristo contigo para a obra que Ele te deu? Amigo cristão, se você está no centro da vontade de Deus não precisa temer não conseguir cumprir com sucesso a tua missão, pois Cristo é contigo.

Estou cumprindo a minha missão?